QUEM ESTÁ FELIZ EM SUA IGREJA, DEVE PERMANECER NELA E SERVIR A DEUS E AO SEU PRÓXIMO COM FÉ.


Seguidores

segunda-feira, 25 de junho de 2012

ADORNOS - A QUESTÃO DE COLARES, BRINCOS, PULSEIRAS E ETC.

Views
Era uma linda manhã de sábado. Estávamos cumprindo a função de recepcionistas na porta da igreja. Lembro que, antes da maioria dos membros entrarem, uma curiosa visão chamou-me a atenção: Em frente da nossa igreja estavam passando duas freiras e junto a elas, uma jovem as acompanhava. Tal moça estava com uma blusa branca, uma saia escura, um crucifixo no pescoço e um par de discretos brincos: Uma pequenina pedra de brilhante em cada orelha.
Como bons adventistas que éramos; a primeira coisa que veio a cabeça naquele momento foi: “Freiras: agentes seguidoras do anti-Cristo, marcadas com o sinal da besta e blá, blá, blá”. No momento em que eu viajava nesses pensamentos preconceituosos, um dos brincos da jovem, devido ao sol, brilhou bem no instante em que eu as observava. Os membros de nossa igreja começaram a chegar seguidamente e então voltei a me concentrar na recepção; mas sem saber explicar por que, aquele brilhar do brinco da moça católica provocou um “clique” na minha cabeça...
Ainda na recepção; observei que uma jovem da nossa igreja, usava dois prendedores de cabelo (um em cada lado da cabeça, acima da orelha). Notei que tais objetos eram cobertos de pedrinhas brilhantes, que deixavam os brincos da moça católica “no chinelo”: Havia pelos menos 10 pedrinhas brilhantes em cada prendedor.
Daí comecei a notar, que não apenas uma, mas diversas outras mulheres também tinham adornos semelhantes: Eram dos mais variados tipos, tamanhos, modelos, cores e brilho; além dos prendedores algumas ainda portavam broches e outros apetrechos femininos. Somado ao lampejo do pequeno brinco da mulher católica; esse fato me deixou muito pensativo: 


“Meu Deus; quem está com mais enfeites e brilhos? Quem está com a cabeça mais enfeitada? A moça que passou junto com as freiras ou muitas mulheres aqui dentro da “igreja verdadeira”? Se o brilhante está no cabelo, não tem pecado, mas se tiver na orelha tem?” 


E assim, o assunto ficou “cozinhando na minha cabeça”; o que mais tarde nos levou a analisar melhor a questão; com mais profundidade. Acompanhem conosco agora, o resultado dessa pesquisa:


Passagens Bíblicas distorcidas:


Mostraremos agora algumas passagens Bíblicas que os líderes adventistas evitam e quando não podem evitar, fazem verdadeiros “malabarismos mentais” para não admitirem o que a própria Bíblia apresenta de modo claro e compreensível. Também mostraremos a argumentação dos adventistas sobre o assunto, juntamente com nossa refutação. Acompanhem (grifos nossos):


Ezequiel 16:1-20. A esposa infiel.

1-“E veio a mim outra vez a palavra do SENHOR, dizendo:
2-Filho do homem, faze conhecer a Jerusalém as suas abominações.
3-E dize: Assim diz o Senhor DEUS a Jerusalém: A tua origem e o teu nascimento procedem da terra dos cananeus. Teu pai era amorreu, e tua mãe hetéia.
4 -E, quanto ao teu nascimento, no dia em que nasceste não te foi cortado o umbigo, nem foste lavada com água para te limpar; nem tampouco foste esfregada com sal, nem envolta em faixas.
5-Não se apiedou de ti olho algum, para te fazer alguma coisa disto, compadecendo-se de ti; antes foste lançada em pleno campo, pelo nojo da tua pessoa, no dia em que nasceste.
6-E, passando eu junto de ti, vi-te a revolver-te no teu sangue, e disse-te: Ainda que estejas no teu sangue, vive; sim, disse-te: Ainda que estejas no teu sangue, vive.
7-Eu te fiz multiplicar como o renovo do campo, e cresceste, e te engrandeceste, e chegaste à grande formosura; avultaram os seios, e cresceu o teu cabelo; mas estavas nua e descoberta.
8-E, passando eu junto de ti, vi-te, e eis que o teu tempo era tempo de amores; e estendi sobre ti a aba do meu manto, e cobri a tua nudez; e dei-te juramento, e entrei em aliança contigo, diz o Senhor DEUS, e tu ficaste sendo minha.
9-Então te lavei com água, e te enxuguei do teu sangue, e te ungi com óleo.
10-E te vesti com roupas bordadas, e te calcei com pele de texugo, e te cingi com linho fino, e te cobri de seda.
11-E te enfeitei com adornos, e te pus braceletes nas mãos e um colar ao redor do teu pescoço.
12-E te pus um pendente na testa, e brincos nas orelhas, e uma coroa de glória na cabeça.
13-E assim foste ornada de ouro e prata, e o teu vestido foi de linho fino, e de seda e de bordados; nutriste-te de flor de farinha, e mel e azeite; e foste formosa em extremo, e foste próspera, até chegares a realeza.
14-E correu de ti a tua fama entre os gentios, por causa da tua formosura, pois era perfeita, por causa da minha glória que eu pusera em ti, diz o Senhor DEUS.
14-Mas confiaste na tua formosura, e te corrompeste por causa da tua fama, e prostituías-te a todo o que passava, para seres dele.
15-E tomaste dos teus vestidos, e fizeste lugares altos pintados de diversas cores, e te prostituíste sobre eles, como nunca sucedera, nem sucederá.
16-E tomaste as tuas jóias de enfeite, que eu te dei do meu ouro e da minha prata, e fizeste imagens de homens, e te prostituíste com elas.
17-E tomaste os teus vestidos bordados, e as cobriste; e o meu azeite e o meu perfume puseste diante delas.
18-E o meu pão que te dei, a flor de farinha, e o azeite e o mel com que eu te sustentava, também puseste diante delas em cheiro suave; e assim foi, diz o Senhor DEUS.
19-Além disto, tomaste a teus filhos e tuas filhas, que me tinhas gerado, e os sacrificaste a elas, para serem consumidos; acaso é pequena a tua prostituição?
20-E mataste a meus filhos, e os entregaste a elas para os fazerem passar pelo fogo.”



Uma das alegações que os nossos irmãos ASD dão sobre tal passagem, é:


Deus a toma como esposa e a veste com o melhor padrão dentro dos costumes orientais daqueles tempos. Trata-se de um caso figurado cujas imagens são tomadas dos costumes da época. Um caso similar é o emprego de Jesus na parábola do rico e Lázaro, baseada numa doutrina totalmente falsa do estado dos mortos [vide Parábola de Jesus 263 a 267]” fonte: www.jesusvoltara.com.br/atuais/joias_biblia.htm)


Estimados e digníssimos leitores; diante de tal alegação surgem algumas questões pra lá de curiosas: O uso de colares, brincos e pulseiras é um costume praticado somente no oriente médio e restrito apenas àquela época? Por acaso hoje não é mais? Será que tal prática nunca foi observada no ocidente?



Abre aspas:  

Não podemos deixar de mencionar outro fato intrigante contido na alegação em foco: Dentro de sua “explicação” para a passagem de Ezequiel 16; os adventistas (pasmem agora) chegam ao cúmulo de afirmar que o episódio entre o rico e Lázaro, narrado por Jesus Cristo em pessoa, é um fato baseado numa doutrina falsa! Para afirmar este absurdo eles usam como base o livro de quem mesmo? Quem? Ellen White?! Misericórdia meu Deus...

Fecha aspas. 

Mas, voltando ao tema central, é fato que o que foi escrito neste relato é algo simbólico; que a cidade de Jerusalém foi representada por uma mulher, cuidada e criada desde a infância por Deus. Porém é fato inegável que os adornos; como braceletes, brincos, colares entre outros, estão sendo apresentados como fazendo parte de bons cuidados, de coisas boas que Deus fez à simbólica “mulher” Jerusalém.



Existe outra alegação adventista (já ouvimos isso varias vezes da boca de irmãos mais velhos) de que “a mulher se corrompeu por causa dos adornos”; mas isso não é de maneira nenhuma o que o relato Bíblico explica! Basta um pouco mais de atenção para vermos que tudo está interligado dentro do relato: Deus não deu apenas adornos, mas também roupas bordadas, linho fino, seda, perfume, além de farinha, mel, azeite e pão. Se os adornos são condenáveis, então do mesmo modo, o pão, o perfume, o azeite, a farinha e toda a vestimenta também deverão ser...



Outra alegação contrária ao uso de adornos, que os nossos amigos ASD tem é: 

“Em 1ª Timoteo 2:9-10 e I Pedro 3:3-4 fala-se contra o uso de jóias e contra que as mulheres cristãs se adornem com elas e vestimentas custosas. (CBASD, Ez. 16:12)” (O USO DE JÓIAS,PINTURAS,ETC. www.jesusvoltara.com.br/atuais/joias_biblia.htm )



Vamos analisar agora as passagens citadas, observem: 

1ª Timoteo 2:9-10
Quero, do mesmo modo, que as mulheres se ataviem com traje decoroso, com modéstia e sobriedade, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos custosos, mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras.”


Esta passagem está claramente condenando o luxo, a extravagância das mulheres. As “tranças” da qual a passagem se refere, segundo uma tradução da SBB, eram “penteados complicados”; ou seja, era algo demorado, chamativo. Paulo pede unicamente modéstia, equilíbrio e que não se abuse de tais coisas (que muitas vezes custam caro, veja a palavra custosos) e levam as pessoas a gastar dinheiro que poderia ser usado em algo mais útil.


Vejam bem amigos leitores: Penteados complicados, ouro, pérolas e vestidos caros, não são símbolos de esbanjamento e luxo? Paulo não proíbe se ataviar (enfeitar); ele próprio diz: “que as mulheres se ataviem com traje decoroso”; ou seja, com decência; sem exagero na sensualidade, mas com modéstia e sobriedade. Além do quê, se vamos condenar brincos, colares e pulseiras com base neste verso, então todo e qualquer enfeite será condenado.


De que adianta não usar brincos e colares, mas usar um belo broche ou enfeite de cabelo de ouro? E levando ao pé da letra, não vemos Paulo falando de prata ou bijuterias não? Então prata e bijuterias estão liberadas? Os vestidos caros são condenados, mas como ficam as bolsas e sapatos caros? Por acaso alguém leu a palavra “jóias” ou “brincos” nestes versos? E “colares” ou ainda “pulseiras”? Paulo não está falando especificamente de Roupas? Se for assim poderíamos entender que ele se referia somente ao ouro e as pérolas nas vestimentas? Que cada um de nossos amados leitores entenda como quiser, mas para nós, ficou muito claro que Paulo falava do abuso, dos excessos; principalmente do luxo! Nós do Blog Ex-advetistas.com entendemos que Paulo condenou os gastos exagerados e desnecessários com tais coisas.


1ª Pedro 3:3-4


“O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos; Mas o homem encoberto no coração; no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus.”



E os adventistas, que gostam tanto de falar em "texto fora do contexto"; fazem exatamente isso diversas vezes; como vemos agora. Ocorre que em 1ª Pedro, para entendermos o assunto que estava sendo tratado, devemos ler desde o Capítulo 2 e o verso 18, onde veremos que na verdade está uma orientação sobre a boa conduta Cristã; as quais devem ter todos que se convertem a Cristo (v. 25). Quando Pedro se dirige às mulheres, note que ele começa com: “semelhantemente, (ou igualmente) vós mulheres...” ou seja, o assunto continua, mas agora, falando sobre a conduta para os casados; observe os versos em questão (grifos nossos):


1ª Pedro 3:1-6


“Semelhantemente vós, mulheres, sede submissas a vossos maridos; para que também, se alguns deles não obedecem à palavra, sejam ganhos sem palavra pelo procedimento de suas mulheres, considerando a vossa vida casta, em temor. O vosso adorno não seja o enfeite exterior, como as tranças dos cabelos, o uso de jóias de ouro, ou o luxo dos vestidos,  mas seja o do íntimo do coração, no incorruptível traje de um espírito manso e tranqüilo, que és, para que permaneçam as coisas Porque assim se adornavam antigamente também as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam submissas a seus maridos; como Sara obedecia a Abraão, chamando-lhe senhor; da qual vós sois filhas, se fazeis o bem e não temeis nenhum espanto.” 




Amigos leitores; não precisamos ser teólogos, nem pastores ou padres, para percebermos que a orientação aqui, era para a esposa (mulher casada) que quisesse conquistar o marido para o Evangelho! Ela deveria para isso usar, não o enfeite exterior, (que são penteados, jóias, roupas e etc.) mas o seu “enfeite”, “adorno” ou “brilho”,  interior! O contexto se refere exatamente sobre o comportamento da esposa perante o seu marido não-crente. Não está proibindo o uso de adornos.




A mulher (como também qualquer pessoa) tem seu adorno exterior e o interior; e para dar exemplo Cristão ao marido, deveria usar o adorno interior, mas não que isso a proíba de usar seus adornos exteriores femininos. Caso não for assim, de que adianta uma mulher não ter adornos exteriores, mas também não ter os interiores? E alguém ganha alguém para Cristo só pelo fato de ficar calada, somente sem usar adereços? E notaram como a passagem citou Sara, mulher de Abraão, como sendo uma das santas mulheres? Será que essas mulheres santas não usavam jóias? Mais adiante, veremos uma passagem que deixa claras evidências sobre isso.  




Mais uma vez (só para deixar bem claro) - É pura questão de raciocínio e lógica: Seria o uso de brincos ou um simples pingente, que faz o caráter da mulher? Não é impressionante como torcem a Bíblia, para tentar faze-la dizer o que os seguidores de Ellen White querem ouvir? Ou ainda: Tentar fazer com que a Bíblia confirme o que EGW escreveu?



Cada vez mais sem lógica


A argumentação dos nossos amigos adventistas prossegue: 


“Em Ezequiel 23:38-43 – Também um relato simbólico, o povo de Deus aparece como duas mulheres que profanaram o Sábado, idolatraram, chamaram amantes e por eles pintaram os olhos e colocaram enfeites; os beberrões do deserto lhes deram braceletes e diademas e elas adulteraram.” (O uso de jóias, pinturas e etc. Fonte: www.jesusvoltara.com.br/atuais/joias_biblia.htm )


Na verdade o capítulo 23 inteiro de Ezequiel é dedicado a esse relato e devemos ler todo ele para entendermos do que realmente se trata. Não o reproduziremos integralmente aqui, pois a leitura ficaria muito extensa e consequentemente cansativa; mas o amigo leitor pode acompanhar em sua Bíblia.


As duas mulheres (meretrizes) simbolizam duas cidades de Israel: Oolá = Samaria (Reino do Norte) e Oolibá = Jerusalém (Reino do sul). Ambas eram “esposas” de Deus. O relato Bíblico mostra que a origem da prostituição (idolatria), imundícies e consequentemente adultério, foi o Egito (versos 3, 8 e 27). Em momento algum tais Escritos apresentam os adornos como causa da apostasia, como quer fazer parecer à argumentação acima. Além disso, devemos lembrar que a exemplo do capítulo 16 de Ezequiel, nesta mesma simbologia, Jerusalém é a mulher e Deus o Marido; então lemos do verso 23 ao 26, que os filhos de Babilônia e outros arrancariam os vestidos e adornos de Jerusalém.



Diante desse fato surge inevitavelmente a pergunta: Quem deu as jóias para a esposa (Jerusalém), que seriam arrancadas pelos filhos de Babilônia? Não foi o marido (Deus)? Quem deu/presenteou e colocou com as próprias mãos os brincos, o colar e os braceletes na mulher (Jerusalém) em Ezequiel 16:1-21? Agora observem e comparem o argumento adventista que frisa que beberrões do deserto deram braceletes e diademas e elas adulteraram”. Perguntamos mais uma vez a todos os nossos queridos leitores: Em Ezequiel 16, foi algum “beberrão do deserto” que deu os adornos à mulher Jerusalém, quando ela adulterou do mesmo modo? Se o problema foi; como querem dar a entender os ASD; dos adereços, então a culpa foi de Deus? Afinal de contas, quem ornou, enfeitou a nação de Israel (mulher) transformando-a em algo belíssimo e desejável? 


A argumentação prossegue:

“Isaías 3:16 a 26 – Em nenhuma outra passagem bíblica pode se encontrar uma descrição tão detalhada da corrupção feminina. Se descreve as mulheres do tempo de Isaías tais quais eram: vãs, arrogantes, altivas, orgulhosas, mais interessadas em si mesmas do que no Senhor ou nas necessidades dos que estavam ao redor. O capítulo é dedicado a advertir a apostasia de Judá e Jerusalém. Não se pode ler o capítulo sem entender a ligação simbólica dos adornos vãos com a apostasia. O Senhor iria ferir o ponto mais forte do pecado.” (O uso de jóias,pinturas,etc. Fonte: www.jesusvoltara.com.br/atuais/joias_biblia.htm)


Quando estávamos estudando, analisando e ensaiando nosso abandono da doutrina adventista, após questionar sobre o tema, um ancião usou exatamente essa  passagem do livro de Isaías, para tentar provar que brincos, colares e pulseiras deviam ser evitados. Vejam abaixo (grifos nossos):


Isaías cap. 3 versos 16 a 26:



16-Diz ainda mais o SENHOR: Porquanto as filhas de Sião se exaltam, e andam com o pescoço erguido, lançando olhares impudentes; e quando andam, caminham afetadamente, fazendo um tilintar com os seus pés;
17-Portanto o Senhor fará tinhoso o alto da cabeça das filhas de Sião, e o SENHOR porá a descoberto a sua nudez,
18-Naquele dia tirará o Senhor os ornamentos dos pés, e as toucas, e adornos em forma de lua,
19-Os pendentes, e os braceletes, as estolas,
20-Os gorros, e os ornamentos das pernas, e os cintos e as caixinhas de perfumes, e os brincos,
21-Os anéis, e as jóias do nariz,
22-Os vestidos de festa, e os mantos, e os xales, e as bolsas.
23-Os espelhos, e o linho finíssimo, e os turbantes, e os véus.
24-E será que em lugar de perfume haverá mau cheiro; e por cinto uma corda; e em lugar de encrespadura de cabelos, calvície; e em lugar de veste luxuosa, pano de saco; e queimadura em lugar de formosura.
25-Teus homens cairão à espada e teus poderosos na peleja.
26-E as suas portas gemerão e prantearão; e ela, desolada, se assentará no chão. 



Logo após lermos juntos tal escrita, questionei:



"O caro ancião vai me desculpar, mas se vamos condenar os adereços com base nesta passagem, não podemos ser incoerentes: Devemos condenar e excluir o uso, de todos os itens descritos aqui e não apenas alguns!"






Se brincos, anéis, colares e pulseiras são condenados aqui, vemos que junto a eles nesta passagem estão: Xales, caixas de perfumes, turbantes, vestidos de festa, espelhos, bolsas, cintos, mantos e véus. Então ele (ancião) disse que na verdade era eu que não estava entendendo direito... Retruquei que, era lógico que não entendia como e por qual razão, de tamanha incoerência! Então lhe pedi uma explicação plausível para uns itens serem condenados e outros não, sendo que todos estavam relacionados como coisas que  Deus retiraria das filhas de Sião.



Como era de se esperar, ele respondeu apenas com aquele “olhar fritante”. Também pudera; na ocasião havíamos exigido que apenas nos focássemos na Bíblia, sem Ellen White e como praticamente tudo na doutrina adventista, não pode sobreviver sem Ellen White... Entenderam agora o porquê do “olhar fritante” dele em mim?  



Voltando ao argumento adventista descrito acima, é de se perguntar: Será então que todas as mulheres que usam brincos, colares, pulseiras, baton e outros, são corruptas? Podemos classificar ou julgar uma mulher como vã, arrogante, orgulhosa e egoísta, por usar tais coisas? Talvez o amigo leitor adventista tenha em sua família, mulheres parentes que usem adereços. Seja sincero e fale para todos os usuários dessa pagina: Você pode afirmar que todas tem as características que a argumentação adventista afirma? E na própria IASD? Lá não tem mulher orgulhosa, vã, egoísta ou arrogante (conhecemos muitas) mesmo sem usar um único brinco? Será que é realmente assim: Tira-se os adereços e o caráter muda instantaneamente, num piscar de olhos? Ora, sejamos sensatos ao menos uma vez na vida...  



Mais afirmações mal fundamentadas:


Na seqüência apresentaremos mais algumas passagens bíblicas usadas pelos ASD para justificar a proibição do uso de adornos. Como de costume; será sempre seguida de nossa contra-argumentação.  


Oséias 2:13 – “Deus diz a origem dos enfeites para o seu povo apóstata: “Pendentes de Baal e suas gargantilhas”. Uso de jóias, pinturas e etc. Fonte: www.jesusvoltara.com.br/atuais/joias_biblia.htm 


Agora vamos analisar a escrita contida em Oséias cap. 2, verso 13
Castigá-la-ei pelos dias dos Baalins, nos quais lhes queimou incenso, e se adornou dos seus pendentes e das suas jóias, e andou atrás de seus amantes, mas de mim se esqueceu, diz o SENHOR”. 


Prezados leitores; neste caso, mais uma vez nós vemos apenas um relato figurado, onde Jerusalém é representada pela mulher infiel. Também se observa que a passagem não deixa claro que os pendentes e jóias são de Baal, ou de referência ou alusão à Baal. Realmente não sabemos em qual versão de tradução o argumentador adventista viu isso...



Mas; suponhamos que talvez tais adornos fossem de Baal ou em reverencia a Baal. Sim, mas e daí? E se fosse? Quer dizer que as mulheres modernas devem se abster de brincos e etc., porque especificamente em Oséias 2:13, a origem daqueles enfeites é pagã, do deus Baal? Ok; agora botando o cérebro para trabalhar: Qual foi mesmo a origem dos adornos em Ezequiel 16:1-21? Também foi Baal quem colocou tais adereços na “mulher Jerusalém”? Não é engraçado como aqui os nossos amigos adventistas falam dos enfeites de Baal para seu povo apóstata”, mas em Ezequiel 16, o argumento é que tal coisa era apenas um “costume da época”!



Simplificando: Quando os pendentes aparecem - considerando que fossem de um deus pagão - deve-se usar isso como exemplo negativo; um argumento para não usar; mas quando é o próprio Deus quem dá e coloca os adereços... Era “um costume da época”; impressionante; tudo; mas tudo, para não desmentir Ellen White...


II Reis 9:30 – “Jezabel,  a apóstata,  pintou os olhos e se adornou para seduzir.” (Fonte.)


Na verdade, o relato bíblico descreve a rainha Jezabel como sendo idólatra, assassina e feiticeira (1 Reis 18:13 - 2 Reis 9:22). Nem toda mulher que pinta os olhos e se adorna é como Jezabel, ou será que cada vez que vemos uma mulher adornada, com pintura nos olhos, devemos “enxergar Jezabel” nelas? Além do mais, a sedução da mulher, não se restringe apenas em pintar os olhos e usar adornos. Qualquer leigo sabe disso.



Gênesis 35: 1 a 5 – “Encontramos um exemplo literal de como o abandono dos enfeites e da idolatria se relaciona com a reconsagração a Deus. A atitude dos filhos de Jacó deixando os ídolos e argolas é explicada em Patriarcas e Profetas pág. 205 e 206:” “Decidiu (Jacó) que antes de ir a esse lugar sagrado (Betel) sua casa deveria estar livre da contaminação da idolatria. (...) seus filhos também foram tocados por um poder que os constrangia; (...) então deram a Jacó todos os deuses estranhos, que tinham em suas mãos e as arrecadas que estavam em suas orelhas...” Fonte: http://www.jesusvoltara.com.br/atuais/joias_biblia.htm



O que todos nós temos de entender, é que nos tempos bíblicos, os brincos não eram somente adereços. Mais do que jóias ou enfeites, eles também eram usados como amuletos de proteção, símbolos de aliança entre o povo e seus líderes, entre a mulher e seu esposo e etc. Ainda devemos levar em conta, que eles (adornos) também eram usados nos cultos dos deuses estrangeiros (Bíblia de Estudo – SBB pg. 46).


Assim sendo, temos de analisar cada caso antes de proferirmos a sentença que os nossos amigos ASD colocaram. Se observarmos a passagem em questão, podemos dizer que aqueles brincos  poderiam estar ligados a idolatria, pois a passagem diz que “deram a Jacó todos os deuses estrangeiros que tinham nas mãos (imagens) e as argolas que lhes pendiam as orelhas (amuletos)...” Nesse caso, é bem possível que aquelas tais argolas fossem amuletos pagãos.


Ainda dentro da interpretação ASD, perguntamos: Será que o uso de adereços realmente é sinônimo de idolatria e apostasia? Se sim; gostaríamos de apresentar uma passagem do mesmo Livro de Gênesis: Trata-se de todo o capítulo 24; onde é relatado como Rebeca se tornou esposa de Isaque. Por ordem de seu pai Abraão, o servo mais antigo e de muita confiança, tinha partido em busca de uma mulher para Isaque. Ao ter a confirmação de que Rebeca era a noiva escolhida por Deus, o tal servo colocou em Rebeca, um pendente e duas pulseiras; e logo após adorou ao Senhor Deus! Observem (grifos nossos):


“Então lhe perguntei, e disse: De quem és filha? E ela disse: Filha de Betuel, filho de Naor, que lhe deu Milca. Então eu pus o pendente no seu rosto, e as pulseiras sobre as suas mãos; E inclinando-me adorei ao SENHOR, e bendisse ao SENHOR, Deus do meu senhor Abraão, que me havia encaminhado pelo caminho da verdade, para tomar a filha do irmão de meu senhor para seu filho.”  Gênesis 24:47-48  


E agora senhores adventistas? Onde entra Ellen White nesta história? Vossa argumentação afirma que enfeites e idolatria estão relacionados! Então, um servo de confiança de Abraão, (o mais antigo e que governava os bens de Abraão) que teve um Anjo como guia e protetor (Gên. 24:7), coloca pendentes e pulseiras em Rebeca, logo depois se inclina e adora a Deus... Respondam sinceramente nobres amigos da IASD:




O servo de Abraão, juntamente com Rebeca, praticaram idolatria? 




E o tal servo de Abraão, além do pendente e das pulseiras, deu mais jóias de ouro e prata à Rebeca e também a outros da família (Gên. 24:53) isso, logo após ter adorado a Deus novamente...



Nós outra vez frisamos que em Ezequiel 16; foi Deus quem colocou pessoalmente os adereços na “mulher Israel”: Estaria Deus agindo errado; contradizendo-se? Portanto, está mais do que provado, que não procede o argumento adventista, quando afirma que: “Encontramos um exemplo literal de como o abandono dos enfeites e da idolatria se relaciona com a reconsagração a Deus.  



Passagens que se voltam contra quem as usou: 



Prezados e digníssimos leitores; lembram como a argumentação adventista apresentou de maneira enfática a passagem contida em 1ª Pedro 3:3-4, como sendo base para a proibição dos adornos? Utilizar tal passagem foi um verdadeiro “tiro no pé”. Leiam novamente os versos a seguir; só que desta vez lembrando bem do episódio entre Rebeca e o Servo de Abraão:


Pois assim se adornavam também noutro tempo as santas mulheres que esperavam em Deus, estando sujeitas a seus maridos, como Sara obedeceu a Abraão, chamando-lhe senhor, da qual vos tornais filhas, se fazeis o bem e não temeis perturbação alguma.” 
1 Pedro 3:5-6


Como foi descrita Sara, mãe de Isaque, esposa de Abraão e sogra de Rebeca? O que o leitor acha? A Bíblia mente quando também enquadra Rebeca dentro do termo “santas mulheres”? Na verdade ela deve ser excluída do grupo das “santas mulheres”?  Querido amigo e irmão adventista, responda com toda a vossa sinceridade: Será que as mulheres descritas como santas pela Bíblia, usavam jóias? Sim ou não? Não? Então observem bem a passagem abaixo:


“E aconteceu que, o servo de Abraão, ouvindo as suas palavras, inclinou-se à terra diante do SENHOR. E tirou o servo jóias de prata e jóias de ouro, e vestidos, e deu-os a Rebeca; também deu coisas preciosas a seu irmão e à sua mãe.” Gênesis 24:52-53


Agora respondam com toda a honestidade que tiverem dentro da alma: Será que o servo de Abraão deu tais pulseiras, pendentes e ainda, muitas jóias de ouro e prata, vestidos... Todos esses presentes... Só para “comprar”, ou ainda, “subornar” Rebeca? Seria para enganá-la, iludi-la? Depois que eles chegaram à casa de Abraão, tomaram tudo dela? Proibiram-na de usar? Foi tudo um “embuste”, uma mentira, uma grande farsa arquitetada para seqüestrar Rebeca? Existe uma única vírgula na Bíblia, relatando que Abraão repreendeu seu servo por ter colocado as pulseiras e o pendente em Rebeca? Existe alguma passagem, tanto no Velho Testamento, como no Novo Testamento, criticando ou condenando a atitude do servo fiel de Abraão? Em nome da razão e do bom senso convidamos: Analisem tudo e tirem suas próprias conclusões.



“O testemunho cristão é parte integrante da vida espiritual e qualquer jóia ou pintura, ou qualquer outra coisa que dê aparência do mal ou cause escândalo precisa ser evitado pelos que, sem reservas, querem servir a Deus. (I Tess. 5:22 e Rom 14:13, 21).” O uso de jóias,pinturas,etc. www.jesusvoltara.com.br/atuais/joias_biblia.htm


Amado leitor; por favor, pegue sua Bíblia e leia você mesmo à passagem citada acima: 1ª Tess. 5:22; veja se tal passagem está se referindo a adereços como sendo “aparência do mal”. Qualquer um que ler do verso 1 até o 21, verá que o contexto fala sobre preceitos e condutas Cristãs, tais como:  Vigilância, consolação, amor, consideração, amparar os fracos, viver em paz com os outros, evitar pagar o mal com mal, orar sempre, dar graças, não apagar o Espírito, não desprezar as profecias, julgar as coisas retendo o que é bom e abster-se de toda forma de mal. O contexto não fala nada de “aparência física”; do visual externo literal, muito menos ainda que adereços sejam “itens do mal”. É simplesmente incrível, como as pessoas forçam a barra apenas para defender os seus lideres espirituais.


A outra passagem citada pelos ASD é Rom. 14:13-21; só que o contexto principal é sobre comida; observem os versos em questão:


Não nos julguemos mais uns aos outros; pelo contrário, tomai o propósito de não pordes tropeço ou escândalo ao vosso irmão (Rom 14:13) É bom não comer carne, nem beber vinho, nem fazer qualquer outra coisa com que teu irmão venha a tropeçar [ou se ofender ou se enfraquecer]. Romanos 14:21


Basta você mesmo ler o capítulo 14 de Romanos e não restará nenhuma dúvida. Além do contexto estar focado no caso dos alimentos, também podemos perguntar: Quem seriam os “fracos na fé” dos quais fala Romanos 14? Quem entende e julga que adereços seriam “aparências do mal” e se escandalizam? Não seriam os próprios adventistas? Analisando e respondendo a essas perguntas, podemos afirmar sem sombra de dúvida: É simplesmente impressionante o malabarismo que algumas pessoas fazem para forçar a Bíblia a dizer o que ela não disse; e isso apenas para salvar Ellen White do fiasco.


Textos bíblicos que ninguém jamais vai te ensinar na IASD:


Em Cantares 1:10-11, encontramos um belíssimo elogio de um marido para sua amada esposa (grifos nossos):

Clique na imagem para ampliar


Formosas são as tuas faces entre os teus enfeites, o teu pescoço com os colaresEnfeites de ouro te faremos, com incrustações de prata.” 



E agora? O verso acima descreve idolatria ou vaidade? Devemos apagá-lo de nossas Bíblias? Mas prossigamos; Isaías 61, verso 10:



Regozijar-me-ei muito no SENHOR, a minha alma se alegrará no meu Deus; porque me vestiu de roupas de salvação, cobriu-me com o manto de justiça, como um noivo se adorna com turbante sacerdotal, e como a noiva que se enfeita com as suas jóias.”      




Agora a coisa ficou séria: Foi o profeta Isaías que pronunciou as palavras acima! Seria o caso dele estar falando “simbolicamente” de uma idólatra; uma apóstata? Ou seria mais fácil usar de honestidade e admitir que ele descreveu algo que era absolutamente normal; nada condenável, e perfeitamente visível em sua época... O caso de Isaias não serve? Esse caso então não serve? Que tal Jó? Ele recebeu de seus irmãos, irmãs e outros, um pendente de ouro e Deus não deixou de abençoá-lo por isso, vamos conferir:



Então vieram ter com ele todos os seus irmãos, e todas as suas irmãs, e todos quantos dantes o conheceram, e comeram com ele pão em sua casa; condoeram-se dele, e o consolaram de todo o mal que o Senhor lhe havia enviado; e cada um deles lhe deu uma peça de dinheiro e um pendente de ouro. E assim abençoou o Senhor o último estado de Jó, mais do que o primeiro; pois Jó chegou a ter catorze mil ovelhas, seis mil camelos, mil juntas de bois e mil jumentas. Jó 42:11-12 (Grifos nossos). [Obs.: em outras traduções ao invés de: pendente”, está: “anel”]


Ainda não é o suficiente? Então vamos ao livro de Provérbios, capítulo 25, verso 12:

   
Como pendentes de ouro e gargantilhas de ouro fino, assim é o sábio repreensor para o ouvido atento”. 


Vejam bem nobres leitores: Aqui, o conhecimento, bem como o aprendizado, são comparados a pendentes de ouro (brincos e outros) e gargantilhas (cordões e outros).



Outro episódio interessante está no livro de Números, capítulo 31; onde é narrado que, após os Israelitas saírem vitoriosos de uma batalha e feita a divisão da presa, do despojo de guerra, diversas jóias como pulseiras, colares, braceletes e brincos, foram oferecidos pelos oficiais comandantes, como uma oferta ao Senhor. A oferta foi aceita e, além disso, os soldados ficaram com as jóias que tiraram do inimigo (versos 48-54). Na Bíblia não existe nenhuma advertência ou crítica sobre tal procedimento (Ver também Êxodo 35:22).



Há também aqueles que gostam de citar a passagem do bezerro de ouro (Êxodo Cap. 32); querendo alegar que o povo Israelita se corrompeu por causa do uso de adereços. Como o leitor pôde comprovar nos exemplos acima; isso é uma inverdade; até por que, qualquer um que ler o livro de Êxodo, verá que desde a saída do Egito, até o dia em que o povo retirou seus adereços de ouro para fazer o tal bezerro, Deus já tinha passado através de Moisés, diversas e diversas leis, normas e preceitos; sem em momento algum citar a norma para “retirada obrigatória do uso os adereços”. O povo não se “corrompeu por causa do uso de adereços”, o povo foi rebelde desde o início; vejam as palavras do próprio Moisés: “Rebeldes fostes contra o SENHOR desde o dia em que vos conheci.” (Deut. 9:24) 



Existem ainda outros casos, como por exemplo, o de José, que ao se tornar governador do Egito, recebeu do faraó um anel e um colar de ouro (Gên. 41:42). 

Em Daniel 5:29, comprovamos que este usou também um colar; portanto, o uso de jóias era comum entre o povo de Deus.


Mais um “tiro no próprio pé”:


Depois de analisar todas as passagens citadas acima, colocaremos agora as palavras do Sr. Demóstenes Neves da Silva, pastor e professor da Faculdade de Teologia adventista IAENE, autor do estudo abordado neste artigo:




“Exemplos bíblicos se opõem ao uso de jóias.”  (Fonte:)



Será mesmo queridos leitores? O que os senhores acham? Outros irmãos ASD ainda alegam:


-Compare as mulheres simbólicas que representam a noiva de Cristo (Igreja) e observe o uso de atavios/jóias como símbolo de rebeldia. (Apoc. 12:1 e 17:4) (http://www.nistocremos.net/2011/11/o-uso-de-joias-na-biblia-estudo-biblico.html)


Pois bem; vejamos as passagens Bíblicas do argumento adventista e comparemos:


E viu-se um grande sinal no céu: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos seus pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça.” Apocalipse 12:1



E a mulher estava vestida de púrpura e de escarlata, e adornada com ouro, e pedras preciosas e pérolas; e tinha na sua mão um cálice de ouro cheio das abominações e da imundícia da sua prostituição;” Apocalipse 17:4


Eis mais um argumento pra lá de estranho. A “argumentação sabatista” quer fazer um paralelo entre as mulheres simbólicas apresentadas em Apocalipse; onde a mulher de Apoc. 12:1 é o bom exemplo e em Apoc. 17:4, é o mau exemplo. Assim sendo, já que a mulher de Apoc. 17:4 usa jóias, então tais coisas não devem ser usadas pelas mulheres Cristãs... 


Será mesmo assim? Acontece que a mulher do cap. 17, não usa apenas jóias: Ela também usa vestidos de cor púrpura (tom de roxo) e vermelho. Por acaso as mulheres adventistas se abstém de toda e qualquer peça de roupa de cor púrpura e ou vermelha? Não? Pois é, aqui encontramos mais um dos inúmeros casos de incoerência e parcialidade dos nossos irmãos... E tem mais um pequeno detalhe: As mulheres ASD seguem a vestimenta da mulher de Apoc. 12:1? A mulher do cap. 12 se veste como o sol; então as mulheres ASD usam os vestidos mais brilhantes e reluzentes possíveis? Uma sugestão seria se vestir dos pés a cabeça com milhões de lantejoulas douradas ou pedrinhas de brilhante em pleno dia de sol (rs). Também tem o caso da coroa com estrelas sobre a cabeça... Estão vendo amigos leitores? Elaboram  um argumento comparativo, para ter base bíblica para se evitar as jóias, por causa da mulher de Apoc. 17:4, mas nem de longe seguem de fato o texto bíblico.     


Mais disparates:


Em outro estudo adventista, encontramos:


“No Éden, Adão e Eva andavam nus. Quando o pecado entrou no mundo, eles receberam roupas e não adornos. Eles receberam aquilo que lhes era necessário, e não o supérfluo.”  (http://mulheradventista.com/ornamentos-da-mulher-adventista/)


Como sempre; vamos checar a passagem em questão:




“E fez o SENHOR Deus a Adão e à sua mulher túnicas de peles, e os vestiu.” Gênesis 3:21




Mas que argumento impressionante... Pois bem; se vamos nos basear nisso, então do mesmo modo, Deus não deu a eles grampos de cabelo, prendedores; broches, abotoaduras... Nem muito menos relógios de pulso, alianças, gravatas, cremes, loções, perfumes, bolsas, sapatos... Muito menos ainda carros, celulares, canetas de ouro e etc. Se o fato de Deus não ter dado adornos naquele caso específico, é argumento para não usá-los... Então não devemos ser incoerentes: Tudo o que não foi dado, (não somente adornos), não deve ser usado! 



Outro detalhe: Se observarmos o que foi dado por Deus nesta passagem, veremos que as roupas eram de pele. Os amigos adventistas usam somente roupas de pele? Vão Jogar fora as roupas de tecido? Do mesmo modo que Deus não deu adornos, também não deu roupas de tecido, não é mesmo? O que vocês acham? Como sempre, dois pesos, duas medidas; o que vale é a conveniência para cada caso. E na dúvida, o pastor é quem dá a última palavra: Ao invés de seguirem “O Senhor é o meu Pastor”, seguem: “O pastor é o meu senhor”.



Jóias “funcionais”  x  Jóias “ornamentais” - Um pretexto para usar algo.


Uma estratégia criada no meio do adventismo para justificar o uso de alguns certos adereços, é essa: “Existem jóias funcionais e ornamentais.  A explicação deles sobre tal argumento, podemos resumir na própria frase de um líder adventista:


No mundo ocidental as jóias funcionais são fáceis de identificar, porque suas funções são intrínsecas a suas possibilidades de marketing e satisfazem a necessidades específicas na vida do indivíduo. Por exemplo, o relógio foi feito com o objetivo expresso de nos informar as horas; uma aliança de casamento já é vendida como aliança de casamento; e abotoaduras são manufaturadas para unir os punhos da camisa. O broche pode ser um ornamento funcional se for usado para manter unidas duas ou mais peças de roupa.”Angel Manuel Rodriguez - Os adventistas e o uso de jóias: http://www.advir.com.br/sermoes/joias.htm#)



Com base neste argumento, é comum ver nas igrejas adventistas, o uso de relógios onde as pulseiras são carregadas de pedras brilhantes e o pequenino relógio propriamente dito, mal aparece. Na verdade, não é "um pequeno relógio com uma pulseira extravagante", é "uma pulseira extravagante com um pequenino relógio" para justificar seu uso. A pulseira do relógio também as vezes é uma bela corrente de ouro; como se fosse um pingente, só que no pulso. Também se vê, como já relatamos no início deste Artigo, nos grampos ou prendedores de cabelo da mulher adventista, cinco, oito, dez e até mesmo um número que não podemos contar de pedrinhas de brilhante; onde a justificativa do uso do apetrecho, é prender o cabelo. Acontece que, os brilhantes cravados no objeto não prendem nada, só ornamentam... É observado até correntinhas costuradas nas golas e bordas das roupas; onde a correntinha, “faz parte da roupa”, então assim não é adorno, não é mesmo? Observem amigos leitores, o que o próprio escritor adventista apresentou:



Obviamente, uma jóia funcional pode ser feita de maneira que sua função ornamental sobrepuje qualquer outro objetivo. Neste caso ela deve ser considerada inapropriada para um cristão.” (ibidem)



Senhores, isso não é observado de maneira nenhuma pela maioria suprema dos ASD. São raros os casos onde se segue à risca tal regra. Como já relatamos neste Blog (e pode ser confirmado por muitos Ex-adventistas) em alguns cultos, temos um verdadeiro “show de cabeças enfeitadas”, e ninguém fala nada porque, o mais “importante” é que as orelhas estejam livres dos “terríveis brincos”, o pescoço limpo do “pecaminoso colar”, e o pulso sem a “idólatra pulseira”.   



Tal explicação que os adventistas dão para se usar certas “jóias funcionais” não convence ninguém que tenha o mínimo de bom senso e não passa de um pretexto disfarçado para matar a vontade de se usar um adereço... Se tal argumento fosse realmente seguido, assim como ele foi concebido; então as tais jóias (funcionais), não poderiam ter nada, mas absolutamente nada de ornamento cravado ou colado à jóia. Também não poderiam ser coloridas, douradas ou prateadas; mas totalmente discretas e opacas, sem nenhum tipo de brilho. Isso vale também para aquelas lindas canetas banhadas a ouro, que alguns gostam de exibir; para as majestosas fivelas e exuberantes prendedores de gravata.



O raciocínio deveria ser exatamente esse: Se a “jóia funcional” é bonita e chamativa, não esta sendo somente funcional, mas “funcional ornamental” ao mesmo tempo. Se é para ser funcional, então tem de ser 100% funcional e não meio-termo. Aliás, não poderia sequer ser chamada “jóia funcional”, pois o significado de jóia é: “Objeto de adorno, de material ou lavor precioso”.  (http://www.dicio.com.br/joia/) Ou seja, uma jóia tem como sua principal função, adornar, ornamentar! Assim sendo, se for uma “jóia funcional”, terá dupla função, sendo uma delas, ornamentar.



Maquiagem “corretivax Maquiagem “ornamental” - Mais pretextos:    



Nessa mesma linha de pensamento, surge também a maquiagem “corretiva” e a maquiagem “ornamental”; onde existe uma contradição explícita, observem (grifos nossos):


“O mesmo Deus que nos criou lindas e com adornos naturais, expressos em tonalidades de pele, olhos, cabelo, entre outros aspectos corporais, também nos salvou da escravidão do Eu e da vaidade. Ele nos chama a ter um caráter tão belo que sobressai a qualquer jóia que o mundo possa admirar.” 



Contradição:


“Podemos dizer que existem dois tipos de maquiagem, a julgar pela função: A maquiagem com função corretiva e a maquiagem com função de ornamento.

“O primeiro tipo diz respeito a uma maquiagem que se usa com a intenção de fazer pequenas correções. Ao final da maquiagem a pessoa apresenta uma aparência natural, tendo algumas marcas ou imperfeições disfarçadas, ou “corrigidas”, pelos produtos usados.”“Essa maquiagem não gera escândalo, pois a idéia é que ela não seja percebida, mas que a imagem da pessoa fique mais apresentável.”

O segundo tipo diz respeito a uma maquiagem que tem como fim ser percebida, ornamentar o corpo, trazer a ele traços totalmente artificiais que são conseguidos por meio de produtos como sombras e lápis, etc. Essa maquiagem foge totalmente à discrição sendo algo que em si destina-se a chamar a atenção, do contrário poderia ser dispensado seu uso.”  



Realmente é gritante esta contradição, só não consegue ver quem não quer enxergar; acompanhem: Se, como afirma o primeiro texto ASD - "Deus criou as mulheres lindas com adornos naturais- para quê produtos de maquiagem “corrigindo” ou “disfarçando o que Deus deu?! Belo bem da honestidade respondam agora: Se Deus as criou lindas, “com adornos naturais”; então para quê a maquiagem? Para ficar “mais apresentável”? 



E não para por aí: Ao final da maquiagem a pessoa apresenta uma aparência natural”.  Então precisa de produtos artificiais, para ter uma “aparência natural”? Oh, mas talvez a autora do artigo se referiu a manchas, marcas e cicatrizes devido a acidentes... Mas não é o que está escrito. Certo, tudo bem, vamos supor que ela quis dizer isso; então perguntamos: É isso que se vê? É só nesses casos que as mulheres ASD usam maquiagem? E quanto à, por exemplo, as sobrancelhas, copiando os costumes  do que os próprios ASD chamam de “moda mundana”? O adorno natural (sobrancelhas) de Deus não está bom? E aquele “batonzinho básico suave”, usado para dar um certo destaque nos lábios? A cor natural que Deus deu não satisfaz as nobres irmãs ASD? Afinal de contas; pode ou não pode usar? Entenderam agora como para nossos ex-irmãos de igreja algumas coisas são “sim e não” ao mesmo tempo? Comprovaram como são parciais em alguns assuntos?



Capa de revista – Mais incoerência.


“Não adianta procurar desculpas para praticar um “pouquinho” do que a Bíblia proíbe, o que se constitui, de qualquer forma, uma transgressão. ” O uso de jóias, pinturas e etc. fonte: http://www.jesusvoltara.com.br/atuais/joias_biblia.htm



Imagem encontrada na internet clique:
Essa foi mais uma das frases usadas no estudo adventista o qual apresentamos no decorrer deste Artigo. Com base nela, gostaríamos de apresentar aos nobres leitores; algo muito interessante - A contradição adventista no tocante a este ponto. Perguntamos: Será que todos os ASD seguem a frase citada acima? Podemos dizer sem sombra de dúvida: É lógico que não; principalmente quando vemos com freqüência; estampadas nas capas de diversas publicações da igreja (Exemplo: Revista Vida & Saúde da CPB - Editora adventista) uma bela mulher usando maquiagem, batom, lápis nos olhos, pó e com as sobrancelhas bem trabalhadas.



Imagem encontrada na internet clique:
As moças das tais capas, não estão usando brincos nem colares; é verdade... Mas gostaríamos de saber o seguinte: As moças das capas de revista que falamos, não estão “praticando um pouquinho” daquilo que, segundo a argumentação acima, é de qualquer forma, uma transgressão? E onde entra aquela outra frase que é muito usada no meio adventista: “Você não precisa de adornos ou qualquer outro artifício, você já é bonita como Deus te fez”? E aquela apresentada alguns parágrafos atrás: Deus nos criou lindas e com adornos naturais”? Por que as moças da capa de revista precisam de batom? Para quê a maquiagem? Elas não são bonitas do jeito que Deus as fez? Por que os cílios, as sobrancelhas e os lábios das moças estão “corrigidos”? Entenderam amigos leitores, como dizem uma coisa em um canto da boca... E no outro dizem outra?



Nada de brincos, pulseiras ou colares... Mas e o resto?


Diante de tudo que foi exposto até agora, surge a pergunta: De que adianta ter o pescoço e as orelhas livres, se literalmente “extrapolam a medida da vaidade” em outros lados? O que queremos mostrar ao amigo leitor, é que existem muitas mulheres que não são adventistas, usam brincos, colares e etc; mas nem por isso são tão vaidosas quanto outras que são ASD. E sabem por quê mencionamos isso?


A verdade é que infelizmente não importa se uma mulher adventista tem “trocentos” vestidos caros... Muitos, mais muitos pares de lindos sapatos...  Que use e abuse de “quinhentos” potes de cremes e loções para o rosto, corpo, pés... Que vá diversas e diversas vezes ao salão arrumar o cabelo, unhas, sobrancelhas e etc... Que tenha uma verdadeira coleção de bolsas, broches, relógios, prendedores, grampos e outras “joias funcionais”,  todas bem cravejadas de brilhantes...




Se ela não ter nada nas orelhas, pescoço e pulsos... Não está pecando; não é vaidosa! Misericórdia meu Deus! 




Vinte pedrinhas de brilhante em um prendedor de cabelo, a um centímetro acima da orelha não tem pecado; mas se apenas uma única pedrinha estiver na orelha... Pronto; lá vem a condenação por causa da vaidade... Podemos observar muitas mulheres adventistas que esbanjam vaidade por todos os  lados, e acham que, pelo fato de deixarem seus pescoços, pulsos e orelhas “livres de adereços mundanos”, não são vaidosas e o que é pior: Ainda ficam apontando os dedos para aquelas que usam apenas uma pequenina pedra em cada orelha; como se isso fosse um grande diferencial no caráter das pessoas. E tudo isso vale também para os homens; dentro do conceito e estilo da vaidade masculina.



O pior pecado: A visão julgadora, o juízo temerário!


Não sei quanto ao amigos leitores; mas lembramos que antes de nos tornarmos adventistas, não ficávamos julgando ou mesmo desconfiando das pessoas devido ao uso de adereços, principalmente brincos. Mas depois que você passa pela “programação mental lavagem cerebral”, é quase impossível você olhar para uma mulher de brincos e não pensar: “Lá vai uma mulher do mundo; pecadora cheia de vaidade... Que coisa errada... Que coisa pagã...” É ou não é assim? Infelizmente esta é mais uma vergonhosa lembrança do tempo que perdemos neste meio.



Tirando raríssimas exceções, é exatamente assim que funciona caro leitor, basta perguntar a qualquer Ex-adventista pelo mundo a fora. Nossa mente fica “programada” a condenar, assim que colocamos os olhos na pessoa e isso nos leva a fazer o que a Bíblia tanto condena: Acepção de pessoas. O indivíduo acha que está mais perto de Jesus, no caminho certo, em um patamar superior... E por acreditar que está na “igreja verdadeira” seguindo suas doutrinas, entre muitas regras, como a de não comer "certas coisas", “guardar” um dia da semana, não usar "certos adereços..." Ela passa a se sentir superior aos demais! Infelizmente isso tudo, além de fazer crescer um orgulho doentio e uma soberba pecaminosa na alma da pessoa, também acaba fazendo-a cair no grande e terrível pecado de julgar e fazer acepção de pessoas...



Considerações finais:


Existem ainda inúmeros aspectos que gostaríamos de ter abordado neste Artigo, entre eles, as diversas incoerencias e contradições encontradas nos escritos de EGW sobre este asunto e ainda, a origem pagã de certos adereços, incluindo um que nenhum pastor adventista do mundo teria coragem de abrir mão: A gravata. A leitura ficaria um tanto extensa e cansativa, então guardamos este assunto para outro artigo; portanto fiquem ligados no Site.      


E para encerrar o tema, gostaríamos de deixar bem claro: Em nenhum momento afirmamos que a mulher Cristã pode sair por aí a vontade, como uma “árvore de natal”; não, não é isso. Devemos sempre seguir as palavras da Nova Aliança, que instruem para ter modéstia, equilíbrio e sobriedade em tudo. Que cada um entenda como quiser e tire as suas próprias conclusões.


E que Deus tenha Misericórdia de todos nós.

Artigo em parceria: 




Editor & Décio – Um Aprendiz de Cristão.

185 comentários:

  1. Muito bom o artigo... a apresentação de mais uma falácia adventista! Parabéns mais uma vez pelo artigo.

    ResponderExcluir
  2. O mais completo artigo que eu já li na minha vida sobre o assunto. Nunca vi em lugar nenhum da internet, algo ser abordado de forma tão honesta e contundente. Parabéns ao autor do artigo, que Deus continue lhe dando muita sabedoria.

    PC - Paulo Cezar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faço minhas as palavras d amigoPC
      Estava mesm aguardando esse artigo. Perfeito!
      Continuarei orando para que Deus abra a visão dos irmãos adsd.
      Parabéns editor e equipe
      Estou feliz por voltarem e pelo ótimo artigo
      Que Deus abençõe

      Fiquem todos na Paz do Senhor

      Excluir
  3. Gostei do artigo, muito contundente e quero ressaltar aqui um pequeno fragmento de texto que o autor adventista, no afã de de justificar o falso argumento sobre os brincos, faz uma MEDONHA e HERÉTICA comparação com a passagem bíblica sobre o rico e Lázaro. Vejam "Trata-se de um caso figurado cujas imagens são tomadas dos costumes da época. Um caso similar é o emprego de Jesus na parábola do rico e Lázaro, baseada numa doutrina totalmente falsa do estado dos mortos [vide Parábola de Jesus 263 a 267]”.

    Mais uma heresia perpetrada no meio de outras montanhas de heresias desses falsos crentes. O que me deixa mais chateado é que ninguém enxerga nada!

    ResponderExcluir
  4. Parabenizo o Editor e o Décio por mais um texto inteligente, bem fundamentado, bem escrito, onde não deixa nenhuma questão sem resposta.

    ResponderExcluir
  5. Todo local que se frequente (seja trabalho, igreja ou qualquer outro) existem normas a serem cumpridas de forma a se manter a disciplina e a justificativa para as mulheres adventistas serem diferentes das mulheres do mundo é justamente essa: DISCIPLINA.
    Gostaria de deixar algumas questões para reflexão de vocês deste blog:
    Alguns aqui dizem que deixaram a igreja porque tocados pelo espírito santo e lendo a bíblia mais sabiamente digamos assim encontraram a Jesus verdadeiramente. Será mesmo? Será que foi realmente o espírito santo que fizeram vocês tomar essa decisão e trocar de igreja?
    Vocês não tem medo do que vai acontecer com vocês caso vocês estejam errados não? Não tem medo das ameaças que Deus faz na bíblia para aqueles que desviarem o pé do caminho, não guardarem os mandamentos bíblicos e não aceitarem a Jesus verdadeiramente?
    Não quero perder a recompensa que é prometida aqueles que perseverarem até o fim e quero estar entre esses, e vocês?
    Pensem nisso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lá vamos nós de novo responder o Manoel Santos... E olha que ele nem “triscou” na minha última resposta para ele. Mas vamos lá; sempre em partes; com "cortes" muito precisos:

      "Todo local que se frequente (seja trabalho, igreja ou qualquer outro) existem normas a serem cumpridas de forma a se manter a disciplina..."

      A pergunta a ser feita agora para o Manoel é: Qual é o objetivo de se estabelecer uma disciplina?

      1 - Nas empresas é evitar acidentes, aumentar a produção e etc.

      2 – Nas escolas é fazer com que o aluno se desenvolva intelectualmente;

      3 – Em casa é para que todos possam conviver em harmonia, cumprindo seu papel na sociedade;

      4 – Nos Quartéis é manter a cadeia de comando, prevenindo a rebeldia e o desvio de conduta.

      Mas e na sua igreja? Qual é o motivo para se inventar um monte de regras absurdas e impô-las aos outros? Acertou quem disse para controlar a vida dos pobres infelizes que caem na armadilha que ela arma.

      A “disciplina” em certas igrejas, não passa de uma das etapas que envolvem o processo de lavagem cerebral realizado nestes lugares.

      ” Alguns aqui dizem que deixaram a igreja porque tocados pelo espírito santo e lendo a bíblia mais sabiamente digamos assim encontraram a Jesus verdadeiramente. Será mesmo? Será que foi realmente o espírito santo que fizeram vocês tomar essa decisão e trocar de igreja?”.

      Essa técnica é velha e já foi desmascarada faz tempo no Site: Induzir a culpa e conseqüentemente o medo nas pessoas. Não cola mais! O detalhe é que quando alguém a usa, existe 90 % de chance desse alguém ser um pastor ou outro “sanguessuga” qualquer.

      ” Vocês não tem medo do que vai acontecer com vocês caso vocês estejam errados não? Não tem medo das ameaças que Deus faz na bíblia para aqueles que desviarem o pé do caminho, não guardarem os mandamentos bíblicos e não aceitarem a Jesus verdadeiramente?”

      Aqui o verdadeiro caráter dos crentes se revela:

      ”Vem que eu te amo meu irmãozinho... Vem pra igreja adeventista... Eu te amo muitcho mesmo... Mas se não vier desejo que ocê vai se ferrar todo...

      O trágico nesta “comédia” é que o indivíduo nunca vai perceber o seu comportamento irracional. Realmente é uma ferramenta psicológica muito eficaz para se usar em quem tem o QI abaixo dos padrões mínimos.

      Ameaças, maldições, medo... A mascara caiu! Não cola mais.

      ” Não quero perder a recompensa que é prometida aqueles que perseverarem até o fim e quero estar entre esses, e vocês?

      Perseverarem no que Manoel? Em dar dinheiro pra sua igreja/empresa? Não vê que isso não passa de mais uma armadilha psicológica?

      Já expliquei “trocentas” vezes que isto que você acabou de fazer chama-se “aposta de Pascal”. É como se você encurrala-se alguém num canto e disse-se:

      Se eu estiver errado não perco nada; mas se você estiver errado...

      Promessas vazias, mentiras e hipocrisia também não colam mais Manoel.

      Pense nisso também

      O Editor

      Excluir
    2. Manoel Santos, quando você diz: Voces não tem MEDO do que vai acontecer... Voces não tem MEDO das ameaças que Deus faz... Não quero perder a recompensa (na realidade você está com MEDO do fogo do inferno), eu te digo que as igrejas pregam o MEDO através do EVANGELHO DO ASSALTO: OU VOCÊ ACEITA JESUS OU VOCÊ MORRE!!!. O Evangelho do Assalto funciona com a maioria das pessoas, e uma minoria aceita a Jesus por AMOR, e sempre se percebe pela maneira da pessoa falar a qual dos dois grupos pertence. Que JESUS que é poderoso possa transformar o teu MEDO em AMOR.
      JESUS veio mostrar que é DEUS DE AMOR ou DEUS DO MEDO?
      Reflita nisso.
      DV

      Excluir
    3. jesus veio pra nos da vida e vida com abundancia nao devemos servir a deus por medo mas por amor e nada que facamos para merecermos salvacao conseguiriamos nao sam dogmas de meros homens pecadores que pode nos afastar de deus essas doutrinas de homens so nos fazem nos distanciar de deus que possamos segui e prosseguir aconhecer mais e mais esse deus que e tao simples em amor.os homens que nos afasta de deus o senho jesus veio para juntar nao para separar...fiquem na paz.

      Excluir
  6. Falando unicamente por mim, não tenho medo de nenhuma ameaça feita pelo Deus da Bíblia. Se um Deus precisa ameaçar seus seguidores com castigos e danação eterna, é um Deus sem argumentos convincentes, que precisa utilizar a violência como um capataz. Se Deus for assim, eu prefiro ficar sem essa " recompensa". Esse Deus da Bíblia qua ameaça, mata, pune....não é uma companhia que gostaria de ter ao meu lado eternamente. Ainda bem que ele é apenas um ser ficcional, pois se de fato existisse, seria o ser mais nojento e repulsivo do mundo.

    ResponderExcluir
  7. Muito interessante este artigo, eu mesmo fui testemunha destas contradições; tenho uma sobrinha que só não se tornou Adventista, depois de frequentar um bom tempo a igreja, porque um ancião a repreendeu porque ela usava brincos, mas o interessante é que este mesmo ancião, costumava usar um relógio de ouro muito bonito e frequentemente "rabiscava" sua Bíblia com uma linda Montblanc com pena também de ouro. Uma prima, depois de muito trabalho para convense-la à ir comigo na igreja Sábado de manhã, foi impedida de entrar no templo; pois estava usando calças compridas, porém hoje em dia, o que mais vemos nas igrejas, são vestidos curtíssimos e decotes ousados. Muito contraditório, não acham? O que me dizem então, se não posso usar um cordão de ouro, mas quando chego próximo a uma igreja, mais parece uma agência de carros importados? Tenho até um certo constrangimento de estacionar meu carrinho lá perto. (Estraga o visual) Sem contar os templos e prédios das Associações, pura vaidade. Misericórdia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que igreja é essa SAM?
      Que tolice e que sandice são essas que está dizendo?
      Trabalhe, se esforce e compre um carro melhor pois se essas pessoas os tem conseguiram com seu trabalho.
      Quanto ao pastor preste atenção no que vou dizer para ver se fica claro pra vocês desta vez:
      Pastor da Igreja Adventista estuda muito para exercer essa função (Em torno de 4 a 6 anos) e o padrão de vida deles vem antes mesmo de se tornarem pastor da igreja. Não é qualquer perrapado que pode ser Pastor Adventista. Por isso pare da falar besteiras, ok?

      Excluir
    2. Se ser Pastor é tão bom assim por que não vai estudar pra ser um e fica nessa eterna lamúria desse pessoal desse blog de que pastor tem carro, casa e etc. ? Ah, vão trabalhar pra ter também!

      Excluir
  8. Desculpe-me Sr. Manoel, mas acho que houve um mal entendido; minha postagem foi sobre algumas contradições Adventistas sobre interpretações de algumas doutrinas, no caso, eu estava querendo dizer que; porque eu não posso usar certos adornos se usam outros tipos de adornos? Não quis de forma alguma questionar a situação financeira de ninguém, muito menos dos pastores, não é da minha conta. Em relação a qual igreja é esta? Bem... é a Igreja Adventista do Sétimo Dia à qual frequento hà muitos anos e também ao Colégio em que estudei por quatro anos. ( Não vou mencionar a localização para não magoar a maioria dos membros bons de lá).Quanto a trabalhar e se esforçar, faço isto por 41 anos e minha situação financeira é confortável para mim, apenas não aprovo ostentação, por este motivo é que não vou à igreja com outros automóveis e talvêz escandalizar um irmãozinho menos favorecido. Ter recursos é uma benção, ser humilde, uma virtude.
    Ser contraditório por conveniência, uma lástima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz de encontrar uma pessoa como você.

      Excluir
    2. Concordo perfeitamente com o que você escreveu sem agredir, expressou sua opinião.As pessoas deveriam refletir mas na bíblia qualquer pessoa tem a capacidade de entender o que está escrito precisa apenas estudar,refletir e viver a palavra em suas atitudes, como você fez.

      Excluir
  9. Queridos irmãos, boa tarde.

    Já li alguma coisa sobre adornos e estou escrevendo um texto que li - que não me lembro as duas fonte - as quais estou modificando e colocando algumas ideias do que acredito a respeito do assunto.

    Quero dizer que não estou argumentando contra ou a favor do uso de brincos, mas tão-somente chamando atenção para o fato de que é complicado formar um ponto de vista bíblico – sem verificar o contexto e a situação social e cultural – enfatizando tão-somente as proibições do uso de adorno.

    Infelizmente várias igrejas adotam a proibição do uso de adorno, brincos e cordões sem observar o contexto cultural e as razões da das bíblicas das proibições.

    Se a Bíblia não for estudada com a devida atenção, os versos bíblicos poderão ser usados das mais variadas formas, seja contra ou a favor de uma determinada ideia. E isso não é correto!

    As denominações e até as pessoas, por mais sinceras que sejam, cometem terrível erro bíblico ao querer padronizar comportamentos e julgar o que é ou não vaidade, lendo ou dando importância, mais uma vez ressalto, só às proibições.

    Há também a possibilidade e perigo, por culpa nossa, só nossa, de querer tornar a Bíblia um livro contraditório, quando este não é.
    Para melhor exemplificar o que quero problematizar e indagar, citarei dez versos bíblicos que se mostram hostis ao uso de adornos.

    1 – Em Ezequiel 23:38-43 – Também um relato simbólico, o povo de Deus aparece como duas mulheres que profanaram o Sábado, idolatraram, chamaram amantes e por eles pintaram os olhos e colocaram enfeites; os beberrões do deserto lhes deram braceletes e diademas e elas adulteraram.

    2 – Em Isaías 3:16 a 26 – Neste capítulo é mostrado a ligação simbólica dos adornos vãos com a apostasia.
    3 – Oséias 2:13 – Deus diz a origem dos enfeites para o seu povo rebelde: “Pendentes de Baal e suas gargantilhas”.

    4 – II Reis 9:30 – refere-se a Jezabel, a apóstata, que pintou os olhos e se adornou para seduzir.

    5 – Em Gênesis 35: 1 a 5 – Exemplo literal de que o abandono dos enfeites e da idolatria se relaciona com a reconsagração a Deus.

    6 – I Timóteo 2:9-10 –“Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestido preciosos, mas (como convém as mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras.”

    07- (I Pedro 3:1-5) “O enfeite deles não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura de vestidos.” (verso 3)

    Poderíamos citar ainda, exemplos da ira de Deus, eis aqui: 08-(Jeremias 2:32-35; 09-(Ezequiel 7:20)e 10-(Jeremias 4:30.
    Porém em que contextos que o uso de adornos e enfeites foram condenados? O erro estava nos enfeites ou nas intenções das pessoas? Um cordão tem pecado? Um brinco tem pecado? Uma pulseira tem pecado? Claro que não! O erro está na vaidade, idolatria, vaidade etc. Não no uso do cordão, do brinco ou da pulseira.
    Agora vejamos como é interessante a Bíblia. Por quê? Porque ela não pode ser contraditória. O que é errado. É errado e ponto final!

    Como analogia, vejamos os exemplos abaixo:

    a) O roubo de um pão. Pois bem o que é errado é o roubo, não é o pão.
    b) A compra de um produto furtado. O que é errado é o furto; não o produto.
    c) A oferta para fins de exibição numa igreja. A oferta é correta. Todavia não a exibição.
    d) Ajudar o próximo com fins de exaltação e promoção pessoal. Pois bem, ajudar o próximo é dever do cristão e agrada a Deus. Porém a exaltação e promoção pessoal e é pecado.

    Do mesmo modo, o erro não está no cordão, brinco ou pulseira. Entretanto haverá erro, se o uso for feito para exaltar-se; com o objetivo de vaidade pessoal.


    Continua

    ResponderExcluir
  10. Continuando

    Se formos usar e aceitar a premissa da vaidade de forma ampla – o que é muito complicado julgar – isso deverá se aplicar a tudo: relógio, carro, roupas, casa, restaurante, perfume, terno, paletó, desodorante, livros e por aí vai. Dai ser exagerado impor padrões que não são bíblicos, Por quê? Por não estar sendo observadom o contexto e a cultura em que se deram; fazendo com isso que se venha, até a impedir uma pessoa de batizar-se ou fazer parte de uma dada Igreja.

    Pois bem, citei 10 versos bíblicos contrários ao uso de adornos.
    Agora escreverei aproximadamente 18 versos bíblicos que não condenam o uso de adornos.

    Em Gênesis 24:47 está escrito: “Daí lhe perguntei: De quem és filha? Ela respondeu: Filha de Betuel, filho de Naor e Milca. Então lhe pus o pendente no nariz e as pulseiras nas mãos”. No versículo acima, vemos que Rebeca recebeu, dentre outras coisas, um pendente (brinco) no nariz. Isso parece estranho nos dias atuais; no entanto, nos tempos antigos, as mulheres usavam brincos tanto nas orelhas como no nariz. Rebeca, que mais tarde viria se tornar a esposa de Isaque, era uma mulher de Deus e, no entanto, ela usou jóias (brincos e pulseiras). Então, a Bíblia proíbe o uso de jóias? A resposta é NÃO.

    Em Gênesis 24:53 está escrito: “E tirou o servo jóias de prata e jóias de ouro, e vestidos, e deu-os a Rebeca; também deu coisas preciosas a seu irmão e à sua mãe”. Atentem para o seguinte fato: Rebeca recebeu jóias de prata e jóias de ouro, além de vestidos, é claro. Então, a Bíblia proíbe o uso de jóias? Mais uma vez: NÃO.


    Em Gênesis 41:42 está escrito: “ E tirou Faraó o anel de sua mão e o pôs na mão de José, e o fez vestir de vestidos de linho fino, e pôs um colar de ouro no seu pescoço”. José, filho preferido de Jacó, era um homem de Deus? Sem dúvida alguma e, no entanto, ele usou jóias (anel e colar). Então, a Bíblia proíbe o uso de jóias? É claro que NÃO.

    Em Números 31:50 está escrito: “Pelo que trouxemos uma oferta ao Senhor, cada um o que achou, vasos de ouro, cadeias, braceletes, anéis, arrecadas e colares, para fazer propiciação pelas nossas almas perante o Senhor”. Neste versículo foram trazidos jóias como ofertas para o Senhor: braceletes, anéis e colares. Se o uso de jóias fosse pecado, Deus não teria aceitado os braceletes, anéis e colares como ofertas a Ele. Então, a Bíblia proíbe o uso de jóias? Absolutamente NÃO.

    Em Êxodo 35:22 está escrito: “ E assim vieram homens e mulheres, todos dispostos de coração; trouxeram fivelas, e pendentes, e anéis, e braceletes, todo o vaso de ouro; e todo homem oferecia oferta de ouro ao Senhor”. Neste versículo, vemos que foram oferecidos, dentre outras coisas, pendentes (brincos), anéis e braceletes, como ofertas para a construção do Tabernáculo. Se estas jóias fossem algo de natureza pecaminosa, Deus não os teria aceitado e não permitiria que eles fossem utilizados para a construção de algo tão santo quanto o Tabernáculo. Então, a Bíblia proíbe o uso de jóias? Sem dúvida alguma: NÃO.

    Ratifico que foi colocado cordão no profeta Daniel e que a rainha Ester, é fácil pressupor pela cultura babilônica, também fez uso de jóias etc. Daí vemos mais uma vez que a Bíblia não proíbe o uso de cordão, jóias etc.

    Êx. 3: 21-22- Deus diz que quando os israelitas saíssem da escravidão no Egito pedissem aos egípcios jóias e roupas para seus filhos usarem. Isso não aconteceria se os israelitas não usassem jóias e se Deus fosse contra as mesmas.

    • Êx. 35 4-5, 20-22, 30- 36:3- Veja que os objetos do Santuário que Deus mandou Moisés construir para ser sua casa de adoração, foram feitos cm as jóias do povo. Se jóias fossem algo pecaminoso Deus as usaria na Sua casa?

    • Nm. 31: 50- aqui encontramos as jóias do povo sendo usadas como oferta expiatória para Deus. Deus aceitaria como oferta algo pecaminoso?

    • Jó 42: 11- Como presente dos seus amigos após sua restauração Jó o homem justo e temente a Deus (Jó 1:1), recebe um monte de anéis. Para que isso se ele não usasse?


    Continua

    ResponderExcluir
  11. Continuando

    • Pv. 1:8-9- O escritor de provérbios compara o ensino que é uma coisa muito boa, com diademas e colares, ou seja, compara com adornos, enfeites. Isto mostra que para ele os enfeites eram coisas importantes e boas. E não podemos esquecer que ele escrevia inspirado pelo Espírito Santo.

    • Pv. 25:12- Uma pessoa sábia é comparada com jóias e brincos de ouro.

    Cantares 1:10-11: Agradáveis são as tuas faces entre os teus enfeites, os teus pescoços com os colares”

    • Is. 61:10- Jerusalém é representada como se fosse uma mulher,que está recebendo as bênçãos de Deus (3), e estas bênçãos são comparadas com enfeites, com as jóias de uma noiva.

    • Ez. 16: 1-14- Este texto é maravilhoso e esclarecedor. Deus compara Jerusalém com uma mulher, e como se Ele fosse um esposo que está feliz com sua mulher, lhe dá todo tipo de jóias, e ainda diz que ela enfeitada está com a gloria dele refletida (14).

    Daniel 5:29.

    • Ap. 21: 1-2- a Nova Jerusalém, que é um símbolo da Igreja glorificada, é comparada a uma noiva quando se enfeitava (adornava) para o casamento.


    O argumento da verdade progressiva é verdade que existe, mas veja bem que há muitos casos, muitos versos bíblicos, em que a proibição e o uso de brincos se confundem e se alternam contra e a favor do uso de adornos! Daí que a verdade progressiva na questão dos adornos é algo que não se aplica! O que deve se aplicar é o contexto e o momento social.


    Continua

    ResponderExcluir
  12. Continuando

    Há algumas pessoas sinceras que citam Is. 3: 16-26 – As vezes alguns mais desavisados também usam estes versículos para manter suas proibições. É um uso mal feito, pois aqui se estivesse proibindo as jóias para as mulheres, estaria proibindo também:

    • Véus (19);
    • Cintos (20);
    • Anéis (21);
    • Roupas caras, capas, bolsas (22);
    • Espelhos, roupas de linho, xales (23);
    • Perfumes, penteados, roupas caras (24).

    Por que as pessoas que usam esta passagem para proibir as jóias, não proíbem as outras coisas?

    Na realidade o profeta Isaías está dando uma sentença contra as mulheres de Jerusalém (16), dizendo que Deus iria tirar tudo o que cita delas, não porque aquilo fosse pecado, mas porque elas estavam cometendo outro pecado, o pecado da arrogância, do orgulho (16). A retirada de todos estes objetos delas seria uma forma de castigo, tudo seria parte do julgamento de Deus sobre Jerusalém da qual fala todo este capítulo 3. Temos aqui um fato circunstancial, referente a situação das mulheres de Jerusalém, um fato descritivo (descreve um acontecimento), e não prescritivo (não prescreve, nem ordena uma doutrina). Compare esta passagem com Ez. 16: 1-14, onde Deus feliz com Jerusalém lhe dá jóias de todos os tipos e roupas finas como bênção. Tirar os ornamentos para o povo de Israel era sinal de tristeza (Ex. 33:1-6); receber ornamentos era sinal de bênçãos (Is. 61: 10; Ap. 21:1-2).

    Outra passagens citadas são 1Tm. 2: 9-10; 1Pd. 3:1-4 – Estas duas passagens também têm sido usadas por alguns para proibir os adornos femininos, mas não é esta a essência do que está escrito.

    1- No primeiro texto (1Tm. 2: 9-10) o apóstolo Paulo não está proibindo o uso de jóias, nem os penteados para as mulheres, ele está fazendo um contraste entre dois tipos de beleza, a interior e a exterior. Ele diz que a verdadeira beleza não deve está por fora, nas jóias e ornamentos que as mulheres usavam, mas por dentro, na espiritualidade, na santidade. A mulher não deveria pensar em se enfeitar e se esquecer da parte espiritual, deve fazer uma, mas faça principalmente a outra. Ele reflete sobre as prioridades do cristão, como em 1Tm. 4:8:

    “Porque o exercício corporal para pouco aproveita, mas a piedade para tudo é proveitosa, tendo a promessa da vida presente e da que há de vir”. É claro que Paulo não desaconselha o exercício físico, mas mostra que a pessoa deve se exercitar na santidade antes de tudo. Toda leitura de um texto assim deve ser feita com cuidado, levando em seu contexto, se não for assim iríamos achar que o apóstolo estaria proibindo o casamento em 1Co. 7:27: “Estás ligado à mulher? Não busques separar-te. Estás livre de mulher? Não busques mulher”, mas, não é isso que ele faz.

    Um fato interessante que pode servir para nos levar a reflexão é o uso da gravata. Quem tiver interesse pesquise. Encontramos em http://pt.wikipedia.org/wiki/Gravata, o seguinte:

    “Arqueólogos identificaram em torno do pescoço de múmias egípcias uma espécie de amuleto conhecido como “Sangue de Ísis”. Esse objeto em ouro ou cerâmica possuía a forma de um cordão arrematado com um nó, cuja função seria de proteger o finado dos “perigos da eternidade".

    Outra possível origem da gravata remonta há milhares de anos, quando os guerreiros do imperador chinês Shih Huang Ti’s usavam um cachecol com um nó em volta do pescoço como símbolo de status e de elite entre as tropas, de forma semelhante à gravata hoje conhecida.



    Continua

    ResponderExcluir
  13. Continua


    Até uma época recente, imaginava-se que os romanos fossem os pioneiros no uso da gravata, como ilustra a famosa coluna de Trajano, em que pode ser visualizada ao nível do pescoço uma peça semelhante à gravata, conhecida como local e. Acredita-se que este acessório tenha sido utilizado pelos oradores romanos com o objetivo de aquecer suas gargantas. Atribui-se a introdução da gravata aos soldados croatas a serviço da França durante a guerra dos trinta anos. Os pedaços de tecidos, atados ao pescoço dos soldados com distintivos laços, teriam causado enorme alvoroço em toda a sociedade parisiense. Tal acessório era usado como distintivo militar pelos croatas, sendo de tecido rústico para os soldados e de algodão ou seda para os superiores.”

    Portanto a origem da gravata associada tem sua origem na crendice ou na vaidade.

    Por que então ela é usada pelos homens nas Igrejas? José do Egito e o Profeta Daniel usaram cordões. Porém não me lembro de algum personagem bíblico ter usado cordão!

    A verdade é que o Sr. humano quer interferir nos hábitos. Mas nem nisso têm coerência. Vide o uso da gravata, no qual o que predomina é a vaidade!

    Queridos irmão, devemos ter cuidado em não adotar a analogia simbólica de forma errada para criar um costume ou impor uma norma que a Bíblia não proíbe, uma vez que biblicamente não há base para proibir o uso de brincos e nem para impedir batismo ou agregação de uma pessoa à Igreja.

    O interessante, sempre lembrando, é que Raquel nora de Abraão usou brincos e cordões e foi abençoada por Deus. Do mesmo modo José do Egito e o profeta Daniel usaram cordões e também foram abençoados por Deus. Se todos os citados vivessem entre nós seriam excluídos e sequer batizados em muitas das denominações atuais.

    Por fim, quero citar novamente Ap. 21: 1-2- em que a Nova Jerusalém, que é um símbolo da Igreja glorificada, é comparada a uma noiva quando se enfeitava (adornava) para o casamento.

    Um abraço fraternal e que Deus continue a abençoar a cada um de nós e a nos livrar do fanatismo religioso., em nome de Jesus.

    Anônimo X.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falo e disse Anônimo-X. Tem muita interpretação ao pé da letra, que leva a demonização dos outros cristãos.

      N.A.C.

      Excluir
  14. A mania de implicar com os outros, vem de longe, brincos, cordões, pinduricalhos, vestimenta etc.



    A "ViSÂO TALIBÃ" DE ELLEN WHITE !

    "I WAS SHOWN that the people of God should not imitate the fashions of the world. Some have done this and are fast losing the peculiar, holy character which should distingush them as God' people. I WAS POINTED BACK TO GOD'S ANCIENT PEOPLE, and was led to compare their apparel with the mode of dress in these last days. What a difference! What a change! Then the women were not so bold as now. WHEN THEY WENT IN PUBLIC, THEY COVERED THEIR FACES WITH A VAIL. In these last days, fashions are shameful and immodest...The small bonnets, exposing the face and head, show a lack of modesty...The inhabitants are growing more and more corrupt..." - (Testimonies, vol. 1, pp. 188,189)

    (Não há tradução da CPB)

    http://www.ellenwhitebooks.com/

    "Foi-me mostrado que o povo de Deus não deve imitar as modas do mundo. Alguns fizeram isso e estão rapidamente perdendo o caráter peculiar e santo que deve distingui-los como povo de Deus". Eu fui apontada para antigo povo de Deus, e fui levada a comparar suas roupas com o modo de vestir, nestes últimos dias. que diferença ! que mudança !
    Então as mulheres não eram tão ousado como agora. Quando iam em público, elas cobriam os rostos com o véu.
    Nestes últimos dias, as modas são vergonhosas e indecentes ... os gorros pequenos, expondo o rosto e a cabeça, mostram a falta de modéstia ... os habitantes estão crescendo mais e mais corruptos ... " (Testemunhos, vol 1, pp 188.189.)
    (Texto “plagiado” do site do Ennis) Se a Ellen podia, por que eu não posso? KKKKKKK.

    ResponderExcluir
  15. Na verdade não é pecado as mulheres usarem brincos, pingentes, etc., com discrição, mas roupas escandalosas com as quais algumas mulheres vão à igreja causam grande desconforto e causam escândalos. Já vi casos de mulheres que estavam quase com os seios pulando fora da blusa, em decotes muitos vulgares. Tais pessoas, no meu entender, ainda não compreenderam e ainda não nasceram de novo, porque se tivessem o Espírito Santo de Deus nas suas vidas jamais se comportariam dessa maneira. Nestas situações, o pastor deve, educadamente e com amor, advertir aquela pessoa que aquela situação não condiz com um comportamento cristão.

    Outrossim, não podemos falar da vaidade excessiva feminina sem falar da masculina: existem homens que tem o prazer de se "amostrar", como diz um vocabulário sertanejo, e querem se exibir com seus relógios Rolex e seus carrões (nada contra) para ofender os mais humildes. Participando de uma aula numa escola bíblica dominical este assunto de vaidade veio à tona e um irmão contou um caso interessante: que ele foi a um culto numa igreja da Zona Rural de uma cidade do interior, de terno e gravata e cheio de adereços de ouro na gravata, chegando lá se deparou com uns irmãos bem humildes, alguns até de chinelo nos pés e ficou extremamente constrangido com a situação. Aqueles irmãos humildes quando viram o luxo dele não ambicionaram ser igual a ele, mas ficou patente que eles se sentiram bem inferiorizados e constrangidos. No próximo culto o irmão que exagerou na vaidade foi bem simples também para deixar aqueles irmãos mais a vontade. Isto é respeito pelo próximo.

    ResponderExcluir
  16. -Manoel, você é mais uma PROVA VIVA da chamada:Cegueira, em todos os sentidos. Afirmar que os "pastores" têm Carrôes porque se Esforçou e Estudou Muito?? Você disse ainda que as Mordomias (Padrão de vida)desses homens, vem antes mesmo do Término da "Teologia"? Olha meu amigo, você só fala bobagens.
    -Primeiro:Esses caras só fazem Teologia por causa da Certeza das Regalias e Mordomias que terão após o término da "Faculdade". E logicamente tudo isso vêm com os "dízimos e ofertas" de muitos coitados, inclusive você; porque é um MANIPULADO, e acha que sabe tudo de Bíblia; na Verdade você é como um Papagaio, só repete o que houve dos Mercenários.
    -Uma pergunta importante: Você consegue ver na Bíblia alguém da Igreja Primitiva (1º Século), em "Boa Vida" ao pregar o EVANGELHO. O Apóstolo Paulo por exemplo que era perseguido e trabalhava para pregar o Evangelho??

    -Você além de "Cego" é um TREMENDO de um puxa-saco. Isso está explícito em tuas palavras. Amigo, se 4 ou 6 anos de Teologia fosse tão Especial assim, JESUS teria escolhido os "Doutores da Lei" para caminhar com ele; e não homens simples como Pedro, Tiago e João por exemplo. Acorda!!

    Sr.Manoel, não tenha dúvida, o FANATISMO gera cegueira, e pelo jeito você é uma "presa" muito fácil para os Lobos em pele de Codeiro.

    Fique na Paz do Eterno, o Deus Único e UNO.
    Joel M. Santos.

    ResponderExcluir
  17. Um dia desses estava refletindo sobre isso.Uma irma chegou na igreja com um relógio de ouro e uma saia coberta de pedras e pensei: Recriminam tanto jóias e se ostentam de outras maneiras... fora esposas de pastor que usam o dinheiro do povo com vestidos caríssimos.Sou testemunha ocular.Desde então pensei ser hipocrisia falar das cristãs de outras denominações por usarem jóias.

    Jovem Revolucionária

    ResponderExcluir
  18. Esse Manoel Santos é um "mané" que no minimo trabalha em algum departamento da IASD,vivendo do suor dos "irmãos" da "fé"

    ResponderExcluir
  19. Se fosse assim não precisaríamos da igreja para sermos salvos. Bastava ficar em casa lendo a bíblia. Olhe, vocês me deixem!
    Ao contrário de vocês eu não vou deixar a igreja e me tornar mais um apóstata.
    Eu vou orar por vocês!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apostata? Engraçado ler issp de um adventista que esta na apostasia biblica! O fatoeh q para vcs, apostatar significa abandonar as suas fileiras. Mas vcs estao apostatados da Biblia. Ou vai me dizer q nao sabe que ela chama de apostasia o fato de firmar doutrinas quanto a alimentacao fizendo o que alguem deve ou nao comer? O fato eh que dou graças a Cristo por ter apostatado desta fe hipocrita da iasd

      Excluir
  20. De fato ninguém precisa de igreja para ser salvo. Na verdade, não precisamos nem mesmo crer em Jesus Cristo ou em outro " Deus" qualquer para sermos salvos. Seremos salvos de acordo com nossas atitudes de caridade e amor ao próximo. E isso não é coisa da minha cabeça, está na Bíblia, mas como é uma passagem muito ampla e universal, onde a salvação é colocada de forma unicamente pelo amor, sem necessidade de proselitismo religioso, as igrejas preferem não enfatizá-la. Mas vou recordá-la para vocês.

    O Grande Julgamento
    Quando vier o Filho do Homem na sua majestade e todos os anjos com ele, então, se assentará no trono da sua glória, e todas as nações serão reunidas em sua presença, e ele separará uns dos outros, como o pastor separa dos cabritos as ovelhas; e porá as ovelhas a sua direita, mas os cabritos, á esquerda; então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai! Entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo. Porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me hospedastes,; estava nu, e me vestistes; enfermo, e me visitastes; preso, e fostes ver-me. Então, perguntarão os justos: Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Ou com sede e te demos de beber? E quando te vimos forasteiro e te hospedamos? Ou nu e te vestimos? E quando te vimos enfermo ou preso e te fomos visitar? O Rei, respondendo, lhes dirá: Em verdade vos afirmo que, sempre que o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. Então, O Rei dirá também aos que estiverem a sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos. Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; sendo forasteiro, não me hospedastes; estando nu, não me vestistes; achando-me enfermo e preso, não fostes ver-me. E eles lhes perguntarão: Senhor, quando foi que te vimos com fome, com sede, forasteiro, nun, enfermo ou preso e não te assistimos? Então, lhes responderá: Em verdade vos digo que, sempre que o deixastes de fazer a um destes mais pequeninos, a mim o deixastes de fazer. E irão estes para o castigo eterno, porém os justos, para a vida eterna. ( Mateus, 25- 31,46)

    Podemos concluir que:
    O critério para separar os justos e injustos não será a fé em Jesus, Alá, Buda, ser católico, espírita, ateu, agnóstico....será a forma como tratamos nossos semelhantes necessitados.

    Infelizmente as igrejas, preocupadas em fazer proselitismo religioso, em aumentar o número de membros, a cifra das doações e dízimos preferem não enfatizar essa passagem universal, optando por colocar outras formas de salvação como aceitar Jesus, ou guardar mandamentos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo, veja bem:
      Após o exaustivo trabalho de ter criado a terra Deus descansou no 7° dia nos dando o exemplo de como Ele queria que fosse.
      E a bíblia é bem clara quando fala sobre a verdadeira igreja e só conheço uma que está dentro das características desta.
      Obra não salva ninguém, ok?
      Muito bonito esse texto bíblico mas é preciso lê-lo no seu contexto e não ao pé da letra.

      Excluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  22. Caro Manoel, não esperava que conseguisse compreender. Você não é o único, a maioria dos evangélicos prefere fechar os olhos para essa passagem ou não a compreendem mesmo.

    ResponderExcluir
  23. "Na verdade, não precisamos nem mesmo crer em Jesus Cristo ou em outro "Deus" qualquer para sermos salvos".

    Quem postou isto merece meu total descrédito!

    Aqui é lugar de pessoas que creem em Deus, pessoas que estão compromissadas com Jesus Cristo e com as doutrinas verdadeiras bíblicas, por isto este blog refuta as doutrinas heréticas adventistas.

    Jesus Cristo é e SEMPRE SERÁ o ÚNICO CAMINHO, a ÚNICA VERDADE e a verdadeira VIDA e sem crer e sem aceitar Jesus como Salvador ninguém poderá ser salvo, muito menos por obras!

    Se ninguém teve coragem de te repreender eu tenho: você está repreendido em nome de Jesus!

    ResponderExcluir
  24. " O endereço eletrônico foi idealizado para pensadores livres e não é recomendado a pessoas que já tem opinião formada sobre tudo..." portanto, diferentemente do que você diz, aqui não é lugar para " pessoas que creem em Deus, pessoas que estão compromissadas com Jesus Cristo e com as " doutrinas verdadeiras bíblicas". Portanto, se alguém está em um lugar errado, esse alguém é você, que já tem opinião formada sobre tudo e é incapaz de pensar de forma diferente.
    Aliás, quem disse que o critério para salvação é pelo amor e caridade ao próximo, independente de fé e crenças em X ou Y foi a própria Bíblia que você tanto venera como " Palavra de Deus".

    Quanto a me repreender, você não foi o primeiro e nem será o último evangélico a bufar maldições contra mim. Pode me repreender em nome de quem quer que seja, que continuarei exercendo a minha liberdade de pensar e expressar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não mudem o foco, aqui é um espaço para ex adventistas, estamos deixando aqui nossos sentimentos, denuncias etc e não desrespeite o nome do Senhor Jesus, ele não tem culpa se as pessoas distorcem suas palavras.

      O problema de muitos hoje é que não fazem o que Deus pediu:
      Busque-o de todo coração e o encontrará.Agora se já aceitou em seu coração renunciar essa busca, seja feliz e deixe as pessoas crerem no que quiserem.Desde que respeite está beleza.Valeu

      Jovem Revolucionária

      Excluir
  25. Jovem Revolucionária,
    Você está certa ao dizer que o blog é um espaço para ex-adventistas, afinal, o próprio nome do blog já diz isso. No entanto, como também está no enunciado, é um local idealizado para PENSADORES LIVRES... que é exatamente onde me enquadro, como um livre pensador que procura exercer sua espiritualidade sem as amarras de uma instituição, sem as amarras de um livro sagrado para me dizer o que é certo ou errado e principalmente sem temer um " deus" que apavora tanto as pessoas com as ameaças de castigos eternos. Minha razão não permite crer em tal ser.

    Nunca fui adventista, mas acho que tenho o direito de expressar minhas opiniões, afinal, como é enunciado, é um local para pensadores livres.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Unknown27 de junho de 2012 12:52

      Se assim tu crês eu respeito apesar de não concordar, mas devo discordar da tua visão de Deus.Óbvio que não vou debater tal assunto com você, visto que já estas convicto de tua posição e eu da minha.Cada um agora siga acreditando no que quiser, desde que, não haja desrespeito.

      Valeu de Jovem Revolucionaria

      Excluir
  26. Peço permição ao Editor para levantar o seguinte questinamento a todos os participantes do blog:

    O que Jesus ensinou ao dizer?:

    "E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos." (Mateus 19:18)

    Arrazoemos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guarda os mandamentos. Primeiramente para quem Jesus falava? Segundo, quem não precisava seguir os preceitos da Lei, segundo o livro da lei que para vocês é inferior? E olha que ela veio do mesmo Deus ditada pelo mesmo Deus, sendo considerada estatuto perpétuo pelo mesmo Deus! Não esquece disto não. E terceiro, sendo tão aplicável a gentios os mandamentos na forma que foram dados, porque será que o apóstolo Paulo fala assim. "Se o ministério da morte gravado em letras em pedra veio em glória, de modo que os FILHOS DE ISRAEL não podiam olhar o rosto de Moisés, muito mais glorioso será o ministério do espírito". E que tal este? "Se o primeiro fora irrepreensível nunca teria-se achado lugar para o segundo(os concertos)". E que tal Efésios 2:15? "Na sua carne desfez a inimizade, isto é, A LEI DOS MANDAMENTOS, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz,".

      N.A.C.

      Excluir
    2. ASSIM FICA DICÍFIL, SR ADVENTISTA:

      1º- O artigo em pauta é outro, Sr Adventista; devemos pelo menos tentar, nos manter no assunto. Todos nós aqui(eu também), acabamos muitas vezes saindo do assunto em pauta. Vamos procurar tentar nos manter o tópico do artigo.

      2º- Essa passagem que o Sr levantou já foi explanada e apresentada nossa interpretação no artigo: “o resumo dos 10 mandamentos e a chave para salvação”. Quer ler e comentar sobre tal? Então por favor, faça o comentário no campo dequele artigo.

      3º- Sua atitude é lamentável...o Sr sempre abandona os debates, quando a coisa “aperta” não? Veja o nosso último pequenino debate sobre a “lua nova” de Isaías 66:22-23; o sr simplesmente saiu pela “esquerda”, abandona...deixa ao vento... e não demora muito, lá vem o sr de novo, trazendo um outro ponto... como o que apresentou agora!

      Assim sendo, fica muito, mas muito difícil ter ânimo para debater com alguém com essa postura.

      Misericórdia de Deus, Justiça do Céu...e que os Anjos digam Amém.
      Décio – um Aprendiz de Cristão.

      Excluir
    3. Sabe Décio acho que também preciso me desculpar por ter colocado uns gravetinhos na fogueira desse cidadão logo acima, tentarei não repetir o deslize. Um abraço para você e o Editor.

      N.A.C.

      Excluir
  27. Sobre o artigo em:

    "Não podemos deixar de mencionar outro fato intrigante contido na alegação em foco: Dentro de sua “explicação” para a passagem de Ezequiel 16; os adventistas (pasmem agora) chegam ao cúmulo de afirmar que o episódio entre o rico e Lázaro, narrado por Jesus Cristo em pessoa, é um fato baseado numa doutrina falsa! Para afirmar este absurdo eles usam como base o livro de quem mesmo? Quem? Ellen White?! Misericórdia meu Deus..."

    Poderia nos explicar isto melhor? Como não é falsa? Supostamente pessoas no céu conversariam com pessoas no inferno?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Algum dos autores do artigo poderia se pronunciar, para confirmar que a passagem sobre o rico e Lázaro, não seja uma doutrina falsa? Afinal, pessoas no céu podem conversar com pessoas no inferno? O céu e o inferno seriam tão próximos a ponto de um poder tocar a língua do outro? O inferno já existe?

      No aguardo.

      Excluir
  28. " O desejo de salvar a humanidade é quase sempre um disfarce para o desejo de controlá-la." ( H. L. Mencken)

    " Não confio em gente que sabe exatamente o que Deus quer que elas façam. Sempre coincide com aquilo que elas próprias desejam." ( Susan Brownell Anthony)

    " Deus é um ser mágico que veio do nada, criou o universo e tortura eternamente aqueles que não acreditam nele, pois os ama." ( Steve Knight)

    " Governar acorrentando a mente através do medo de punição em outro mundo é tão baixo quanto usar a força." ( Hipácia)

    " Homens convictos são prisioneiros" ( Friedrich Nietzsche)

    " Se as pessoas são boas só por temerem o castigo e almejarem uma recompensa, então somos um grupo muito desprezível." ( Albert Einstein)

    "

    ResponderExcluir
  29. Já que é para nos focar no tema gostaria de levantar uma questão:
    Ficar com as bijuterias ou com Deus?
    Sempre fui a favor (desde antes de me tornar adventista) da mulher ser o mais natural possível. Sem essa de maquiagem, colares, brincos, pulseiras, etc.
    E já disse que quem quiser fazer parte da igreja tem que se adequar as normas pois as Mulheres Adventistas não podem se comparar ou se igualar com mulheres mundanas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já vi muita mulher da Iasd que é mais mundana do que as próprias mundanas, já vi fazerem coisas piores que usar jóias, esse é o de menos.Manoel Santos para mim você blefa, é inacreditável que exista realmente alguém com esse seu pensamento.Se você for real e não um fake é lamentável.Acreditava na humanidade até ter o desprazer de conhecê-lo nesse blog... só me resta orar pela tua alma e nada mais...

      JOVEM REVOLUCIONÁRIA

      Excluir
    2. Manoel tudo bem contigo? Olha, Nunca que uma bijuteria ou jóia usada como adorno sem demais pretenções(idolo, ou objeto "ensoberbecedor") pode arranhar a relação entre um ser humano com o seu criador, não tem como uma coisa feita com os elementos que o Altíssimo criou funcionar como um muro entre a pessoa e Deus e porque digo isso? Digo porque em nada afeta a fé, o que afeta a fé é idolatria(ter um objeto como sendo portador de poderes misticos), e a soberba(ter um objeto apenas para dizer ao menos favorecido "eu tenho e você não"), desta forma até mesmo um carrão, conforme o que ele faz em sua mente ou coração poderia ser algo não muito agradável aos olhos do Senhor,e sabe porque? Porque ta cheio de caboclo que muitas vezes compra carrões importados de ultimo modelo não porque precisam necessáriamente, mas para aparecer como os "melhores", a mesma analogia pode-se tirar de belas mansões. Tem gente Manoel que compra mansões morando nelas apenas duas pessoas é mole? Para que tanto? Não que eu tenha algo com isso ou saiba do coração da pessoa. Falei apenas para concluir que usar uma jóia apenas como um adorno simples para se embelezar não tem mal algum, é o mesmo que usar uma roupa bonita. Você usa roupas bonitas, em especial para ir aos cultos no sábado estou correto? É apenas isso. Fica na paz.

      N.A.C.

      Excluir
    3. Sr. Manoel, explique-me por que na IASD se usa gravata?

      Na Bíblia lemos que José do Egito e o profeta Daniel usaram cordões? Mas e a gravata que tem origem na religião pagã e/ou surgiu da vaidade. Por que então ela é usada pelos homens na IASD?

      Gostaria que não só o Sr, mas algum adventista tivesse a coragem de explicar tamanha contradição: gravata pode; brincos e cordões não pode)!

      Excluir
    4. Só uma correção, a gravata não tem origem na religião pagã, de fato encontraram uma múmia com uma corda amarrada no pescoço, porém daí a conceder à múmia todos os direitos de patente de toda e qualquer coisa que se amarre no pescoço seria uma precipitação. Creio que a forca onde se enforcavam cristão se pareceria muito mais com aquela suposta "gravata da múmia". Consideremos também que em algumas culturas pagãs costumava-se colocar moedas sobre os olhos dos mortos (para o pagamento do barqueiro que transportaria sua alma de forma segura), então usar moedas também seria errado? E qual a diferença da gravata que aperta o colarinho para o cinto que aperta a calça? Se a gravata é vaidade, o paletó também não seria? A camisa? E a calça?

      Na bíblia Deus alguma vez ordenou que tirassem alguma parte do vestuário? O mais parecido que temos com isto na bíblia é a ordem de tirar as sandálias antes de pisar em solo sagrado.

      Também temos a passagem onde apóstolos rasgam a própria túnica em território pagão, mas creio que tais coisas não tem o sentido de nos passar uma doutrina de abstenção de roupa, pelo contrário, os primeiros vestuários que surgiram foram fabricados pelo próprio Deus. Agora pergunto ao amigo, além das roupas, "se de quebra", Deus haveria colocado em Adão e Eva algum colar, brinco, anel? E adventistas usam jóias sim, como o anel (aliança) inclusive de ouro, ou banhado a ouro pelo menos.

      E acaso o amigo têm visto ladrões assaltando gravatas? Na época de Jesus costumavam tomar até a túnica e Jesus disse para não recusarmos. Não vejo problema algum de um cristão sair de sua casa com jóias, desde que não a recuse a nenhum ladrão, ou pedinte, ou mendigo, ou qualquer outro. Porque tais jóias terão mais utilidades na mesa de um faminto do que pendurada nas orelhas de uma cristã. Se utilizarmos jóias, que diremos então à um irmão que em sua sinceridade diga:

      - Tuas jóias me fazem cobiçar!

      E digo mais: Veja que "terrível contradição" os adventistas proíbem brincos e cordões mas usam gravatas, meias, paletós, calças. O amigo Anônimo X, diz tais coisas como se a origem da fabricação de algo determinasse se uma ou outra coisa é pecado.

      E vem cá! O amigo sabe a origem da cruz?

      Situação complicada hein?!

      Atenciosamente.

      Excluir
    5. agora essas igrejas batista q as mulheres vam di fil dantal e vestido colado mostrando o coepo e o rabo e chort corto os homens de brinco e tatuagemvccs qer fala de doutrina e quem é certo e musicas carbas debtro da igreja vivam o mundo dançem louvadeira como vcs chamam a tudo mundo malansando a bundinha boat gospel reg gospel e a maconha comendo no centro vam ler a bibblia DEUS n muda vcs q vivim o mundo n DEUS.

      Excluir
    6. agora essas igrejas batista q as mulheres vam di fil dantal e vestido colado mostrando o coepo e o rabo e chort corto os homens de brinco e tatuagemvccs qer fala de doutrina e quem é certo e musicas carbas debtro da igreja vivam o mundo dançem louvadeira como vcs chamam a tudo mundo malansando a bundinha boat gospel reg gospel e a maconha comendo no centro vam ler a bibblia DEUS n muda vcs q vivim o mundo n DEUS.

      Excluir
  30. Olha que até em sites de videncia esse cara Manoel Santos entra para infernizar(palavras dele,link abaixo):

    Parem de falar mal da Tara
    Na minha vidência ela acertou tudo e nada mais justo que cobre pelo serviço.
    Tara, muito obrigado por tudo. Gostaria de enviar um dinheiro pra você pois a herança do meu avô que pensava que nunca fosse sair saiu. Gostaria da mandar mais uma quantia em dinheiro para você. Estou deixando meu e-mail de contato para que você informe o n°da conta onde possa efetuar esse depósito.
    Muito obrigado Tara
    Obrigado mesmo do fundo do meu coração.
    manoeljessica@yahoo.com.br

    http://videntesonline.blogs.sapo.pt/1500.html?page=2

    De JOVEM REVOLUCIONÁRIA

    ResponderExcluir
  31. Faço parte da única igreja verdadeira e que salva e ponto final.
    Estou cansado dessa discussão inútil e que não nos levará a lugar algum:
    De um lado nós adventistas tentando salvar a alma de vocês
    E de outro vocês tentando provar que nós adventistas estamos errados.
    Quando Jesus voltar nos encontraremos e veremos quem tinha razão.
    Não voltarei mais nesse blog.
    ADEUS...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Queridos irmãos, no fundo não devemos levar o Sr. Manoel a sério. Por quê? Pelo fato de estar evidenciado que tem problemas neurológicos.

      Portanto sugiro que não gastem tempo com ele. Pois não argumenta e diz o que seja útil.

      Até o Sr. Adventista já chamou a atenção do Manoel Santos por duas vezes.

      Excluir
    2. Manoel; se quiser ir que vá; fico triste, mas não posso fazer nada.


      Mas duvido muito que você vai aguentar ficar com essa "derrota entalada no meio da garganta" por muito tempo.

      O mais fácil seria você continuar participando, mas sem querer ser o dono da verdade.

      Um grande abraço meu querido irmão

      O Editor

      Excluir
  32. Tá bom!!! Voces realmente estão acreditando que o Sr. Manoel vai embora do site??? Ele adora este site. Ele adora polemizar. Voces acham que ele vai perder este divertimento tão bom? Duvido! Quando voltar, Sr. Manoel, traga algum assunto interessante.

    ResponderExcluir
  33. JESUS É NOSSO!
    Caso vocês tenham "aceitado" ou "encontrado" Jesus em alguma outra igreja ou religião que não seja a Igreja Adventista do 7° Dia vocês estão convidados, seja de que crença for, a visitar uma Igreja Adventista do 7° Dia mas próxima de sua casa que provaremos que o Jesus de vocês é falso. Não da boca pra fora mas essa informação mostraremos embasada na BÍBLIA SAGRADA.
    JESUS É NOSSO! ELE NÃO ESTÁ EM NENHUM OUTRO LUGAR QUE NÃO SEJA A IGREJA ADVENTISTA DO 7° DIA...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. Retificando pois na pressa escrevi bobagem(talvez influenciado por outra bobagem que eu tenha lido).

      Não é de vocês e nem de ninguém em especial e sim de toda a humanidade pois ele não veio para salvar um povo em especial caso não tenha lido a bíblia. E antes de mais nada, ninguém na sua sã consciência ou que tenha topado com sua igreja uma vezinha se quer e tenha se livrado das correntes psicológicas que vocês implantam jamais aceitariam este antro de mentiras e falsidade. Lamento ter que voltar a falar de forma aspera com você, mas já que começa a falar de forma preconceituosa tenho que voltar a falar de forma truculenta.
      Aos amigos peço desculpas por falar bobagem logo acima mas é que estava embreagado com o vinho dos "fariseus modernos" mas o porre já passou.

      N.A.C.

      Excluir
    3. N.A.C. e todos.Vocês reparam o que postei do Manoel la em cima? vou colocar de novo para vocês verem:


      /Parem de falar mal da Tara
      Na minha vidência ela acertou tudo e nada mais justo que cobre pelo serviço.
      Tara, muito obrigado por tudo. Gostaria de enviar um dinheiro pra você pois a herança do meu avô que pensava que nunca fosse sair saiu. Gostaria da mandar mais uma quantia em dinheiro para você. Estou deixando meu e-mail de contato para que você informe o n°da conta onde possa efetuar esse depósito.
      Muito obrigado Tara
      Obrigado mesmo do fundo do meu coração.
      manoeljessica@yahoo.com.br

      http://videntesonline.blogs.sapo.pt/1500.html?page=2

      Ele estava num site de vidência que postei acima e vem aqui dizendo que é adventista, vai no site adventismo em foco e bagunça com todas as religiões, você vê que esse cara é um tremendo fanfarrão e não merece nenhum crédito.

      Manoel você faz é um favor se sumir daqui do blog, aqui ninguém é palhaço não, vai procurar sua turma.Você vai ter é meu desprezo de agora em diante seu fanfarrão.

      DE JOVEM REVOLUCIONÁRIA

      Excluir
    4. Que? Do manuel frequentando sites de vidente? Não não reparei não ahahahahhahahahahaha! Até parece né? Grande abraço.

      N.A.C.

      Excluir
    5. O engraçado é que ele fala que nosso Jesus é falso e procura nas artes ocultas a resposta para seus problemas, nosso Jesus é falso, e o "Jesus" dele não fala nada contra buscar videntes. Ah mas claro né? EGW era outra vidente tem que levar isso em consideração, e Manoel A TRÉGUA ACABOU! E sabe quando acabou? Quando falasse preconceituosamente contra a fé alheia(Nada a ver com falar da igreja e sim ao pilar principal que é Jesus, o qual todo evangélico tradicional crê). Se houve algum abuso falasse ao editor e tentasse mudar a atitude causadora dos arranca-rabos. É só.

      N.A.C.

      Excluir
    6. Para:Manoel Santos-N.A.C.-Jovem Revolucionária-Décio.Como nós somos o templo de Deus,(1Cor.3:16-17)Jesus diz:SE ALGUÉM ME AMA GUARDARÁ A MINHA PALAVRA;E MEU PAI O AMARÁ, E VIREMOS PARA ELE E FAREMOS NELE MORADA.(Jo.14:23).Devemos treinar a nossa mente corrompida a crer que por causa da presença DELES é possível viver como é ensinado em Mt.5:48-Rm.6:11,14e22-Tia.4:7-1Jo.2:1.Pela lógica,se crermos assim, iremos à igreja não para buscá-LOS mas para glorificá-LOS e louvá-LOS públicamente.JEOVÁ ABENÇÔE E GUARDE A TODOS.

      Excluir
  34. Esse Manoel Santos é um farsante.Vaza fora daqui sua praga do EGITO.

    DE JOVEM REVOLUCIONÁRIA, a indignada com esse tal de Manoel mentiroso.

    ResponderExcluir
  35. Senhor adventista tem um recado para você seu mentiroso, la no artigo TODOS MERECEM RESPEITO.Veja la.

    ResponderExcluir
  36. DE JOVEM REVOLUCIONÁRIA

    ResponderExcluir
  37. Eu quero ser salvo
    Se vocês desse blog não querem eu e nós adventistas não podemos fazer nada por vocês
    De um ADVENTISTA, ATÉ O FIM

    ResponderExcluir
  38. Manoel Santos tem toda a razão em afirmar que Jesus é da iASD. Nenhuma "igreja" tem tanta intimidade com Jesus como tem a iASD. Prova disso é que Jesus marca uma data para voltar, comunica apenas e unicamente à " profetisa" da seita adventista, resolve, por algum motivo, não aparecer na data combinada, mas isso em nada prejudica a relação, devido ao grau de intimidade. Jesus remarca novamente a data da volta, comunica novamente à Ellen White, e, mais uma vez, por algum motivo, talvez tenha ficado preso no trânsito celestial, é uma hipótese, novamente não aparece, e novamente a forte intimidade entre Jesus e a iASD não é abalada, afinal amigo nos visita sem avisar, e pode também marcar uma visita, um passeio e desmarcar por algum motivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Traduzindo! O "Jesus verdadeiro"(O Jesus adventista que marca datas e volta atrás) é mentiroso, e o "Jesus falso"(com todo o respeito devido a quem derramou sangue por nós) é justamente o verdadeiro, é aquele que fala "Daquele dia e hora ninguém senão o Pai sabe", ou ainda "Eu sou o caminho, a verdade e a vida". Cuidado quando falarem que a verdade é mentira e a mentira verdade para defender dogma de igreja. Bem como uns $trocadinhos$ referentes a contribuições, dízimos e recoltas, traduzindo "Trizimos".

      Excluir
  39. Vocês que sabem. Tiveram com a verdade e se afastaram dela. Vocês sabem que somos os únicos que segue a bíblia a risca, que cumpre todos os seus mandamentos. Por isso a nossa certeza de salvação. Vocês são ex-adventistas mas podem ainda voltar atrás e continuar na verdade. Só depende de vocês. Depois, quando chegar o dia do juízo não reclamem. Quando nos ver na glória, sabendo que vocês tiveram essa mesma chance e não aproveitaram, vão ver o que perderam: A Salvação. E aí será tarde. Tenho certeza que estou salvo pois sigo a bíblia a risca e tenho plena convicção que a minha igreja é a única que salva. Nenhuma outra segue a bíblia como nós. Voltem meus irmãos, voltem. As portas da igreja continuam abertas para vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O único céu que vocês vão é o "céu da boca da onça"!

      Jesus não tem parte com a mentira e com quem diminui a Graça Dele e que ensina que o sacrifício Dele foi em vão, afinal para vocês a Lei resolvia e resolve tudo não é verdade? para vocês o sacrifício de Jesus foi incompleto (vide o ensino maligno do Juízo Investigativo).

      Eu já fiz várias vezes este desafio a toda corja de falsos pastores, falsos judeus, falsos cristãos e falsos teólogos dessa sucursão do trono de Satanás chamada de IASD e vou repetir o desafio: DESAFIO COM A MINHA PRÓPRIA VIDA esse antro de perdição chamada IASD diante de Deus!

      Tenho plena convicção que sou servo fiel e verdadeiro de Jesus Cristo e isto me dá suporte para desafiar qualquer um sectário que apareça e qualquer raça de víbora que tenha a audácia de tentar deturpar o Evangelho.

      Você, Manoel dos Santos, Sr. Adventista e toda a sua prole de falsos cristãos estão desafiados!

      Excluir
    2. Vocês que sabem. Tiveram com a verdade e se afastaram dela.

      Sim nos afastamos da verdade de Anás e Caifás(os chacais espirituais que mataram a Jesus e tantos cristãos primitivos) para seguir a verdade de Jesus Cristo o que salva de verdade.

      Vocês sabem que somos os únicos que segue a bíblia a risca, que cumpre todos os seus mandamentos. Por isso a nossa certeza de salvação.

      Seguem a bíblia mais os escritos apócrifos da "Mãe Ellen" seguem os mandamentos seeeeguem Oh se seguem, seguem os mandamentos da mesma forma que o Deputado João Plenário segue a constituição. Só uma perguntinha? Você bebe água no sábado? Usa eletricidade no sábado? Pega taxi no sábado? Usa teu carro no sábado? Lembra do texto do mandamento. "Lembra do dia de sábado para o santificar, em seis dias farás toda a sua obra mas no sábado é dia de descanso solene. Nem animal, nem teu filho, nem teu servo ou serva trabalharão neste dia de suas portas para dentro(portas da cidade de israel antes de qualquer coisa)" É vocês cumprem a risca a bíblia, a bíblia the clearword totalmente adulterada e exegéticamente violentada por sua instituição na tentativa de beatificar suas idéias e EGW.


      Vocês são ex-adventistas mas podem ainda voltar atrás e continuar na verdade.

      Estamos na verdade e Ela é a verdade com V maiusculo e se chama Jesus Cristo, voltar a essa igreja? mas nem que a vaca tossa, e o papa beatifique EGW.

      Só depende de vocês. Depois, quando chegar o dia do juízo não reclamem. Quando nos ver na glória, sabendo que vocês tiveram essa mesma chance e não aproveitaram, vão ver o que perderam: A Salvação.

      Aqui vemos o desejo sincero de um fariseu miserável espíritualmente, que todos os que não aceitam seu credo morram sofrendo, sua glória com esse desejo se resume a essa vida, porque depois a glória acaba, daí vem uma coisa que eu concordo com você, o juizo.

      E aí será tarde. Tenho certeza que estou salvo pois sigo a bíblia a risca e tenho plena convicção que a minha igreja é a única que salva. Nenhuma outra segue a bíblia como nós. Voltem meus irmãos, voltem. As portas da igreja continuam abertas para vocês.

      Bem se tens certeza de sua salvação seguindo os mandamentos de Deus de forma fraudulenta vá em frente e veja o resultado, eu não sigo os mandamentos conforme a aliança do sinai e o motivo é simples, não sou judeu e nem circuncidado, sem falar que ja tenho meus mandamentos baseados em amor a Deus e ao próximo, e meu sábado? Esse dia é hoje, amanhã, é todos os dias, sabe porque projeto de caifás? Porque Cristo é nosso sábado e está entre nós através do Espírito Santo

      N.A.C.

      Excluir
  40. Eu só conheço um caminho que conduz a salvação
    IGREJA ADVENTISTA DO 7° DIA
    Não há outro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai você e a tua laia todos por esse caminho e juntos vão abraçar Ellen White, Joseph Bates e os outros crápulas da sua seita miserável lá no Inferno, que é o lugar de todo mentiroso e crápula. Aproveitem e levem óculos escuros e protetor solar porque lá o negócio está muito quente.
      O caminho que conduz a salvação é outro bem diferente, que nenhum de vocês falsos cristãos entendem e pelo visto jamais entenderão.

      Excluir
  41. -Ao anônimo acima; o texto que Paulo menciona sobre a Aliança de Deus com Abraão está em Gálatas 3:15-29. O Verso que você citou é o "17".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Joel! Isso mostra o quão "ignorantes" no quesito bíblia são os membros desse blog, valeu mesmo.

      Excluir
    2. complementando o que falei a pouquinho pois não fui claro.

      Isso mostra que nossa interpretação não se baseia em EGW, Bullon ou qualquer outra coisa e sim na Bíblia, e tão somente na Bíblia. Mais uma vez valeu Joel.

      Excluir
  42. No canto direito do ringue as demais denominações evangélicas, no canto esquerdo os defensores do adventismo, travando uma batalha sobre quem interpreta corretamente um livro de lendas, mitos, folclore e fábulas.
    Sugestão: Leiam Monteiro Lobato, ele deu vida a uma boneca de pano e uma espiga de milho.

    ResponderExcluir
  43. Sr. Adventista, no momento em que uma cobra fala, já me decidi, é fábula.
    Cordialmente.

    ResponderExcluir
  44. Agradeço sua boa-vontade em querer conversar comigo, mas não discuto com pessoas que acreditam que o Universo tem pouco mais de seis mil anos e que o ser humano foi contemporâneo dos dinossauros. Fico apenas com a sua sugestão de ler Darwin, obrigado.
    Continue discutindo sobre sábado e domingo, vinho e suco de uva, brincos e etc...que eu fico aqui me divertindo.

    ResponderExcluir
  45. Na véspera de Natal, uma prima me mandou uma apresentação em PowerPoint intitulada “Isso é que é amor!“. Eu abri, li, balancei a cabeça em desaprovação, e escrevi uma resposta bem educada para ela, no mesmo dia. Pois bem… Ela esperou o Espírito do Natal dobrar a esquina, em direção ao Polo Norte, e ontem me mandou um e-mail nada educado, sugerindo que eu enfiasse a minha opinião de ateu nos lugares dos mais impróprios… Eu não respondi, revidando, primeiro porque eu sou um gentleman, a fina flor do abacateiro; segundo porque ela sempre foi mesmo muito desbocada, desde criança…
    A apresentação em slides começava assim:

    Um dia, Jesus e o Diabo estavam conversando, e Jesus perguntou ao Diabo o que ele estava fazendo com as pessoas aqui na Terra.
    O Diabo respondeu que estava se divertindo muito ensinando as pessoas a fazer bombas, a se divorciar, a estuprar criancinhas, o diabo a quatro!
    Jesus perguntou: ‘E depois? O que vai fazer com elas?’.
    E o Diabo: ‘Vou matá-las’.
    Jesus: ‘Quanto você quer por elas?’.
    Diabo: ‘Ah, Jesus… Você não vai querer esse povo! São pessoas traiçoeiras, mentirosas e falsas. Elas vão cuspir em você, vão te bater e não vão levar em conta nada do que você fizer por elas!’.
    Jesus, então, insistiu: ‘Quanto você quer por elas, Diabo?’.
    E o Diabo: ‘Eu quero toda a tua lágrima e todo o teu sangue’.
    E Jesus: ‘Trato feito!’.
    .
    O slide seguinte trazia a imagem de Jesus crucificado…
    Isso é que é amor!

    Por que Jesus, um Deus de amor, justo e bom, precisaria “fazer um trato” com um ser que era a personificação do mal? Por que Jesus, a terceira pessoa da Trindade que projetou, construiu e que governa todo o universo, teria que ceder às vontades e caprichos de uma entidade altamente prejudicial à sua Criação? Por que Jesus, que é a forma humana de um Deus onipotente, precisaria negociar o bem-estar, a felicidade, a vida terrena e a alma imortal dos filhos que tanto ama, com um Diabo infinitamente menos poderoso do que ele?

    Se Jesus fosse o que os cristãos acham que é, ele deveria estar apto a dizer ao Diabo algo como:
    “Olha, isso que você está fazendo com os seres humanos é inadmissível! Eu amo meus filhos e eles não estão à venda, nem foram concebidos para servir de brinquedo para você! Aliás, já estou cansado de você por aqui atrapalhando a vida deles. Eu te dou 3 bilionésimos de segundo pra você pegar sua mula e se picar do meu universo, ou eu mesmo me encarrego de chutar sua bunda malévola para fora dele”.
    Simples assim. Mas os cristãos não conseguem ver a imbecilidade que está incrustada no seu próprio mito sagrado: um Deus que pode tudo, não pode se livrar, ou conter, ou neutralizar as ações de um Diabo que, aparentemente, só existe para desafiá-lo.
    Minha prima parece endossar esse raciocínio cristão tacanho, pelo qual Deus, o bom e todo-poderoso Criador, não faz nada contra o Diabo porque não é muito adepto de interferir nas ações dos seres que habitam o seu universo. Mas eu tenho toda uma Bíblia de razões para suspeitar que esse pensamento é tão imbecil quanto aquele que motivou alguém a dar um título de “Isso é que é amor!“ a uma história tão ridícula como essa.
    Não, prima, o sacrifício de Cristo na cruz, feito para pagar esse suposto acordo com o Diabo, não é nem de longe uma demonstração de amor. É apenas uma evidência de que vocês, cristãos, não enxergam a imbecilidade por trás de cada raciocínio sem sentido, necessário para sustentar a sua fé em algo que não faz parte da realidade.

    Valmidênio Barros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. Quem é que está com o medo de um videozinho aqui? Se alguém tentar lhe matar, furtar, ou tentarem sua esposa ao adultério? Fará o que então? Recorrerá à constituição, para convencer o ofensor a te livrar? Isto funcionaria com alguém que não segue leis? E a lei dos homens não garantem punição àquilo que ninguém viu nem ouviu. Por que então o amigo Valmidênio Barros esperaria misericórdia de alguém? Então desafiaria o amigo a me dizer o que segura a mão dos homens honestos para que não hajam como os desonestos!

      E por que o amigo segue a lei dos homens? Não seria por uma questão de medo da justiça?

      Por que então nos critica por seguirmos a lei de Deus? Por temermos SUA justiça?

      E por que o amigo trabalha? Não seria por medo de perder os bens que conquistou?

      Por que então nos critica por termos medo de perder os bens que Jesus conquistou por nós?

      O amigo segue uma lei civil e nós também. O amigo recebe recompensas neste mundo e nós também.

      Seríamos então nós os únicos "Imbecis"?

      Não amigo, o que segura a mão do homem são as leis morais implantadas dentro de nós.

      O que nos motiva atrabalhar é a fé de que já temos algo garantido.

      A diferença entre o amigo e os cristãos é que nossa fé é maior.

      Cremos em ajudar ao próximo, praticando uma justiça que não está apenas na letra, mas que sempre existiu dentro de nós.

      Cremos na coisa mais natural de todo universo, de que todo ser vivo provém de um Pai, que nos ama, nos quer bem e nos ensina sobre o que é certo e o que é errado, nos educa, nos repreende e nos acompanha pelo tempo que precisar.

      Atenciosamente.

      Excluir
    3. Valdimênio Barros.

      Algumas citações que corroboram o que você disse.

      " Jamais consideraríamos bondosa uma pessoa que, tendo poder de criar um mundo sem dor, cria deliberadamente o contrário." ( André Cancian)

      " Deus deseja prevenir o mal, mas não é capaz? Então não é onipotente. É capaz, mas não deseja? Então é malevolente. É capaz e deseja? Então por que o mal existe? Não é capaz e nem deseja? Então por que lhe chamamos Deus?" ( Epicuru)

      " Se é certo que um Deus fez este mundo, não queria eu ser esse Deus: as dores do mundo dilacerariam meu coração." ( Arthur Schopenhauer)

      " A idéia de um Ente Supremo que cria um mundo no qual uma criatura deve comer outra para sobreviver e, então, proclama uma lei dizendo: " Não Matarás" é tão monstruosamente absurda que não consigo entender como a humanidade a tem aceito por tanto tempo." ( Peter de Vries)

      Por fim, sugiro a você que não perca tempo discutindo com crentes, adventistas ou não, porque : " Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar." ( Carl Sagan)

      Portanto, o melhor a fazermo e´nos sentarmos confortavelmente em nossas poltronas e assistirmos de camarote o embate entre eles, para ver quem interpreta melhor o velho livro de contos, mitos, folclore e fábulas. Afinal, você não iria tentar convencer um muçulmano que não é verdade que ao morrer em combate, seria recebido no Paraíso ao lado de Alá com 70 virgens, não é? Está no livro sagrado deles, o Alcorão. Eles que discutam as qualidades das virgens.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    5. A mensagem acima é para o Sr. Adventista.
      Valmidênio Barros

      Excluir
    6. Só uma questão ao Valmidênios Barros, os adventistas tem uma profetiza chamada Ellen White, que foi uma verdadeira profetiza, não há na bíblia nenhum exemplo que possamos utilizar para definir a Sra. Ellen White como uma falsa profetiza. Porque as pessoas na condição de Ellen White que tem inspiração esta claramente provêm do Espírito de Profecia.

      Lembrando aos demais participantes que é uma pergunta direta ao Valmidênio Barros. O que o amigo tem a me dizer sobre isto?

      Excluir
    7. Para o Valdimênio Barros e o Unknown.Não sei se observaram que vocês TEM FÉ que são filhos do pai e mãe de vocês, mesmo não tendo feito nenhum exame de DNA.Muitos crêem que irão se casar e formar uma família sem mesmo nada poderem garantir.Tudo isso se realiza por causa da fé.Noto que vocês gostam de mostrar que são incrédulos, mas quer gostem ou não,vocês CRÊEM OU TEM FÉ, que O DEUS ETERNO não existe.Os Ateus citados pelo Unknown,morreram CRENDO ou ACREDITANDO que a FÉ deles era a correta.É a lógica simples.

      Excluir
  46. -Valmidênio, eu concordo com o seu raciocício sobre essa mensagem que você diz receber de sua prima, com o título "Isso é que é amor". Realmente se nós nos aprofundarmos nesse assunto, descobriremos que não passa de Invenções do "Cristianismo". Eu mesmo já assistí muuuitos sermões de "pastores" Adventistas usarem esta Ilustração em seus sermões. Antes, eu achava isso muito profundo; mas agora, que sou um "pouquinho" mais esclarecido, vejo que isso é um TREMENDO de um ENGANO.

    O EQUÍVOCO já começa com a interpetação ERRADA de Isaías 14 e Ezeq. 28, onde eles "pregam" que trata-se da QUEDA de um ser "poderoso", e que agora Desafia DEUS (O Todo-Poderoso)e CREADOR e também à Jesus. Todo esse MITO foi erdado dos chamados "Pais" da Igreja, os mentirosos da ERA chamada PATRÍSTICA; ou seja, homens ditos sábios que introduziram o Misticismo e Filosofias Gregas e Persas no ensino BÍBLICO. -Como um DEUS Soberado não pode conter uma Criatura chamada Satanás?? E pior, um Jesus que se umilha perante "Esse Ser" para pagar a "Dívida" do homem? É por isso que eu sou muito mais a favor da INTERPRETAÇÃO Judaica nesse sentido. O Cristianismo inventa moda.

    Cont...

    ResponderExcluir
  47. Valdimêmio Barros, você está muito enganado ao dizer que o " Deus" da Bíblia não é um Deus de amor e comapaixão. Vou citar algumas passagens lindíssimas da Bíblia.

    " Males amontoarei sobre eles, esgotarei contra eles as minhas setas" ( Deuteronômio 32:23)

    " Quando o Senhor teu Deus tas tiver entregue, e as ferires, totalmente as destruirás; não farás com elas pacto algum, e nem terás piedade delas." ( Deuteronômio: 7:2)

    Aqui Deus diz que vai matar até mesmo crianças que ainda são amamentadas no peito.

    " Por fora devastará a espada, e por dentro o pavor, tanto ao mancebo como á virgem, assim a criança de peito como ao homem encanecido." ( Deuteronômio: 32:25)

    E Deus continua bondoso... " Fiquem órfãos os seus filhos, e viúva a sua mulher! Andem errante os seus filhos, e mendiguem; esmolem longe das suas habitações assoladas. O credor lance mão de tudo quanto ele tenha, e despojem-no os estranhos do fruto do seu trabalho! Não haja ninguém que se compadeça dele, nem haja quem tenha pena dos seus órfãos." ( Salmos 109:9-12)

    " De sangue embriagarei as minhas setas" ( Deuteronômio 32:42)

    Por fim, Deus ainda da aquela risada no melhor estilo Michael Jackson no clip do Thriller.

    " eu me rirei no dia da vossa calamidade" ( Provérbios: 1:26)

    Sem contar que o mesmo Deus que proibe o roubo, também o incentiva: ( Ex.3.21-22)

    ResponderExcluir
  48. +++ COMENTÁRIO EDITADO POR VIOLAR A POLITICA DE COMENTÁRIOS DO BLOG +++

    Só uma pequena correção ******* ADVENTISTA:

    Segundo a crença adventista e de outros "crentes" o "Pai" de quem você está falando nos ama sim mas desde que a pessoa tome conhecimento de que existe a "igreja verdadeira" e passe a fazer parte dela pois se assim não for, se a pessoa conhecer a "verdade" e não aceitá-la, das duas uma segundo a interpretação de cada "crente": Ou ele a mandará para um inferno eterno pelo mórbido prazer de ficar tocando fogo em alguém para todo sempre Ou destruirá a pessoa fazendo picadinhos dela. O amor que este tem por nós segundo vocês "crentes" é CONDICIONADO: Ou faz o que Ele quer ou vai se ver com ele depois. Ele é tão ou mais vingativo quanto qualquer ser humano da terra. A única coisa que fico pensando é porque do todo poderoso ficar criando almas (como as milhares de crianças que nascem diariamente no mundo) somente pelo mórbido prazer de destruí-las futuramente. É COMO SE FOSSE UM JOGUINHO: VOU CRIAR ESSA ALMA AQUI E VER O QUE ELA VAI ESCOLHER: SE SERVIR A MIM OU SERVIR AO SER QUE CRIEI PRA ME DESAFIAR. COISA TRISTE O QUE VOCÊS FIZERAM DE DEUS: ELE É BOM MAS É BOM RELATIVAMENTE. PERCEBE POR QUE EXISTEM ATEUS? E ELES NÃO DEVEM SER JULGADOS PELO SEU DEUS POR NÃO CREREM NELE POIS É GRAÇAS AO DEUS VINGATIVO QUE VOCÊS APRESENTAM QUE AS PESSOAS SE TORNAM ATEU.

    ResponderExcluir
  49. Querido irmão Editor, o assunto aqui não é sobre adornos?

    ResponderExcluir
  50. Vocês são pessoas confusas que distorcem as coisas para vossa própria perdição. Confundem intercultura com cultura.

    Nós usamos aliança para simbolizar compromisso, alguns africanos usam colares, para significar o mesmo. A mesma grafia em português em outro idioma podem ter significado totalmente diferente.

    Compare o significado de PRONTO em português e depois compare com Espanhol. Compare LISTA, LISTO...

    Compare TATU com Espanhol Paraguaio.
    KUKA com Espanhol Venezolano.

    Parem de buscar desculpa para a vossa apostasia. Se querem mesmo mostrar preocupação, preguem de Jesus que foi e é o único perfeito.

    Se esperam perfeição em Ellen White ou em qualquer pastor ASD estão buscando ERRADO pois todos são humanos, pecadores que carecem da graça de Cristo.

    Os que já se foram para o sono da morte, careceram e os vivos ainda carecem.

    Tenho outras coisas mais importante para fazer que ficar discutindo com vocês, não voltarei mais aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não faz a menor falta em não vir aqui. E sabendo que EGW e pastores são falhos como qualquer humano então você é duplamente hipócrita pois julga todos os não adventistas e ex adventistas perdidos sendo um imperfeito como qualquer imperfeito, é bem a cara de qualquer fariseu da época de Jesus Cristo. E quanto a buscar desculpa para a apostasia isso não tem desculpa mesmo por isso que vocês que começaram pelo espírito terminando nas obras da lei vão pagar caro, por não entrarem no reino de Deus e por tentar fazer com que os outros não entrem por causa de vossos supostos julgamentos inspirados.

      Excluir
  51. Bom, eu tinha continuado o meu raciocínio sobre o assunto que o VALMIDÊNIO postou, mas deu um probleminha no meu PC e perdi. Então, deixa pra lá...

    Mas com relação ao Tema sobre ADORNOS, se é lícito ou não; eu tenho a seguinte opinião: PRESTEM A ATENÇÃO - Como os "Líderes" adventitas jamais ENFATIZAM a questão Bíblica do amor ao próximo por exemplo, como Jesus e os Apóstolos ensinaram, e principalmente PAULO em suas "pregações"; é porque tanto um como o outro se tornará uma forma de "tropeço" para eles (não sei se este seria a palavra correta); Porque o Amor ao próximo significa PARTILHAR o que temos com o NECESSITADO; por outro lado os "Adornos" são geralmente muitos caros. O que estou querendo dizer com isso?! é que para tando um como o outro é necessário empregar nossos meios,e o principal é o nosso DINHEIRO, e com isso claro, vai reduzir o motante das "ofertas e dízimos"; e consequêntemente pode diminuir as MORDOMIAS dos chamados "pastores e afins". Eles "Encarnaram" o espírito da Dona White, por conveniência claro, onde ela "ORIENTA" aos de sua época a vender suas propriedades e empregá-las na "Causa do Senhor". Será?? Quer dizer:O crente himilde não pode, mas o Lider e os seus pooode. Tenho um "Ex-Cunhado" que é Pr. Adventista que gosta de EXIBIR o seu carrão Importado; e a própria atitude dele demonstra um COMPLEXO DE SUPERIORIDADE. É triste, mas é Verdade. Bom, esta é minha opinião.

    E que o Eterno nos ilumine, e nos dê muita humildade.

    Joel M. Santos, pertencente ao quadro de membros da Igreja Adventista de C. Grande, MS (mas...Quase um ex-adventista).


    Abraços a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Joel é algo que ninguém entende essa das propriedades sendo vendidas para a "obra do Senhor" Você deve com certeza ter lido em Atos dos apóstolos a instrução dada aos apóstolos, lá é dito para eles terem vida absolutamente humilde, ou seja não ter nada além daquilo que é estritamente necessário para a evangelização que é justamente o que não vemos, seja na igreja adv seja na católica, enfim seja em qualquer igreja constituida.

      N.A.C.

      Excluir
  52. Sr. Adventista,
    Só o fato dessa nojenta que vocês denominam de profetiza ter dito que casamento entre brancos e negros não era caminho direcionado por Deus para mim e para quem não for RACISTA ela não tem o mínimo valor.
    Só falta você dizer agora que Deus é racista ou que o que essa débil mental disse não foi bem assim.
    Valmidênio Barros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que vossa pessoa diria? Em um contexto onde negros e filhos de negros eram maltratados? Acaso Deus aprovaria uma decisão que levaria os noivos e seus filhos ao sofrimento? Em verdade ninguém tinha coragem de se pronunciar e tratar seriamente as questões de casamento entre brancos e negros. Por Ellen White ter agido diferente da maioria, incorreu no risco de ser taxada de preconceituosa. Mas lendo seus livros vemos claramente que ela era contra o preconceito. Se fosse vossa filha o que diria?
      - Sim filha, pode se casar, claro que terá que suportar uma vida de recriminações, discriminações, assim como seus futuros filhos, mas a FELICIDADE DO CASAL É MAIS IMPORTANTE!?

      Felicidade? Até os próprios negros discriminavam brancos nascidos no convívio dos negros. Creio que vossa pessoa não conheça nem um pouco a vida que estes casais levavam. Havia uma divisão sumária entre brancos e negros, brancos de um lado e negros de outros.

      Se um pai negro andasse com um filho mais branco do que o normal na rual, logo era aboradado pela polícia, quando não por brancos racistas. Algo parecido acontecia com pais brancos que eram constantemente ameaçados nas periferias onde a maioria era negra.

      Porque eram constantes vítimas de de violência dos brancos, como acha que agiam quando um branco aparecia com usa esposa negra para morar junto dos demais negros?

      Portanto vossa pessoa não tem idéia do horror que era a vida de um casal que insistia em ir contra a sociedade.

      Claro que respeito vossa opinião e entendo vossa boa vontade em não tolerar o racismo, mas temos que ver o contexto da época e não podemos julgar Ellen White, porque o que pode nos parecer correto hoje, poderia não ser prudente nos dias de grande racismo.

      E a bíblia é clara na formação de uma família harmoniosa e sobre não entrar em contendas. Não culpe Ellen White por sua decisão, culpem a socieadade da época por não deixar muita alternativa para os cristãos.

      E duvido muito que os conselhos de Ellen White tenham sido diferentes dos conselhos que os próprios noivos recebiam dos pais diante de um possível casamento.

      Excluir
    2. Se Ellen White escreveu aquele texto reconhecidamente racista dando a opinião dela é grave, mas é até perdoável, porque errar é humano, mas se ela escreveu que o Espírito Santo a inspirou a escrever aquela sandice tanto ela e quem defende ela vai se haver com o Criador, pois Deus jamais escreveria uma sandice daquela.

      Excluir
    3. É amigo o Sr Adventista tem razão, ele tem razão também em defender a fala da mulherzinha quando ela diz que certas raças de homens surgiram da amalgmação de homens e bestas, coisa que não é citada em parte alguma da bíblia, exceto em uma das trocentas bíblias da igreja adventista(livros de EGW, a picareta inspirada). E nossos amigos tem o costume feio de tentar defender essa mulher falando que ela tinha o espírito de profecia nesse caso é em letras minúsculas e porque? Porque esse espírito de profecia permitiu que ela falasse com Thiago White quando este ja tinha falecido(o que diz a bíblia mesmo com relação a falar com mortos???) Esse espírito de profecia proferiu um punhado de falsas profecias dentre as quais destacamos:
      1. Os contemporâneos de EGW estariam vivos para ver o retorno do Senhor.
      2. A Inglaterra declararia uma guerra devastadora contra os Estados Unidos.
      3. Israel nunca seria reedificada. Noooossa essa é feia igual o corpo doutrinário adventista que coloca satanás como co-redentor.
      4. Sacrifício de Cristo incompleto. Uma teoriazinha pra lá de catinguenta para tentar justificar o estelionato espiritual praticado em 1844 quando os rapazes alegres dessa profetiza induziram dezenas de pessoas a venderem tudo e entregarem para a "obra da igreja"(bolso de EGW e Cia).
      É assim que nasce um império!

      Excluir
  53. AO SR ADVENTISTA:
    amigo; sei que foi outro comentarista que levantou a questão; mas temos um artigo que fala exclusivamente sobre isso: "racismo camuflado"; por quê o sr não vai até o campo de comentários daquele artigo e refuta TODOS os levantamentos da matéria? Outro detalhe:o sr disse que a Bíblia é clara na formação de uma família harmoniosa e não entrar em contendas...Pois bem; acontece que, a "harmonia" da época de Ellen White(e até hoje, para muitos)é contrária a clara orientação Bíblica sobre NÃO FAZER ACEPÇÃO DE PESSOAS!!!

    Na Paz de CRisto.
    Décio - um Aprendiz de Cristão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em tempo: O título do artigo é: "ELLEN WHITE E O CASAMENTO INTER-RACIAL"

      Na Paz.

      Excluir
    2. Oi Décio,

      Será que o conceito da "família harmoniosa" levantado pelo adventista não está equivocado? Porque pelo que li na Palavra de Deus nesta questão o racismo não está inserido. Ou existe na Bíblia alguém aconselhando a não haver casamento com pessoas de outras cores para não trazer "problemas à sua prole"?

      Paz.

      Excluir
    3. "a clara orientação Bíblica sobre NÃO FAZER ACEPÇÃO DE PESSOAS" Se o amigo puder definir o que é acepção de pessoas!!

      Porque o sentido que o amigo demonstra indica que até Deus faça acepção de pessoas haja vista que um dia separará o joio do trigo. Portanto não é bem como o amigo pensa.

      Pois bem marchemos para o tal artigo.

      Atenciosamente.

      Excluir
    4. Sr. Adventista, boa noite.

      Peço licença para respondê-lo!

      Não fazer acepção de pessoas é:

      a) Não agir como IASD que afasta seus membros das funções de lideranças, caso estes casem-se com pessoas cristãs evangélicas de outras denominações.

      b) É não realizar em templo da IASD casamento de um membro desta igreja com pessoa evangélica de outra denominação. E Isso quando José do Egito e rainha Ester casaram-se com pessoas que sequer eram do povo de Deus;

      c) É não condenar as pessoas por causa do sábado ou de dia algum como a Bíblia orienta!

      d) É não desautorizar Jesus, condenando os outros, quando Ele próprio mandou um paralítico levar a cama num sábado pela cidade!

      e) É ter coerência. Imagine uma situação em que o Sr. tivesse condenado um irmãozinho seu da IASD, por este estar trabalhando no sábado para alimentar a família. E quando o Sr. saísse de casa o pneu de seu carro furasse no sábado e o irmão, chegando ao borracheiro encontrasse seu irmãozinho que foi disciplinado e condenado com seu voto.

      O que o Sr. faria? Teve um tremendo azar, pois encontrou logo quem condenou por trabalhar no sábado!Imagina seu irmão perguntando-lhe: - Por que o Sr. está aqui? Não me condenou por estar trabalhando no sábado? Não fez acepção? Quer dizer que agora o meu trabalho serve? Que vergonha o Sr. passaria, não é verdade?

      Reflita se há coerência no que defende de forma tão cega e apaixonada!

      Excluir
    5. Peço desculpas por ter saído do assunto do artigo!

      Excluir
    6. AO SR ADVENTISTA:
      Boa noite;Colocarei minha resposta lá no artigo sobre o casamento inter-racial.
      Obrigado.

      Paz a todos.
      Décio - um Aprendiz de Cristão.

      Excluir
    7. Ficarei no aguardo amigo Décio,

      Cordialmente.

      Excluir
  54. http://www.adventistas.com/setembro2009/nao_frequento_mais_a_IASD.htm

    Essa é para o Sr adventista, que fala que eu denigro a Iasd abra esse link e veja mais uma pessoa dentre as centenas que não enxerga a Iasd como a 'VERDADEIRA IGREJA NA TERRA'... Essa pessoa fala coisas verdadeiras e que muitos fecham os olhos para não enxergar a realidade que é cruel.

    JOVEM REVOLUCIONÁRIA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em um site apologético de terceiros?

      Porém serei razoável e farei algumas breves considerações veja:

      "Hoje costumo visitar a igreja Batista, não por concordar com a doutrina"

      Isto é uma fato, dificilmente um adventista bem esclarecido passa a aconcordar com outras doutrinas divergentes da adventistas.

      "porque estou cada vez mais convencida de que o relacionamento pessoal com Jesus vale muito mais do que frequentar esta ou aquela igreja"

      Tenho estudado isto, trata-se de um caso depressivo e sociofóbico, de pessoas com dificuldade de se relacionar com outras pessoas, muito comum no meio cristão.

      "A igreja adventista arrogantemente se intitula de “igreja verdadeira”,

      A pessoa em questão se posiciona contra o título "igreja verdadeira", porém admite em: "não por concordar com a doutrina" que não concorda com outras doutrina.

      "Impõem um monte de regras sem sentido e fazem seus membros carregarem esse fardo"

      Muitas pessoas tem dificuldades em seguir regras e consideram um fardo. Não é só na igreja adventista que há regras. Os próprios mandamentos de certa forma são regras, daí o motivo de muitos procurarem esconder os mandamentos "debaixo do tapete".

      "Conheço pessoalmente alguns que levam uma vida paralela. São homossexuais, bebem, fumam, são pervertidos mas aparecem como santos diante da igreja."

      Porém a pessoa não é honesta o suficiente para esclarecer que se tratam de adventistas não batizados! Alguém aí já viu um adventista bebendo ou fumando? Eu nunca vi!

      "em também os que não seguem as regras de não usar jóias, não tomar café, não dançar, não freqüentar cinemas, mas que na frente dos “irmãos” fingem que observam todos esses absurdos."

      E ainda nos criticam por exigir tais coisas, eis aí o resultado, se o fato de adventistas não batizados fazerem tal coisa denigrem a imagem de um bom cristão, que diríamos se os membros fiéis batizados começassem a praticar tais atos?

      "Na Nova Semente era um pouco diferente, porque era permitido usar jóias, calça comprida e outras coisas que a igreja adventista proíbe"

      Bem muitos aqui já foram adventistas portanto sabem que esta tal proibição de calça comprida é lorota!

      "estava preocupada demais com o dinheiro que arrecadava com as ofertas"

      Será que as "taxas" na igreja que esta passou a frequentar era menor? Porque a adventista trabalha com os bíblicos 10%.

      "Participei uma vez de uma reunião onde este era o assunto principal: como fazer as pessoas doarem mais dinheiro?"

      Traduzindo, ela particiou de um curso sobre mordomia espiritual? Porque se for muitos ex adventistas devem conhecer tal cartilha. Fazer as pessoas doarem amis dinheiro? Tem certeza que está falando da igreja adventista? Porque sabemos que pelo menos na questão do dízimo a IASD é bastante séria e não ocorrem as tais pregações e teologias da prosperidade.

      "creio que a oferta é algo espontâneo, e que não deveria haver nenhuma pressão da igreja nesse sentido."

      A pessoa sequer sabe separar os conceitos de dízimos e ofertas.

      "Mas cada vez mais me convenço de que boa parte desse dinheiro, doado pelas pessoas de boa fé, é mal utilizado pela igreja."

      (continua...)

      Excluir
    2. Por falta de conhecimento, porque qualquer pessoa pode se informar para onde vai cada centavo ofertado e onde é empregado cada dízimo entregue.

      A própria pessoa esclarece tudo:

      "me convenço"

      Isto é o que mais acontece, a pessoa passa a se convencer cada vez mais do que preferir se convencer.

      A pessoa se convencer de que a igreja é uma lugar ruim, a pessoa se convencer de que os mandamentos são pesados demais, a pessoa se convence de que regras são inúteis.

      "Os adventistas condenam outras igrejas evangélicas de usufruírem do dinheiro de seus membros, mas será que também não fazem a mesma coisa?"

      Mas será?

      Percebemos que a pessoa está procurando justificativas para o abandono da igreja adventista, porém não tem coragem de ir buscar respostas, ao invés disto, começa a se colocar dúvidas e covardemente se convence de coisas que não tem coragem de procurar respostas, até porque talvez já imaginem que tudo não passa de desculpas para deixar aigreja. Uma espécie de justificativa para seu fracasso em seguir doutrinas rígidas.

      "Como é que um pastor tem condições financeiras de mandar os filhos estudar nos Estados Unidos? Não é para qualquer um, não é verdade? Mas tem pastor da igreja adventista que consegue"

      Cuidei-vos da inveja e da cobiça.

      Agora veja como a mente desta pessoa está doente e confusa:

      "Como uma igreja pode dizer para um casal de membros: “vocês não são bem vindos aqui”, só porque houve um boato (atenção: boato) de traição entre o casal? Foi exatamente isso que aconteceu com uma amiga minha na NOVA SEMENTE. Ela e o marido foram literalmente expulsos dessa maneira, porque correu um boato na igreja que “poluiu” a imagem dos dois!!! Essa é a “experiência real com Deus”? De qual “deus” eles estão falando?

      Por tudo isso, não freqüento mais a igreja adventista."

      Veja que a pessoa está misturando fatos que ocorreu na Nova Semente e atribuíndo à Igreja Adventista.

      Tenho percebido muito isto, caso de pessoas com sérios problemas que abandonam a igreja adventista e se unem a outra igreja. À partir entram em um estado psicológico de culpa e remorso tão grande que passam a atribuir à igreja adventistas coisas que na verdade acontecem na igreja que ela fequenta, como forma de se auto confortar.

      "Por tudo isso, não freqüento mais a igreja adventista. Não suporto hipocrisia, fanatismo e regras idiotas que nada tem a ver com os ensinamentos de Jesus. Muitos de seus membros e pastores são como os túmulos caiados dos quais Jesus falou: bonitos por fora e podres por dentro."

      Veja esta parte:

      "e regras idiotas que nada tem a ver com os ensinamentos de Jesus"

      Esta pessoa não está falando da igreja adventista mas sim:

      "Hoje costumo visitar a igreja Batista, não por concordar com a doutrina"

      O que mais me indigna é de sites apologéticos de pessoas inteligentes, se aproveitarem de pessoas nesta situação. Ao invés de ajudá-las e orientá-las a procurar ajuda, dão corda em sua confusão pessoal e se aproveitam disto para seus próprios propósitos. Percebem claramente que a pessoa está sendo imprecisa em seu relato e não está sendo motivada pela razão mas pelo desespero.

      Claramente se vê que a pessoa que escreveu este artigo precisa de uma orientação psicológica e duvido que esteja recebendo isto na igreja que está frequentando e garanto que não teve coragem de pedir isto enquanto estava na adventista. Por que as pessoas são tão orgulhosas ao ponto de não dar o braço a torcer e pedir ajuda? E o resultado disto bem sabemos, ela acabará se frustrando também em sua nova igreja. E acabará colocando a culpa em toda e qualquer denominação, por dificuldades pessoais em lidar como sistemas hieráquicos, sustentados por regras e caracterizado principalmente pelo convívio social.

      Atenciosamente.

      Excluir
    3. Só para corrigir o que o Sr. Adventista escreveu:

      Onde se lê: "Hoje costumo visitar a igreja Batista, não por concordar com a doutrina"

      "Isto é uma fato, dificilmente um adventista bem esclarecido passa a a concordar com outras doutrinas divergentes da adventistas".

      Lê-se: "Hoje costumo visitar a igreja Batista, não por concordar com a doutrina"

      Isto é uma fato, dificilmente um adventista que teve a mente destruída ou cauterizada vai entender corretamente as sãs doutrinas bíblicas. Isto é fato comprovado.

      Excluir
    4. Sr. Adventista, não entendi.

      Somente os sites de terceiros é que são apogéticos?

      Se for assim, também os blogs da IASD e o seu que são apologéticos não merecem qualquer crédito.

      Excluir
    5. Justamente isto! Meu blog é apologético e de terceiro, não tem valor como fonte primária e também não server como opinião oficial.

      Qualquer blog que não seja vinculado a IASD por meio de autorização oficial, não deve ser tomado como fonte primária nem confiável.

      Exemplo de blog autorizado é o do na mira da verdade: http://novotempo.com/namiradaverdade/

      Informações oficiais são apenas aquelas contidas nos livros doutrinários, manual da igreja e outros livros revisados e autorizados pela Igreja Adventista do Sétimo Dia.

      Pastores oficiais, tem a autorização de atuarem como porta-vozes, desde que a IASD lhe tenham atribuído este papel. Mas mesmo assim a autoridade maior são os documentos oficiais.

      Meu site é um site apologético de opinião. Permitido nos trâmites do estudo, do debate e da divulgação da palavra de Deus e das doutrinas. Por isto sempre tomo o cuidado de adicionar conteúdo confiável, citar as fontes primárias que uso, exceto quando os artigos são totalmente de minha autoria.

      Portanto o que eu escrevo não significa necessáriamente a opinião da igreja. Em meu site meu papel é de artiguista e comentarista contribuidor, que fique bem claro.

      Comentaristas são formadores de opinião, críticos e estudiosos, que estudam, analisam, defendem ou combatem alguma idéia ou opinião.

      Sobre:
      "Somente os sites de terceiros é que são apogéticos?"

      Existem sites apologéticos que não são de terceiros, um exemplo é o que citei do na mira da verdade que não é bem voltado para a apologética mas contém alguns artigos apologéticos. Há alguns sites oficiais também pela internet, como o Centro White de pesquisas, voltado únicamente para questões de Ellen White.

      Há também alguns sites que não são apologéticos, mas possuem autorização para tratar de temas adventistas como:

      http://www.advir.com.br/

      E em verdade sites apologéticos oficiais adventistas são raros, porque a IASD não trabalha desta forma. As pesquisas e estudos apologéticos são feitas em laboratórios e ambientes de estudos, ou com a colaboração de escritores adventistas renomados e reconhecidos e o resultado é divulgado através de livros, até por questão de segurança.

      (continua...)

      Excluir
    6. O problema é que vemos em muitos sites de apologetas (puramente críticos) de terceiros (sequer são membros da IASD) vendendo livros e informações como se fossem doutrinários adventistas.

      Na verdade não são livros doutrinários oficiais, mas uma falsificação que contém as opiniões do próprio autor e neste caso contrárias ao adventismo, cujo conteúdo é puramente de críticas e ataques doutrinários.

      É como se uma pessoa pegasse tudo aquilo que pensa contra uma doutrina e consensasse em um livro e oferecesse como se as informações ali contidas tivessem o mesmo valor de informações oficiais.

      Tática suja? Com certeza!

      Na verdade estes apologetas atuam criticando doutrinas religiosas, usando muitas vezes toda sorte de sensacionalismo e distorções. Não se tratam de estudos sérios nem imparciais, embora alguns tentem adotar esta capa.

      Em suma, vendem críticas de todos os tipos, aos compradores, se querem criticar Testemunhas de Jeová, tem um livro, se querem criticar o adventismo, tem também.

      Por isto não aceito opiniões apologéticas de terceiros.

      Meu site trabalha justamente contra este tipo de prática. Procuro desfazer equívocos e apontar falsidades, distorções e até mentiras grosseiras. Portanto trabalho mais na defesa doutrinária Adventistas embora meu site seja livre e trate de qualquer assunto relacionado ao cristianismo. E as pessoas que me procuram na grande maioria dos casos são pessoas influenciadas por estas falsificações doutrinárias.

      Meu trabalho sequer é algo essencial, porque os livros doutrinários adventistas por si só são o suficiente para esclarecer dúvidas e refutar acusações. Porém poucos são os que procuram adquirir tais livros.

      Assim meu site como muitos outros adventista trabalham para cobrir esta lacuna, levando conhecimento, respondendo a questionamentos, debatendo, analizando críticas. E no caso do meu site, tratando também de apologética e debate, tanto sobre doutrinas como sobre o próprio cristianismo.


      Espero que tenha conseguido esclarecer o amigo.

      Atenciosamente.

      Excluir
    7. Vai nessa falsa fé e quebra a tua cara. Agora não leve ninguém contigo nessa viagem, se arrebente sozinho.

      Excluir
  55. A mente de quem participa de seita (adventismo, jeovismo, mormonismo, etc) vira mingau, por isto não é raro as pessoas que um dia estiveram numa seita virarem ateus, por não acreditarem em mais nada devido ao trauma que passaram lá. Nesses lugares eles vivenciaram o lado mais podre do ser humano, o auge da hipocrisia e da loucura e da vida de fachada, o verdadeiro sentido da frase "sepulcro caiado".

    Meu conselho é que não deixem de servir a Deus, porque vocês foram vítimas de lobos, antes usem o discernimento contextual da Palavra de Deus para testar se o que está sendo ensinado é verdadeiro ou falso. Não deixem de frequentar uma igreja, porque a comunhão com pessoas que também servem a Deus e querem viver a verdade como você ajude a curar as cicatrizes e extingue a mentira plantada na mente de que "fora da seita A ou B não há salvação".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo1 de julho de 2012 08:51

      Querido o que você falou aqui é a pura verdade.Eu mesma já estive numa crise de revolta que por pouco não viro uma descrente em Deus.E conheço outros que também tiveram essas crises e superaram.Mas hoje estou radiante da alegria do senhor Jesus e não vivo a sombra do legalismo.Meu coraçao tem paz, hoje sou realizada em tudo e Deus me concede o que peço.

      Paz e ótima noite . JOVEM R

      Excluir
    2. Irmã Jovem Revolucionária,

      Penso que as igrejas deveriam criar um centro de triagem para ajudar as pessoas que passaram pelas seitas a se reencontrarem e também não culparem a Deus pelas mazelas humanas de falsos crentes.

      Nosso Senhor Jesus Cristo nos ama e quer que vivamos em comunhão.

      Sei que não é brincadeira passar por uma seita, na qual estava desde criança e depois descobrir que viveu uma grande mentira.

      Há, sem dúvida alguma um prejuízo psicológico, emocional, social e por que não dizer espiritual muito grande. Sei de casos de suicídio por parte de ex-membros das Testemunhas de Jeová, que por descobrirem a Verdade e não aguentarem as perseguições e o desprezo dos familiares acabam com as suas vidas.

      Eu recomendo a todos que passaram por seitas a visitarem igrejas cristãs para fazerem novas amizades e receberem lições bíblicas sem deturpação, e a guardarem tão somente o que Jesus ordenou (disse Jesus: meu jugo é suave e meu fardo é leve), para terem um lugar para comungar a mesma fé em Cristo e acelerar o processo de curas das feridas.

      Excluir
    3. Verdade meu amigo.Isso é devastador para um cérebro.Obrigado pela força.

      JOVEM REVOLUCIONÁRIA

      Excluir
    4. Não é a igreja que causa tais problemas psicológicos, emocionais e sociais. Mas tais problemas psicológicos, emocionais e sociais é que levam a pessoa a sair da igreja.

      Conflitos internos surgem lá na infância:

      "Pessoas que tiveram pais, ou as pessoas que cuidaram dele quando criança, muito severos poderão ter problemas emocionais ao se relacionarem com todas as outras figuras de autoridade de sua vida, como professores, chefes, autoridades religiosas, etc."

      http://www.marisapsicologa.com.br/problemas-emocionais.html


      Isto é algo que está se tornando comum nos dias de hoje.

      Os mais inteligentes são as maiores vítimas:

      http://virgolim.wikispaces.com/file/view/Dificuldades+emocionais+e+sociais.doc

      Muitos vêem a igreja como um monstro terrível e ameaçador, torturador e amedrontador, assim como alguns têm tal visão sobre uma escola que frequentou.

      Por isto não culpo tais pessoas por terem uma comunhão com Jesus longe da igreja.

      Mas há uma preocupação se a pessoa nutre trais sentimentos contra aquilo que lhe representa angústia. E se a pessoa procura travar uma "batalha" interna contra isto.

      Interna porque não podem nem se manifestar para a família. Ficam a ponto de explodir.

      Já acompanhei jovem neste estado. Com manifestação da exatas coisas que percebo em alguns relatos. Realmente acreditam que seja uma realidade mas não é. Precisam de uma acompanhamento, precisam trabalhar estes conflitos, não podem viver a vida inteira desta maneira.

      Como posso acreditar que são felizes, enquanto passam uma persepectiva de dor, sofrimento e angústia? Comunhão com Cristo não é assim, é libertação, perdão, esquecer o passado e buscar o futuro! Nutrir ressentimentos contra pessoas ou qualquer outra coisa não está certo, só faz mal.

      Qualquer um tem o direito de ir contra doutrinas, igrejas, religiões, mas não devemos deixar que isto faça mal a nós mesmos. É preciso que façamos isto de forma saudável, com a razão e não como forma de amenizar indignações e conflitos internos.

      Chega uma hora que é preciso dar o braço a torcer e buscar ajuda.
      Desabafar com um amigo ou até pela internet alivia um pouco mas não resolve.

      Atenciosamente.

      Excluir
    5. Lamento mas temos de discordar inteiramente do Sr. adventista

      ” Não é a igreja que causa tais problemas psicológicos, emocionais e sociais. Mas tais problemas psicológicos, emocionais e sociais é que levam a pessoa a sair da igreja.”

      Uma igreja que convence seus fiéis a venderem todos os seus bens e depois esperar a volta de Cristo de cima de uma pedra, no ano de 1844; ”não causou problemas psicológicos” em seus membros?

      Você vai fazer qualquer tipo de “malabarismo mental” para salvar sua fonte de mordomias, inclusive pronunciar essa lástima acima. Então a culpa é dos membros? A igreja não provoca problemas psicológicos nos outros?

      O que dizer sobre a paranóia do sábado? Viver sob constante opressão causada por regras absurdas e que ninguém consegue obedecer... Conheço muitos e muitos adventistas com depressão, fadiga crônica, insônia e tudo causado pela constante pressão exercida pelas imposições da igreja.

      Cozinhou um ovo no sábado; descascou e comeu - Pecou.
      Soltou gases por causa do ovo – Pecou.
      Andou na rua e continuou soltando gases – Vai queimar no inferno.


      Tudo na vida do pobre e infeliz miserável crente é um constante “NÃO PODE”, daí o sujeito desenvolve diversos transtornos mentais (conheço muitos) e você tem a audácia de dizer que a culpa e do cara?

      Pelo amor de Deus, já vi diversas coisas absurdas que as pessoas fazem para defender seus lideres espirituais; mas desta vez o Sr. Adventista se superou de vez...

      Na seqüência você parte para a falácia do “Apelo a autoridade”: Para tentar fundamentar seus absurdos, você lança mão de estudos de pessoas sérias e autoridades no assunto.

      ” Conflitos internos surgem lá na infância...”

      Isso é uma verdade; mas você a usa para embasar uma mentira: “A igreja não causa problemas psicológicos”.

      Mesmo que fosse verdade, que igreja é essa que não consegue resolver um simples problema de infância?

      Estimados e digníssimo leitores; algumas igrejas/seitas são agentes catalisadores de emoções: Não importa o quão estável emocionalmente você seja; chega uma hora que o seu nível de envolvimento vai inevitavelmente conduzi-lo a agir feito um louco.

      Vejam os exemplos patentes nos comentários deste Blog; vejam o “contorcionismo mental” que alguns fazem para tentar convencer os outros e a si mesmo, que EGW é uma santa papisa:

      A mulher escreve que negros não podem casar com brancos pois o resultado são filhos “inferiores”; porem seus “mentalmente sadios” seguidores (para não dizer o contrário) esperneiam dizendo que ela não quis dizer exatamente isso...

      EGW diz que homens fizeram sexo com animais e isso gerou uma raça de seres diferentes. Seus seguidores, sendo pessoas “em perfeita saúde mental” vem e dizem que não, não é bem assim; mas que é assado...

      Da mesma maneira EGW diz que perucas deixam o “cérebro com tesão”; masturbação causa deformidade fetal; carne de porco produz lepra, Enoque virou um “astronauta afeminado”, comer carne faz você “virar o bicho”; bebês que são alimentados através de “amas de leite” herdam as personalidades delas e etc., etc., etc.

      EGW em sua “perfeita saúde mental” escreveu tudo isso e hoje seus seguidores; também gozando de “plena saúde mental”, assinam em baixo e se bobear, até te batem por causa desses “sábios ensinamentos”. Bom, ameaçar pelo menos nós já estamos cansados de ver...

      A igreja não causa problemas psicológicos? O que os nobres leitores acham?

      ” Qualquer um tem o direito de ir contra doutrinas, igrejas, religiões, mas não devemos deixar que isto faça mal a nós mesmos.”

      Para quem lê rápido, até parece uma frase bonita. Agora cheguem mais perto e leiam as letrinhas miúdas:

      ”Você pode até tentar ser contra a igreja adventista... Mas vai se dar mal de qualquer jeito”

      Doce e bela Psicanálise; como agradeço a Deus por você existir...

      E que o Altíssimo tenha misericórdia de todos nós

      O Editor

      Excluir
    6. Sr. Adventista,

      O temor a Deus é importantíssimo e a própria Palavra de Deus diz que o temor a Ele é o princípio da sabedoria.

      Mas o temor a Deus vira problema quando se transforma em TERROR de Deus.

      Os frutos do Espírito, ou seja, o RESULTADO de se viver uma vida de acordo com os padrões divinos são: AMOR, gozo, PAZ, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão e temperança. Gálatas 5:22, e TERROR não está inserido nesta lista.

      Algumas das características que ajudam a identificar uma seita são: aplicação e manutenção de terror psicológico nos seus membros, adição de doutrinas extra-bíblicas ou adição de doutrinas que eram da Antiga Aliança e que são passadas para a Nova Aliança (como não comer alimentos "impuros" e guardar o sábado), fazendo, através destes equivocados ensinamentos, que o fardo que Jesus garantiu que era leve e suave, se torne pesado e injusto:

      Mateus 23:4:
      "Pois atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem sobre os ombros dos homens; eles, porém, nem com o dedo querem movê-los".

      REPITO: não sou contra a disciplina nas igrejas, tem que ter e isto se deve ao fato de algumas pessoas não saberem se comportar como cristãos, mas deve-se saber primeiro o que é bíblico, ordenado por Jesus na Nova Aliança, e o que não é.

      Atenciosamente.

      Excluir
  56. Sr. Adventista, bom dia.

    Seu comentário sobre o tema em 28 de junho de 2012 23:22 foi um dos melhores que vi escrever sobre este assunto, e ainda assim foi fraquíssimo! Foi péssimo!

    Só agora tomei conhecimento do referido comentário feito pelo Sr.

    Veja bem que escrevi muitas coisas e no debate que estamos fazendo em seu blog, o Sr., desconversa, não é objetivo e se faz de desentendido!

    Cheguei a escrever 19 versos da 1ª vez e da 2ª vez, repetindo alguns, mais 20 versos que contrariam a doutrina da IASD e vosso incoerente discurso! e o Sr. o que fez? Desconversou e não explicou a razão de até Deus ter dado o que o Sr. condena!

    Pelo que percebo nem Deus escapa da ira da IASD!

    As coisas são explicadas para o Sr. diversas vezes, mas seguidamente o irmão é EXTREMAMENTE repetitivo e volta às mesmas questões.

    Portanto essa conversa da origem da cruz não é a questão central do meu questionamento. Porém o mais triste é que o Sr. sabe disso! Tendo em vista que lhe mostrei que a IASD condena e não batiza os que usam brincos ou cordões, mas aceita o uso da gravata que surgiu da vaidade! Foi esse o meu questionamento central que até agora o Sr. não respondeu com coerência.

    Muita coisa já lhe expliquei em seu blog sobre o gravata que está em http://novamenteadventistas.blogspot.com.br/2012/06/adornos-questao-de-colares-brincos.html. Quem quiser acompanhar a sua postura é só ir para lá.

    Foi por isso que lhe disse que José do Egito e Daniel não se batizariam na IASD, pois usaram cordões. Idem a rainha Ester, Abraão, Jó, entre outros, que, dentro de suas especificidades, usaram ouro, adornos e foram presentearam por Deus.

    Pois é a IASD condenando e Deus abençoando a todos que citei acima! Com quem devo ficar com a IASD ou com Deus?

    Não estou defendendo ou condenando que usa adornos, mas mostrando as contradições de seus argumentos! E a habitual incoerência da IASD!

    Obs 1: Não esqueça de avisar que é a favor do que a Novo Tempo faz. O quê? Censurar os comentários dos outros. Aquilo que o Sr. critica aqui no blog. Contudo seus comentários são publicados aqui! Diferentemente do que a Novo Tempo faz com sua concordância!

    Obs 2: Não esqueça de avisar ao Décio e ao editor que os está chamando de mascarados em seu site. Pelo menos deveria tê-los avisado! Acho uma covardia o que está fazendo!

    Obs 3: Não esqueça de avisar que considera os cristãos que não guardam o sábado no mesmo nível espiritual dos piores pecadores: idólatras, adúlteros, ladrões, assassinos, prostitutas, mentirosos e tudo mais que não presta! Porém lembre-se que o Sr. prega, mas não guarda mesmo o sábado! Portanto está enquadrado no condena nos outros.

    Atenciosamente.

    Anônimo X.




    Atenciosamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo e irmão em Cristo sabe quando ele vai responder a você? No dia de "São Nunca" bem de tardezinha. Se vc procurar nos comentários vai ver ele se fazendo de desentendido com relação ao significado de "acepção de pessoas". Não tenha esperança de obter honestidade deste homem porque não vai ter.

      Excluir
    2. AO IRMÃO ANÔNIMO X E DEMAIS PARTICIPANTES:
      Não encontrei tal afronta no blog do Sr Adventista, chamando o Editor e minha pessoa de: "mascarados"; a barra de pesquisa do blog do adventista não apresentou nada com a palavra "mascarado(s)". Não duvido que ele tenha apagado ou modificado tal comentário. Sinceramente, estou cansado e saturado desse cidadão. Como já demonstramos aqui várias vezes, ele sempre muda, torce,manipula, tenta dar outro sentido ao que escrevemos, se esquiva, e assim responde fora do que realmente deveria ser respondido(quando responde).E quando provamos que ele faz isso e insistimos que ele apresente a devida resposta, ou seja, quando ele fica num "beco sem saída"...ele simplesmente abandona o tópico...foge...não dá mais sinal de vida...deixa pra lá o tema, abandona o debate...e daqui a pouco, lá vem ele novamente, levantando temas que já foram anteriormente debatidos e que ele abandonou, fazendo de conta como se tal tema já não tivesse sido levantado, respondido e explicado... Os 2 pontos últimos abandonados foram: a questão da lua nova de Isaías 66:23 e a questão da acepção de pessoas no século XIX. Não duvido nada que, daqui a um certo tempo, ele volte a postar sobre isso, como se fosse um novo ponto ainda não levantado e respondido. É muito infrutífero,inviável e desanimador responder a esse Sr, tendo em vista a postura dele.

      E que Deus nos dê Paciência, e tenha Misericórdia de nós, pecadores.

      Décio – um Aprendiz de Cristão.

      Excluir
    3. Irmão Décio,

      Eu também estou cansado desse cidadão: manipulador de texto, mentiroso, covarde (quando não consegue refutar some e fica aguardando algum infeliz postar algo com pouca base bíblica para tentar refutar e não sair por baixo), mentiroso porque é notório distorcer a gramática e até mesmo o comentário da seita dele para livrar a mentirosa Ellen White de plágio e tentar em vão validar a guarda do sábado.

      E te digo mais: hoje mesmo eu já orei ao Senhor pedindo providências urgentes contra ele e contra todos os mentirosos dessa seita, e não duvide que esse cidadão pode perder até a própria vida já que ele sempre demonstrou aqui ser um canalha desonesto. Eu que não vou ficar aqui perdendo mais tempo com um cafajeste desses. De agora em diante vou ignorar tudo o que esse cafajeste posta, porque meu tempo é precioso demais para perder tempo com ele.

      Vou fazer igual ao apóstolo Paulo fez com Alexandre, o Latoeiro e Himeneu:

      I Timóteo 1:20:
      "E entre esses foram Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para que aprendam a não blasfemar".

      Excluir
    4. Pois é amigo Anônimo;
      Acho que se tal sujeito não mudar de atitude, devemos pedir ao Editor que volte a apagar todas as postagens dele, sempre que o tal Sr apresentar essa postura.
      Lamentável.

      Décio - um Aprendiz de Cristão.

      Excluir
    5. Irmão Décio,

      Ele não muda não, ele muda o discurso temporariamente para o Editor pensar que ele está se consertando, mas logo depois volta a ser dissimulado e cínico como sempre.

      Eu acho que tudo tem limite e o limite desse cidadão hipócrita já chegou ao fim.

      Seria interessante o Editor já começar a apagar todos os comentários dele e sacudir a poeira dos pés.

      Paz.

      Excluir
    6. AO IRMÃO ANÔNIMO X E DEMAIS PARTICIPANTES:
      Não encontrei tal afronta no blog do Sr Adventista, chamando o Editor e minha pessoa de: "mascarados"; a barra de pesquisa do blog do adventista não apresentou nada com a palavra "mascarado(s)".

      Está em
      http://novamenteadventistas.blogspot.com.br/2012/06/as-mascaras-do-editor-e-decio-comecam.html

      Excluir
    7. Obrigado amigo Anônimo;
      agora encontrei tal afronta absurda. Fiquei pasmo! E o que mais me impressiona é que o sujeito continua torcendo e retorcendo o que eu e outros escrevemos; ou ele não tem a mínima capacidade de entendimento ou faz de propósito mesmo!

      Deus nos dê Sabedoria, Conhecimento e Harmonia.
      Décio - um Aprendiz de Cristão.

      Excluir
    8. AMIGOS PARTICIPANTES:
      Depois que li a absurda ofensa no “artigo” do blog do Sr Adventista onde esse sr diz que o Editor e eu somos “mascarados”, postei lá uma pequena resposta. Só para vocês terem uma idéia do comportamento de certos adventistas, observem o que o sr Manoel Santos postou no blog do Sr Adventista:

      Manoel Santos7 de julho de 2012 18:52
      Vá cantar de galo no seu blog seu décio que aqui quem manda somos nós adventistas, seu porra!

      Depois, para piorar, após o Irmão Cristão Livre dar uma belíssima lição Bíblica para esse coitado do Manoel Santos, o mesmo dispara o seguinte:

      Manoel Santos7 de julho de 2012 19:55
      Você é Adventista, Cristão Livre?
      Se não, como quer que o respeite?


      O título do “artigo” do Sr Adventista, não podia ser melhor; só errou sobre DE QUEM realmente as máscaras estão caindo...
      Agora, vamos aguardar para ver qual será a providência que o Sr Adventista tomará, diante de tal comportamento do colega dele de crença.

      E que Deus tenha Misericórdia.
      Décio – um Aprendiz de Cristão.

      Excluir
    9. Irmão Décio,

      Que providência ele tomará, se ele é farinha do mesmo saco? ele é um verdadeiro fariseu: canalha, desonesto, mentiroso e acobertador de mentiras. Se engana com eles quem quer meu irmão, eu já tomei a minha decisão de sacudi o pó das minhas sandálias e esse cidadão e os falsos líderes da seita pagarão caro por nem entrarem na Nova Aliança e nem deixar as almas entrarem.

      Simplesmente saia de perto para não respingar em você todo mal que Deus levará contra aquele lugar e pagarão caro por cada alma que eles desviaram do verdadeiro Evangelho.

      Excluir
  57. Sr adventista, você quis dizer bem bitolado aqui correto:/ Isto é uma fato, dificilmente um adventista bem esclarecido passa a aconcordar com outras doutrinas divergentes da adventistas./

    E mentira.Eu conheço muitos que se adequaram perfeitamente ao evangelho de Cristo verdadeiro de outras igrejas.

    E essa foi forte: /Tenho percebido muito isto, caso de pessoas com sérios problemas que abandonam a igreja adventista e se unem a outra igreja. À partir entram em um estado psicológico de culpa e remorso tão grande que passam a atribuir à igreja adventistas coisas que na verdade acontecem na igreja que ela fequenta, como forma de se auto confortar./

    Nossa todos os ex adventistas que conheço vivem muito bem e obrigado.

    Sinceramente abandonar a Iasd foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida.Tem gente que pensa que será salvo por obras. tcstcstcs

    Passei na casa de uma asd ontem mesmo, a mesma fez uma revelação que jamais esperei dela: 'Tem gente na igreja que só pensa no sábado, tem ele como garantia de entrada no céu, acho isso um absurdo' Eu falei que tais pessoas estão enganadas pois a palavra é clara quanto a salvação e a salvação não depende do sábado. Fiquei pasma porque a mesma era uma ferrenha observadora do sábado daquelas de brigar com qualquer um que falasse algo do mesmo.Essa está abrindo os olhos.

    JOVEM R

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém Jovem Revolucionária,

      Deus continue te guiando e te dando forças!
      Há vida abundante fora das seitas, e como há!

      Excluir
    2. Obrigado pela força.Vocês são meus irmãos de coração.Me sinto em casa aqui apesar dos sr adventistas da vida... Deus te abençoe.

      JOVEM REVOLUCIONÁRIA

      Excluir
  58. Sr. Adventista,
    O compreendo porque um dia fui adventista e sei o que se passa na cabeça de um pois também tinha essa paranoia de querer salvar a humanidade por acreditar que essa igreja era o único caminho possível para alcançá-la. Sei exatamente como um adventista se sente principalmente quando se aproxima de alguém que tenha uma crença diferente da sua. Bate uma espécie de ódio e raiva não é? Por saber que a pessoa segue outra religião e não quer aceitar a nossa "verdade" e já ficamos imaginando o dia do juízo final não por nos preocuparmos verdadeiramente com ninguém mas pelo desejo de vê-lo sendo destruídos por Deus e nós arrebatados aos céus. Hoje conheço adventistas que por se acharem tão ou mais superiores que nós nem a palavra a familiar dirige mais pelo simples fato deste seguir outra religião e não querer se tornar um adventista isso inclusive incentivado pela igreja de que não devemos nos misturar com os que não querem ser "salvos". E quando, por algum motivo, resolvemos deixar a igreja então? Os que se diziam amigos e irmãos se afastam dos "apóstatas" por se julgarem melhores e superiores a eles por se acharem "salvos" e eles não. Só queria tentar entender que espécie de "amor ao próximo" é esse que a maioria de vocês que se dizem cristãos pregam.
    Não diga que esses exemplos citados acima não são o típico perfil adventista de ser que estará faltando com a verdade.
    Vamos parar com essa eterna desculpa de que vocês fazem isso porque são pecadores (E ficam em um eterno pedir perdão a Deus)tentar se modificar e virar um cristão de verdade?
    BASTA DE HIPOCRISIA Sr. Adventista!
    Atenciosamente e em resposta as suas postagens,
    Valmidênio Barros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valmidênio você resumiu tudo.Imagine que os adventistas nao chamam cantores de outras igrejas para cantar em seus templos pois para eles estao profanando, por serem de igrejas consideradas as filhas de babilonia, confusao, ou se for da catolica a grande babilonia.

      No ano retrasado uma menininha que visitava a igreja a alguns meses, se misturou com outras para cantar, o diacono percebeu que a mesma usava brincos, ele puxou a garotinha la de cima do pulpito e ela ficou toda aparvalhada e ele muito irado falou: Na casa de Deus ninguém sobe no púlpito de brinco.Outra irma muito influente na igreja falou que ele nao deveria ter feito isso e aí começou a chorar pois foi essa irma que a deixou subir para cantar, nesse dia foi o maior auê, os pais da menina nunca mais voltaram e foi constrangedor para todos os irmaos presentes.Esse mesmo diacono por infelicidade é um homem extremamente legalista ,Um dia impediu outra pessoa de orar no grupo de oraçao pois a mesma estava trabalhando aos sabados, seus filhos (do diacono) vao a igreja praticamente obrigados e somente um deles é um filho direito o resto... nem preciso falar.

      Na Iasd tem esse ar de superioridade, falo isso pois é a realidade, os dirigentes deveriam parar de bitolar o povo, pois, so falam as partes da escrituras convenientes a eles e distorcem muito da palavra para defender o seu.

      Oro por todos eles e minha mae esta se libertando também.Meu pai se libertou a anos,eu era apenas uma menininha de 5, 6 anos por aí quando meu pai deixou a seita, eu e minha mae continuamos e pouco, a pouco estamos nos libertando, eu ja saí da igreja, ela continua mas nao deixou suas atividades de casa no dia de sabado como antes.Progresso.Hoje ela chama a Ellen G. W. de contraditória.Temos grandes debates sobre isso.meu irmao graças a meu bom Deus nunca foi da Iasd, nem meu outro irmao.E eu jamais recomendaria essa igreja a ninguém.Ja basta meus anos de infelicidade nela.Hoje sim sou alegre em CRISTO JESUS.

      JOVEM R

      Excluir
  59. Como diferentemente da maioria dos colegas participantes do blog eu nunca fui adventista, uma frase que o Editor disse, atribuida a Ellen White me deixou intrigado. " perucas deixam o cérebro com tesão."
    Senhor Editor, é isso mesmo ou houve algum engano na sua postagem? Sei que a mente ( se é que podemos chamar de mente) advetista é pródiga em bizarrices, mas peruca deixar o cérebro com tesão extrapola em muito o limite do aceitável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  60. Patindo do princípio que Ellen White, como legítima profetisa de Deus está correta na questão das perucas, que deixam o cérebro subindo pelas paredes de tanto tesão, será que por analogia podemos inferir que aparelhos odontológicos e meias deixem dentes e pés também com a libido exaltada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa foi forte kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  61. Uma coisa é você achar que está no caminho certo, outra é achar que o seu caminho é o único. Nunca podemos julgar a vida dos outros, porque cada um sabe da sua própria dor e renúncia.
    Segundo a bíblia a maledicência é condenada:
    Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz.
    Há só um legislador que pode salvar e destruir. Tu, porém, quem
    és, que julgas a outrem?
    Tiago 4:11-12

    Uma humilde serva do Senhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ratifico o que a senhora escreveu e peço encarecidamente que a senhora vá ensinar isto aos adventistas, pois parece que eles faltaram a algumas aulas bíblicas, principalmente quando estavam ensinando Tiago 4:11-12.

      Quem julga quem afinal? quem começou a chamar e acusar por décadas as igrejas evangélicas de filhas da Babilônia? agora que as igrejas evangélicas estão se defendendo das falsas acusações, usando a Bíblia, os evangélicos é que estão julgando?

      Sinto muito!

      Excluir
    2. Sinto muito,digo eu,não coloquei esse comentário para uma pessoa individualmente, me perdoa. Aliás concordo com você os adventistas são mestres em falar mal das outras denominações. Creio que eles também terão acesso esse comentário,a passagem de Tiago 4.11-12, não é verdade? Que Deus te abençoe.

      Uma humilde serva do Senhor.

      Excluir
    3. Agora sim! Falaste de forma imparcial, isso é bacana.

      N.A.C.

      Excluir
  62. Antonio Vasconcelos10 de julho de 2012 13:50

    Descobri esse site hoje, pesquisando por que as mulheres adventistas não usam ornamentos. Sinceramente, não havendo exageros, não vejo mal nenhum. Até as mulheres no Antigo Testamento os usavam sem problema algum de críticas. Chega de tantos legalismos estúpidos e sem fundamentos diante dos olhos de Deus! Os líderes das igrejas querem ditar, a todo custo, meras ordens carnais. E os fiéis, um bando de incautos, obedecem cegamente aos seus comandantes, ávidos pelo poder terreno. Quando esses coitados começam a questionar ou a pensar de modo diverso dos líderes, o que acontece? "VOCÊ ESTÁ EXPULSO DO GRUPO!" Muitos não queriam sair, só pelo fato de terem suas próprias convicções, mas são obrigados. Quem perde, na verdade, é a congregação. Eu não perdi a minha fé em Jesus Cristo, mas a perdi na atual conjuntura da igreja de hoje, com pesar no coração. Sinto falta de me reunir com pessoas que oram e que não se deixam ludribiar por qualquer pastorzinho e suas doutrinas baratas. Parabéns pelo blog. Ele é luz e desabafo para pessoas que, como eu (mesmo não sendo ex-adventista), está descontente com a atual situação da igreja de Cristo nessa terra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão Antônio, bom dia.

      O que você escreveu é verdade.

      no site http://novamenteadventistas.blogspot.com.br/2012/06/adornos-questao-de-colares-brincos.html. Debati bem a questão dos adornos com o Sr. Adventista e muitas questões levantadas e problematizadas ficaram em aberto.

      Hoje em dia, nem José do Egito ou o profeta Daniel se batizariam na IASD e em muitas igrejas! Por quê? Porque usaram cordões. Idem a rainha Ester, Abraão, Jó, entre outros, que, dentro de suas especificidades, usaram ouro, cordão, adornos tudo, tudo presenteado por Deus.

      Deus presenteia, abençoa e alguns têm a coragem de julgar, condenar e amaldiçoar! A que ponto chegamos!

      Obs: não estou defendendo o uso ou o não uso de adornos, mas chamando atenção para as doutrinas adotadas pelas igrejas que fogem do verdadeiro evangelho.

      Excluir
  63. Eu sou adventista do 7º Dia. Imaginei que, depois de ler este artigo sobre a permissão do uso de jóias pelos cristãos, encontraria uma série de refutações oriundas dos próprios irmãos adventistas.

    Entretanto, só li 'bla-bla-bla' e até o susposto racismo de Ellen White (algo que não tinha nada a ver com o tópico) apareceu nos comentários.

    Vou ser sincero agora: tenho sérias dúvidas sobre o uso de jóias entre os cristãos. Estou estudando os dois lados da moeda' para obter um conhecimento adequado e fiel da Bíblia.

    Mês passado, fui na IASD Nova Semente e notei que muitas irmãs utilizavam-se de brincos, colares, pulseiras etc para enfeite. Não tinha nada de jóias funcionais. Antes que digam que eram 'visitantes', eu tinha visto um culto online, em dia de batismo lá. Quando fui visitar a NS, reconheci algumas moças que cantavam no coral, algumas mulheres que se batizaram etc, usando brincos, colares etc. Lá é permitido o uso de jóias tanto para as não-adventistas, quanto para as adventistas. Esmalte preto, verde, vermelho etc, elas usavam também, até as que cantavam lá no palco! O.o Oras... a última que fez isso em minha Igreja local, foi disciplinada! Sobre a calça comprida na NS... não vou nem comentar, né.

    Alguns amigos meus, adventistas, viajaram para o exterior e notaram que as irmãs usam jóias (brincos, colares, pulseiras etc) dentro da Igreja. Ah! E a tão temida calça comprida. Países da Europa, Austrália, EUA etc. Não são Igrejas específicas, mas sim, grande partes delas, principalmente as dos grandes centros urbanos. E não digam que é porque o povo de lá é secular e de mente pós-moderna, porque a única Igreja da cidade de São Paulo (com habitantes de mente secular e pós-moderna), que permite o uso de jóias condenadas pela Associação Geral é a IASD Nova Semente.

    Agora, porque elas podem e as irmãs da América do Sul não podem? Que contradição?!

    Bem... como diz a minha mãe, daqui há uns 20 anos, veremos as nossas irmãs adventistas usando brincos e colares dentro da Igreja, como algo comum e normal. Aliás, minha mãe mesmo diz que há uns 15 anos atrás, usar calça comprida no dia-a-dia era caso de disciplina!

    Só queria que meus irmãos adventistas que acessam esse blog, ao invés de ficar mandando o povo aqui para o inferno, simplesmente refutassem o artigo que foi postado logo acima.

    Como eu já disse, eu sou adventista do 7º Dia e concordo com todos os princípios desta Igreja, porém, quanto ao uso de jóias, estou com sérias dúvidas.


    Eu queria dizer tudo isso para o ancião da minha Igreja local (ele conhece bastante da Bíblia e da Igreja). Porém, tenho medo daquele olhar 'fritante' citado no artigo. A última vez que fiz isso... sinceramente, fiquei com medo da reação. Parecia que eu era um herége e apostado por ter dúvidas quanto ao uso de brincos! O.o

    Não estou afim de ouvir ameaças, quero apenas explicações bíblicas.

    Que fique bem claro: Acredito nas 28 crenças fundamentais da IASD, porém, mesmo antes de acessar este blog (foi o primeiro acesso), já estava com dúvida quanto ao uso de jóias.

    Espero que nenhum ex-adventista me chingue por eu estar aqui. Eu vim em paz! rsrs

    Fiquem na paz de D-us!

    Rodrigo


    P.S.: Antes que alguém venha falar que estou mentindo, quanto as moças asd usarem jóias dentro da Igreja, no exterior, vejam essa IASD:


    http://www.youtube.com/watch?v=AAV9Apn3tPI&list=UUzFYtOkPa0Ccl5NzI5dtU9Q

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão Rodrigo Oliveira, boa noite.

      Gostaria que lesse meus comentários que postei em 26 de junho/2012 neste tópico.

      Atenciosamente.

      Anônimo X.

      Excluir
    2. Prezado Rodrigo Oliveira;
      Esteja à vontade para ler e analisar todos os artigos. À princípio, por suas palavras,você é um assim dito: "mente-forte", pois apesar de receber os estudos ASD, continua com sua capacidade de análise e questionamento ativada!! não cauterize, nem deixe que ninguém cauterize sua mente! Pois és Filho da Livre e não da escrava...

      Que Deus o Oriente sempre.
      Décio - um Aprendiz de Cristão.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Mais ali se não me engano é uma outra igreja chamada Nova Esperança Adventista do Sétimo Dia ou não?

      Excluir
  64. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkk,de perto,ninguém é normal!

      Excluir
  65. Queridos irmãos, boa noite.

    A pessoa acima com toda a certeza não é adventista.

    É mais um farsante a exemplo do Manoel Santos, Blog Adventista, entre outros que fazem comentários ridículos apenas para que haja comenta´rios conflitantes não relacionados ao tema do artigo.

    Espero que não percam tempo em responder a alguém que tem problemas psíquicos ou que com certeza é uma pessoa farsante e de fraco caráter.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar anônimo. No máximo que faremos é dar uma cutucadinha sem fugir o assunto em foco hehehehe, pois essa gente que se passa por adventista ou cristão é tão ridícula mas tão ridícula que num primeiro momento deseja-se exculhambar, e num segundo momento deseja que a verdade se mostre seja pelo amor ou pela dor, porque convenhamos, ninguém aguenta essa gente.

      Excluir
  66. envez de falar mau vai cuidar da popria vd e vai ir pra igreja q e o melhor q vcs fazem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Bela" resposta prezada Karine; você já disse isso para muitos e muitos adventistas também?

      Que Deus a oriente.
      Décio - um Aprendiz de Cristão.

      Excluir
    2. enquanto essa cambada fica aí discutindo o q pode e o q ñ pode, e é pecado ou ñ , o q e certo ou errado , milhares de almas morrem tds os dias sem conhecer o evangelho de Jesus cristo e sem aceitá-lo como único e suficiente salvador q é o q realmente importa

      Excluir
  67. Eu estou afastado da igreja por negligencia minha, nao vou contra os dizeres e os ensinamentos cristão, no qual vem do manual de sobrevivencia do ser humano a biblia, sei que os que tem conhecimento Deus nao julgara e nao tomara como inocente no dia de nossos julgamentos, pois o fardo daqueles que tem conhecimento é muito maior e o preço tambem, cuidado para aqueles que sabem o certo e o errado e ficam levantando questões no qual o unico objetivo é causar intrigas e desentendimentos, muitas pessoas justificam os erros proprios em cima dos erros de outras pessoas no qual são falhas tambem salvação é individual, nao se preocupe com o umbigo alheio e sim com o seu, pois você sera julgado somente pelo seu, O nosso corpo é o templo do Espirito Santo e é de Deus, por isso devemos cuidar dele, comendo alimentos saudaveis e mantendo uma atividade fisica para o mesmo ter saude, o brinco ou seja um adorno que fere esse corpo nao acredito que seja correto, assim como tatuagens, a biblia é clara nesse sentido, lembre-se você e eu aprendemos e sabemos o que é certo, e hoje estamos fora da igreja e corremos um alto risco de perder a salvação, não critique quem ta firme e nao busque defeitos em pessoas falhas pois todos somos. Vamos por em pratica o que aprendemos e vamos voltar para igreja. ou crie suas regras e viva erradamente.

    ResponderExcluir
  68. Gostei do texto. Grandes argumentos. Eu assisto ao canal Adventista e, vejo sempre eles criticando o uso de jóias. Mas, pode-se observar que eles se vestem na última moda; as mulheres com cabelos bem estilizados a cada programa; os homens com ternos vincados! Aposto que usam sempre perfumes caros! Ora, tudo é vaidade. Eu vejo é muita hipocrisia!

    ResponderExcluir
  69. existe um outro argumento usado por eles, para colocar brincos as mulheres precisam furar as orelhas e isso causa dor ao templo do espirito santo.

    ResponderExcluir
  70. Nossa, sempre tive convicção a respeito do não prejuízo à minha fé, a partir do uso de adornos ou adereços... Cabe aqui falar tb das crianças q usam prendedores de cabelo enoooorme, espalhafatosos, mas suas orelhinhas e pulsos estão "livres"... ai ai... enfim, acho q isso aí não vai condenar nem salvar ninguém, mas amei ler algo q me dê base p explicar a quem quiser perguntar... acho q vou imprimir o texto e andar com ele na bolsa, hehehe. Eu tb tenho essa dúvida sobre "furar" a orelha, tipo, eu tenho a orelha furada, mas sempr ouvi dizer q não se deve violar o templo do espírito santo... esse é tb um dos motivos pelo qual ainda não fiz uma tatuagem, por exemplo (faria 2, uma p mim mesma, e outra com algo tipo "protegida por Deus, Jusus e o Espírito Santo"...).
    Outra dúvida, procurei aki no site sobre dízimo... estou com o meu aki na gaveta, separadinho... tem mês q eu "devolvo", como dizem, bem feliz e satistfeita... em outros, eu fico remoendo o sentimento de que se eu não pratico dezenas de outras ordenanças do velho testamento, pq devo praticar justo essa, pq ela é mais valiosa q as outras? As várias festas que são mencionadas no velho testamento, são ignoradas... mas odízimo não, este é plenamente lembrado... lembro q qdo eu era mais novinha, tinha até um quadro na igreja com o valor de dízimos e ofertas doados... sempre achei constrangedor passarem akelas cestinha recolhendo ofertas, mas enfim, isso é em toda igreja, fazer o q... Procurei no novo testamento sobre dízimo e achei poucas passagens a a mais esclarecedora foi: Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas. Mateus 23:23
    Parece q sim, devemos dar os dízimos e tb incluir no coração a misericórdia e a fé... o q vcs do blog pensam sobre isso?
    Um abraço :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmã Priscila; seja bem vinda à nossa família, obrigado pela participação.

      Com relação ao seu questionamento sobre o dízimo; leia este Artigo aqui:

      http://exadventistas.blogspot.com.br/2011/02/porque-eles-nunca-estarao-satisfeitos.html

      Um forte abraço

      E que o Altíssimo seja louvado por tudo que nos tem dado

      O Editor

      Excluir
    2. Irmã Priscila; com relação a "furar a orelha" -

      A Bíblia não condena tal prática, muito pelo contrário; era colocada até como sinal de fidelidade, dedicação e amor :

      Deuteronômio 15:12-16

      "Quando teu irmão hebreu ou irmã hebréia se vender a ti, seis anos te servirá, mas no sétimo ano o deixarás ir livre.

      E, quando o deixares ir livre, não o despedirás vazio.

      Liberalmente o fornecerás do teu rebanho, e da tua eira, e do teu lagar; daquilo com que o SENHOR teu Deus te tiver abençoado lhe darás.

      E lembrar-te-ás de que foste servo na terra do Egito, e de que o SENHOR teu Deus te resgatou; portanto hoje te ordeno isso.

      Porém se ele te disser: Não sairei de ti; porquanto te amo a ti, e a tua casa, por estar bem contigo;

      Então tomarás uma sovela, e lhe furarás a orelha à porta, e teu servo será para sempre; e também assim farás à tua serva."


      Um grande e forte abraço

      O Editor

      Excluir
    3. Prezada Priscila;
      Assino embaixo das palavras do Editor e também digo mais:

      Existem brincos de pressão...que não usam o furo da orelha; se o caso fosse esse furinho na orelha, os ASD poderiam então usar esse tipo de brinco, não é?

      Outro ponto: Não querendo generalizar, mas quando é para um ASD fazer uma cirurgia plástica, com fim puramente estético, o "templo do Espírito Santo" é furado e cortado não? Mas aí, tal regra de não furar o templo, "vai para as cucuias!"

      Quando alguém tem um sinal de nascença bem no rosto...ou uma jovem tem seios muito pequenos...ninguém diz que "você já é bonita do jeito que Deus te fez"...e assim, "o jeito que Deus a fez" é reprovado pela visão dos homens e da moda e lá vão furos e cortes no templo do ES.

      Outro ponto: Alguém pode até discordar, mas é bem assim, eles dizem: " Oh irmã, você não precisa colocar brincos, você já é bonita do jeito que Deus te fez..."; pois é; Mas quando é para "trabalhar" as sobrancelhas, os cílios, encher o rosto de maquiagem e cremes, passar "aquele batonzinho de leve" sem falar nos brilhantes broches e grampos, parece que Deus não fez as adventistas bonitas o suficiente, não é ??? (se Deus as fez bonitas do modo como são, não deviam mexer em absolutamente nada! Muito menos criticar e apontar dedos para outras pessoas)

      (não sou contra brincos e cirurgia plástica, sou contra a parcialidade e incoerência ASD.)

      Deus tenha Misericórdia.
      Décio - um Aprendiz de Cristão.

      Excluir
  71. Eu acho que o vocês deviam fazer outra coisa ao invés de acusar a IASD de agir assim ou assado, pois pelo que vejo bem, até hoje ainda não vi ninguém que entrou na igreja que eu frequento chegando arrastado por uma corda no pescoço, ninguém.
    Se for pra pensarem assim como vocês costumam pensar com essa independência total para fazer o quiser e da forma que bem entenderem, é melhor nem entrar mesmo, ou até mesmo é melhor ser ex.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José!

      Existe uma mensagem para vocês ASD. Uma mensagem urgente de Deus para a Igreja Adventista do Sétimo dia - leia-a abrindo o link

      http://cristaoslivres-francisco.blogspot.com.br/2011/06/uma-mensagem-urgente-de-deus-para.html

      Excluir
    2. José, obrigado por nos mostrar a verdadeira face do "amor cristão" que alguns de vocês, fanáticos religiosos tem:

      "Vem pra igreja verdadeira... Nós te amamos..."

      "Mas se não dançar a musica que colocarmos..."

      "Você vai arder no mármore do inferno..."


      Lindo esse "amor condicional" não é mesmo? (sarcasmo)

      Só que não é assim que nosso Salvador Jesus ensinou.

      Abra os olhos meu irmão! Ame seu próximo, mas ame incondicionalmente, assim como Jesus fez; até mesmo com seus algozes no calvário...

      Um abraço

      E que o Altíssimo nos ensine a amar como Jesus amou

      O Editor

      Excluir
    3. Pois é Sr José;
      O sr também já falou para os blogs e sites ASD fazerem outra coisa ao invés de acusar a igreja católica(e outras) de agir assim ou assado? Nelas também não se vê ninguém entrando sendo arrastado por uma corda no pescoço.

      E onde o sr leu que nós Ex-iasd, escrevemos ou deixamos claro que temos "independência total" para fazer "o que quisermos" da forma que bem entendemos?? Poderia nos mostrar onde escrevemos, ou deixamos a entender isso? O sr se preocupa tanto com o sábado...e não se toca de estar dizendo uma falsa afirmação? uma inverdade? um falso testemunho? Não são os senhores mesmos que gostam tanto de falar(dentro da visão ASD): em "tropeçou num mandamento, é culpado por todos?" Pois é Sr José, acabou de tropeçar...

      Deus o Ilumine.
      Décio - um Aprendiz de Cristão.

      Excluir
  72. Gostei do tema abordado ,o que mais importa e' nosso amor por Deus e a fe', em Jesus cristo como nosso salvador.Ele mesmo disse onde estiver dois ou reunidos em meu nome ali estarei, entao nao existe a igreja verdadeira. Nos somos a igreja.

    ResponderExcluir
  73. Que congregação o EDITOR congrega hj? Ou ficou vendo o homem? Jesus é manso e humilde de coração, simples ... Siga a Jesus!

    ResponderExcluir
  74. Realmente sem fundamento bíblico a proibição de uso de joias... Uso sim, pois Deus nao me condena. Vejo a proibição como mais uma barreira na conversão de pessoas. Se os próprios ASD colocam esta condição às pessoas q se aproximam da igreja, fica difícil alguém se interessar pelas verdades bíblicas.

    ResponderExcluir
  75. Será que não percebem que tudo está na intenção do coração, pois tudo provém dele??? Essas diretrizes apenas admoestam para que atentem ao caráter e não ao exterior que o tempo deteriora. Vocês não são ex-Adventistas, vocês NUNCA foram Adventistas. Sem ofensas, é só minha opinião e direito de expressão. Fiquem na paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E você Graciela; é mais uma que caiu de paraquedas aqui no Blog.

      Não leu nada; não respondeu uma virgula do que está questionado nos Artigos e ainda por cima vêm nos comentários e vomita falácias preconceituosas.

      Abra os olhos criança; isso que você falou:

      " Vocês não são ex-Adventistas, vocês NUNCA foram Adventistas..."

      Chama-se "falácia do escocês" (e já cansei de explicar o que é, se quiser pesquise) e é tão somente um engodo, uma evasiva covarde de quem não tem argumentos em um debate.

      Seja honesta pelo menos em relação a você mesma; não fale da vida de quem você sequer conhece. Não pronuncie juízo de valor sobre pessoas que você não teve nenhum convívio.

      Sem ofensas certo?

      Um abraço

      E que o Altíssimo seja louvado por tudo que nos tem dado

      O Editor

      Excluir
  76. Gostei muito desse blog. Sou ex adventista, e desde bem pequena já questionava coisas que para mim não faziam sentido como exatamente o assunto abordado sobre jóias. Os adventistas são tão cegos que não conseguem enxergar as coisas sem sentido que defendem. Á cima a Graciela diz que o que importa é a intenção do coração. Então sendo assim, se tenho um coração bom, não há problema algum em usar colar, brinco, etc.
    O intesessante, é que os adventistas se apegam tanto a essas coisas, e esquecem de ver o bem do próximo. Nunca ví nenhuma pessoa se envolvendo com projetos sociais ou ongs.

    ResponderExcluir
  77. Querido editor, comecei ler seu artigo pensando que seria rápido e fiquei impressionada com o tamanho e também com tantos argumentos que você usa para atacar a fé e não a igreja a qual um dia você pertenceu. Eu sou adventista desde 5 anos. Cresci na igreja. Cometi pecados que me afastaram do rol de membros por algum tempo. Depois, coloquei a minha vida em ordem e me batizei novamente. Sabe, durante todo esse tempo que passou, pois hoje eu já tenho 46 anos, tenho visto muita coisa mudar dentro da igreja. Estamos vivendo tempos difíceis, ao mesmo tempo que são fáceis, porque hoje, o modernismo das igrejas para ganhar adeptos também se faz presente na Igreja Adventista, e pense comigo, neste ponto está fácil porque quase tudo o que todas as igrejas fazem os adventistas também fazem, tanto que as mulheres da igreja já estão usando jóias sim, esmalte vermelho, preto, saia curta, roupa aberta. Tudo o que vc vê fora da igreja, pode ver lá dentro também, sem distinção. Andamos na rua e ninguém precisa saber que sou "crente" não é mesmo? Afinal, não é isso que todo mundo quer? Andar junto com o mUndo? É tão legal que seja assim. Todo mundo fica feliz!!!
    Agora, vou te dizer uma coisa. Está muito difícil. Não temos mais identidade. Temos sim sido orgulhosos e as vezes presunçosos. Confesso. Mas eu cheguei a uma conclusão e quero compartilhar com você. "Eu ESCOLHO". Eu escolho servir ao meu Deus, Sou fraca, sou muito pecadora, porém não fico condenando o que as pessoas estão fazendo porque eu quero a minha salvação, e com isso em mente não quero seguir costumes, nem os do passado, que você citou tão brilhantemente, nem os do presente, que Deus me livre de qualquer coisa que possa me afastar dEle. Eu quero a parte que me cabe no sacrifício de Jesus, tenho pressa que Ele venha nos buscar logo, pois estou cansada de ver pessoas sofrendo, e morrendo. Estou farta de hospitais cheios, de gemidos, de vícios, de crianças doentes, da violência. Meu Deus! Quero fazer tudo para estar no céu. Gostaria que todas as pessoas do mundo se salvassem, pois a salvação foi estendida a todos meu amigo. Portanto, se você acredita na Bíblia, estude bastante, ore e peça a Deus que o Espírito Santo te dê entendimento para ensinar outras pessoas o que é certo e não perca tempo com questionamentos que podem mais levar outros a se perderem do que a se salvarem. Isso é responsabilidade sua e minha. A igreja está cheia de pecados, porque é feita de seres humanos como eu e você. Talvez eu não perca minha salvação por usar jóias, mas com certeza eu a perderei se eu souber que isso desagrade a Deus e se eu perder meu tempo brigando e impondo minhas idéias. A igreja é para quem quer ficar nela. Quem não quer ficar, é só sair e pronto. Deus respeita nossas escolhas. Eu escolhi ficar apesar de todos os defeitos. E que Deus tenha misericórdia de nós. Grande abraço em Cristo. Sua irmã, Silvana Galdino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Silvana Galdino. Tenho algo muito interessante que gostaria de te enviar sobre a questão do pecado.JEOVÁ TE ABENÇOE E TE GUARDE - José Pato Filho.

      Excluir
    2. Silvana Galdino,

      Por que você não aconselha seus líderes a pararem de chamar as igrejas evangélicas de filhas de p*** e a igreja católica de p***?

      Por que você não diz aos "teólogos" adventistas para pararem de fazer blogs atacando a fé dos evangélicos?

      Por que vocês atacam a fé alheia, e quando são rebatidos biblicamente se fazem de vítimas?

      Não é possível que um único Blog como este faça tanto estardalhaço contra centenas de Blogs adventistas "descendo a lenha" nas igrejas católica e protestantes TODOS OS DIAS. Portanto, quem está perseguindo quem? Quem chegou por último e se enquadra perfeitamente no contexto: " NOS ÚLTIMOS DIAS, alguns apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios? Me diga quem chegou por último com doutrinas estranhas à Palavra de Deus e acusa os servos de Deus de dia e de noite?

      Eu vivenciei tempo suficiente com adventistas para aprender que vocês não são sinceros e não respeitam a fé de ninguém. Motivo pelo qual eu vou continuar lutando contra todas as heresias propagadas como "verdade" por vocês e que caem como um castelo de cartas quando simplesmente confrontada com a Bíblia.

      Para cada argumento mentiroso adventista contra os evangélicos, vamos ter dez contra argumentos bíblicos, não vou descansar enquanto essa seita não voltar para o lugar de origem dela: as profundezas do Inferno!

      Excluir
    3. silvana galdino; seja bem vinda ao Blog; obrigado pela participação.

      Agradecemos também a educação e o respeito com o qual se dirigiu aos Editores e demais participantes.

      Gostaríamos apenas de fazer algumas ressalvas:

      “Fiquei impressionada com o tamanho e também com tantos argumentos que você usa para atacar a fé e não a igreja a qual um dia você pertenceu.”

      Silvana; reveja este conceito – Isso se chama “pré-julgamento” e ou “juízo temerário” e é condenado pela Bíblia. Se você se considera uma “cristã autentica”, peça perdão a Deus pelo que você escreveu. Com relação a nós, não há problema; já está perdoada de antemão; pois já fomos assim um dia e entendemos como é difícil aprender a não julgar quem não conhecemos.

      ”Eu escolho servir ao meu Deus, Sou fraca, sou muito pecadora, porém não fico condenando o que as pessoas estão fazendo porque eu quero a minha salvação...”

      Isso chamasse incoerência Silvana. Você já começou teu comentário condenando o que fazemos no Blog... E sim, irmã; nós também escolhemos servir a Deus, a Ele somente, não há homens corruptos.

      ”não perca tempo com questionamentos que podem mais levar outros a se perderem do que a se salvarem. Isso é responsabilidade sua e minha.”

      Mais uma vez a irmã está se colocando no lugar de Deus, proferindo um julgamento que não cabe a você. Também poderia inverter sua pergunta e direciona-la a você mesma:

      Não perca tempo com ensinamentos que podem mais levar outros a se perderem do que a se salvarem. Isso é responsabilidade minha...

      Aí não vale, não é mesmo?

      ”se eu perder meu tempo brigando e impondo minhas idéias...”

      Exato; faça isso e deixe quem pensa diferente em paz. Ninguém aqui no Site está “impondo idéias”; muito pelo contrário: Nós “expomos nosso ponto de vista" e só – Ponto final.

      ”A igreja é para quem quer ficar nela. Quem não quer ficar, é só sair e pronto.”

      Conquanto se limitem a saírem cabisbaixos e de boca fechada, certo? A pessoa descobre que estava sendo enganada e decide pedir o desligamento do grupo: Seus amigos, parentes e demais conhecidos dentro da instituição, não poderão ser alertados. Isso não soa meio que como “coação” ou “lei do silencio” imposta ao ex-membro?

      ”Deus respeita nossas escolhas.”


      Será que todos os adventistas pensam assim mesmo? Sim? Então usaremos uma falácia que vocês gostam muito de usar:

      ”Então você não é uma ASD de verdade, pois um adventista autêntico não pensa assim!”

      Pensamento dominante ASD:

      Sair da IASD = Sair da presença de Deus.

      E você termina dizendo:

      ”Eu escolhi ficar apesar de todos os defeitos.”

      Então deve dar esse mesmo direito a todos os demais cristãos do universo evangélico. Deixe-os em suas amadas igrejas; não direcione seus esforços e sua vida a tirá-los de lá. Respeite quem decide ficar “apesar de todos os defeitos”.

      E tem mais; se for usar o seguinte texto bíblico:

      “E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas.” Apocalipse 18:4

      Deve primeiro aplica-lo a sua vida pessoal, certo?

      Um grande abraço

      E que o Altíssimo seja louvado por tudo que nos tem dado.

      O Editor

      Excluir
    4. Amada Silvana:
      Assino embaixo das palavras do Editor e gostaria de acrescentar um comentário sobre essa frase sua:

      "Portanto, se você acredita na Bíblia, estude bastante, ore e peça a Deus que o Espírito Santo te dê entendimento para ensinar outras pessoas o que é certo..."

      R: foi exatamente isso que fizemos amada Silvana, mas como isso não está em sintonia com sua doutrina, então o Espírito Santo "não deu" entendimento e isso não é certo, não é? "Certo", é muito relativo viu? o seu "certo" é realmente o certo? E Pergunto: você aceita que um católico lhe diga o mesmo?

      "...e não perca tempo com questionamentos que podem mais levar outros a se perderem do que a se salvarem."

      R: Quer dizer então, que pensar, analisar e questionar é algo que "só perde tempo", é algo mais para o mal do que para o Bem, pois leva mais à perdição? Oh é mesmo? Que tal se Lutero, o tão bem citado por EGW em seus livros, fizesse o mesmo? Já imaginou se Paulo e os primeiros Cristãos não questionassem os líderes religiosos de seu tempo?

      Imagine você dando um curso bíblico para um católico...e no meio de sua explicação com vários questionamentos para a doutrina católica, vem um outro católico amigo dele que está te ouvindo e diz:

      "não perca tempo com questionamentos que podem mais levar outros a se perderem do que a se salvarem."

      AAAAh...Mas aí não pode né????

      E tem mais: por quê você não vai até os sites e blogs ASD e diz para eles respeitarem a escolha dos outros? Novamente...Aí não vale né?

      Por último: Amada Silvana, se você crê que está certa, tudo bem, todos devemos respeitar sua posição e seu direito de apresentar sua opinião; mas do mesmo modo, temos o direito de apresentar a nossa; e nós mostramos por A+B, a base de nossa posição.

      A amada Silvana, crendo que está certa, não apresentou nenhuma refutação de absolutamente nada apresentado no artigo. Gostaria sinceramente que a Sra mostrasse com base Bíblica, em qual, ou quais pontos do artigo estamos errados e o porquê!

      Que Deus a Ilumine.
      Décio - um Aprendiz de Cristão.

      Excluir
  78. Acho as criadoras do artigo umas viajonas. Pois ao invés de estarem se preocupando em ajudar a pregar o evangelho, do jeito que entendem, dentro de sua sinceridade, estão preocupadas em falar mal da igreja ao qual pertenceram, cuspindo no próprio prato que comeram. Eu já fui católica, e muitas coisas na católica eu não concordo, mas nem por isso perdi meu tempo criando artigo contra os católicos, que aliás daria muitas páginas. Também conheço muito bem a universal, mas também não fico falando mal, e por aí vai. As igrejas ão lideradas por pessoas, suscetivas a erros. Mas acredito que devemos adorar a Deus com a sinceridade no coração. E deixar que o Espírito Santo nos conduza â verdade, pois Ele é o autor da verdade, da fé e da justiça.
    Que Deus tenha misericórdia de , e que usem o talento de escrever bem para pregar o amor , a fé e a esperança às pessoas. Ah! e não adianta responder pois eu nunca mais vou perder meu tempo entrando nesse blog.

    ResponderExcluir

Antes de participar leia com atenção nossa política de comentários:

1 - Todos os usuários deverão se identificar de alguma forma (nome, apelido ou pseudônimo),

2 - Comentários somente com letras maiúsculas serão recusados,

3 - Participações contendo ofensas gratuitas, termos depreciativos e proselitismo religioso; serão deletadas,

4 - As participações nos comentários serão de inteira responsabilidade dos comentaristas,

5 - O conteúdo dos comentários não reflete necessariamente a opinião do Autor.